80s toys - Atari. I still have
Crash & Spyro Legacy
12/04/24 14:40
HomeBlogFangamesFanficsSobre

Dados Técnicos

Criador: Fagner da Luz dos Santos
Consoles: PlayStation 3, PlayStation 2, PS Vita, XBox 360
Classificação Indicativa: +10
Gênero: Aventura / Plataforma
Número de jogadores: 1 Jogador
Chegou ao site: como criação do próprio webmaster

A versão original pode ser lida aqui: http://bit.ly/3V3N3F9
Esta é a versão remasterizada da Fangame com a qual ganhei no Tema 1 do Concurso Cultural 2012 do site Dragons & Bandicoots. Ela foi revisada, mas sem perder a essência e a história original. Espero que gostem!

 

Como no concurso anterior ao mencionado eu acabei inventando a moda de criar capas para os jogos, foi quase lógico eu ter feito uma. Essa é a capa da versão Norte-Americana do meu jogo (está "meio" feio, mas da pra entender o que eu imaginei na época):

Crash Bandicoot: The Arrival of the Apocalypse

O logo da Activision é de propriedade da mesma. Este jogo não tem nenhuma relação com a empresa mencionada (obviamente).

 

NOME: Crash Bandicoot: The Arrival of the Apocalypse
("Kurasshu Bandikū 7: Taiyō no Dai Hendō ni Yoru Zetsumetsu" no Japão, que traduzindo significa "Crash Bandicoot 7: Extinction by Solar Cataclysm")

Crash Bandicoot: The Arrival of the Apocalypse

CRIADO POR: Fagner da Luz dos Santos

CONSOLES: PlayStation 3, PlayStation 2, PS Vita e Xbox 360.

Nº DE JOGADORES: 1 Jogador

ESTILO: Aventura / Plataforma

PRODUTORA: FLS Gaming Projects

PUBLICADORA: Activision

 

MODOS DE JOGO:

New Game -> começa um novo jogo;

Load Game -> carrega um jogo salvo;

 

NOTAS INICIAIS:

1º) Este jogo é uma continuação (não necessariamente direta) de Crash Bandicoot: Survival!, fangame com qual competi no Concurso Cultural 2011. Se você ainda não leu, recomendo ler ou não entenderá direito a história. Está na seção Fangames aqui do site;

2º) Este jogo marca a volta a volta da série ao estilo clássico dos Warp Rooms com o qual Crash fez sucesso no PS1, porém o jogo será mais longo que o habitual;

3º) Os diálogos estão em português para facilitar o entendimento e a leitura, mas lembre-se que o idioma original é o inglês;

4º) A ideia deste jogo foi o polêmico assunto de 2012: o Apocalipse de acordo com o fim do Calendário Maia. Na época, achei que toda essa história poderia se transformar em um bom jogo e de certa forma, a estética da cultura deles combinava muito com a temática de Crash Bandicoot;

5°) A versão original desta fangame teve de se adequar ao tema proposto pelo Concurso Cultural 2012, o qual era "Jogo de Crash e/ou Spyro utilizando controles de sensor de movimento", algo em que ela não foi competente devido a minha falta de conhecimento sobre o assunto. Como agora a fangame não precisa mais manter-se presa ao tema, a questão dos controles com sensor de movimento será ignorada nesta revisão, focando apenas em melhorias na descrição da gameplay tradicional através de botões.

 

HISTÓRIA, FASES, ITENS, MECÂNICA DO JOGO (explicarei tudo isso junto a partir daqui):

 

VÍDEO INICIAL

Escuridão, desastres naturais, destruição por todo o planeta e o arquipélago onde se encontrava N. Sanity Island arruinado... Foi como uma premonição que veio de repente, deixando fora de si por alguns instantes a máscara mágica que existia para ajudar a proteger aquele mundo.

- Aku Aku, você está aí? - trajada com seu tradicional macacão azul com a camiseta branca por baixo, Coco o questionava enquanto Crash acenava com a palma da mão na frente dele.

- Crash? Coco?

- Não está ouvindo? O Crunch perguntou o que fazemos com aquele totem.

O robusto bandicoot marrom carregava um grande totem velho em forma de pilar nos braços, acontecia que naquele dia estava havendo uma faxina de primavera na casa dos bandicoots.

- Me desculpem crianças. - disse Aku Aku, antes de sanar a dúvida de Crunch. - Deixe-o com as outras coisas que vamos jogar fora, está bem?

E assim ele o fez, amontoando-o com o resto das coisas velhas.

- O que houve afinal? - perguntou Coco. - Estava nos ajudando a limpar quando, de repente, ficou com uma cara de assustado.

- Vai ver ele passou mal por comer demais no almoço. - falou Crunch ao se aproximar.

- Não diga bobagens, sabe muito bem que o Aku Aku não come!

- Pois deveria, ele precisa de proteína. - disse ao exibir seu bíceps esquerdo. - Olha só para o coitado, parece uma tábua.

- Crunch, o Aku Aku é uma máscara de madeira, é óbvio que ele parece uma tábua!

Crash riu do comentário da irmã e nisso a máscara se pôs a explicar:

- Eu tive uma visão...

- Visão? - questionou Coco. - E desde quando você tem visões?

- Pressinto que algo muito ruim está para acontecer!

 

LONGE DALI...

Uma grande nave espacial flutuava além da órbita da Terra e lá dentro, numa das salas, o dono dela estava sendo literalmente encurralado.

- Grande Uka Uka, você voltou!

- Assim como você, eu sobrevivi, mas demorei mais tempo para me recuperar do que houve porque fui eu quem recebeu todo o dano quando Crash Bandicoot golpeou o ponto fraco que tínhamos em nossa união, desencadeando a destruição das Chaves do Caos. Eu tinha todo o poder e mesmo assim fui derrotado, seu corpo era fraco demais, perdi por sua culpa!

- Por favor, acalme-se! - a voz do Dr. Neo Cortex saía tremida, quase a fazer xixi nas calças de medo. - Desde então estive trabalhando em um novo plano para deter aquele bandicoot imprestável e dominar o mundo, do meu jeito.

- É melhor que esse funcione ou eu vou fritar seu traseiro!

- Vai funcionar sim ou eu não me chamo Neo Cortex.

- Doutor Cortex, gostaria que eu já fosse fazendo uma lista de possíveis nomes para os quais o senhor poderia trocar? - perguntou seu fiel assistente, que estava ali atrás.

- Agora não N. Gin... Espera, como é que é?

De cabelos laranja, ele havia voltado ao normal depois do evento com Nemesis Uka-Cortex pela ação natural do tempo, ficando mais estável mentalmente como costumava ser, não que ele fosse lá muito estável antes...

- Calem-se! - esbravejou Uka Uka. - Me digam de uma vez que plano é esse!

- É o seguinte... - Cortex começou a explicar.

 

DE VOLTA À CASA DOS BANDICOOTS...

Enquanto reunidos na sala, Coco monitorava o planeta através da tela de seu laptop e acesso forçado aos sistemas de satélite.

- Não vejo nada de estranho acontecendo, tem certeza de que não está sendo paranoico?

- Acho que não, sinto que esta tragédia que está por vir será o maior caos que o mundo já viu.

- Maior até do que a colisão entre as dimensões que o Uka Uka causou daquela vez? - perguntou Crunch.

- Não exatamente, não se trata de algo grande que causará a destruição do mundo por efeito colateral como naquela vez, o que vi era a própria destruição do mundo e parecia fora do nosso alcance impedir que acontecesse.

- Isso é pesado... - disse Crunch. - Mas nós vamos sobreviver, não é?

- Se realmente vier a acontecer, temo que não sobre nada na face do planeta.

- Ai minha nossa, isso é muito, muito pesado! - Crunch levou as mãos à cabeça em um grito agudo de histeria, quando ao ver seus irmãos adotivos manjando seu jeito assustado com todo aquele tamanho de brutamontes, coçou a garganta, se fez de sério, cruzou os braços e engrossou a voz novamente. - Digo, se ao menos a gente conhecesse alguém especialista em sobrevivência...

Ao ouvir essas palavras, uma lâmpada acendeu sob a cabeça de Crash, o qual saiu correndo da sala rumo ao seu quarto onde se encontrava uma wumpa, a única na vida que ele não havia comido e que a essa altura já estava podre por estar guardando-a como um souvenir há muito tempo. Fungando a sentir bem o cheiro dela, ele a soltou onde estava e depois saiu correndo para fora da casa, passando pela sala novamente.

- Espere aí Crash, aonde você vai? - Coco perguntou, mas Crash a ignorou. - Vamos pessoal, temos que ver onde ele está indo.

 

EM UM LUGAR ISOLADO DE WUMPA ISLAND, A SEGUNDA ILHA DO ARQUIPÉLAGO...

Havia alguém estava deitado em uma rede pendurada entre duas árvores de frutas wumpa em frente a sua casa velha de madeira, caindo aos pedaços.

- Como minha vida é chata... - o indivíduo com os trejeitos de um pobre mendigo pensava alto quando olhou para o lado e viu o bandicoot laranja a passar por ali, farejando o chão como um cachorro, imediatamente o reconheceu e se levantou da rede. - Crash? É você?

Assim que olhou para ele, Crash também o reconheceu e ambos correram na direção um do outro quase a chorarem de emoção em uma cena que parecia estar em câmera lenta, só que no momento do abraço, Crash passou por ele, fazendo o estranho abraçar o ar e cair de cara no chão, com o bandicoot rumando às árvores de frutas wumpa onde a rede estava.

- Com certeza ele é o Crash... - disse a si mesmo enquanto levantava-se atordoado depois daquele pastel para ver o bandicoot devorando as frutas uma atrás da outra.

Foi naquele momento que os demais chegaram:

- Quem é esse aí? - perguntou Coco.

- Não sei, mas acho que já vi a cara dele em algum lugar... - falou Crunch, intrigado.

- Esse rapaz... É aquele sobrinho do Doutor Cortex, o Caco Human! - respondeu Aku Aku.

- O que? - Crunch e Coco espantaram-se em uníssono.

- E aí pessoal, há quanto tempo? - Caco sorria feito um idiota ao cumprimenta-los. - Por que estão me olhando assim?

- Aku Aku, tem certeza de que ele é o Caco Human? - perguntou Coco.

- Absoluta.

- Nossa, ele mudou bastante. - comentou Crunch.

Caco estava todo sujo, de roupas rasgadas e possuía barba e cabelos grandes despenteados.

- Acontece que estou muito mal... - ele abaixou o rosto a lacrimejar. - Meus pais ainda são tão maus quanto o Cortex e além disso, a Yaya deixou de ser minha fã e foi embora, fiquei sozinho e sem nada pra fazer, então me isolei aqui. - comicamente bipolar, o momento dramático passou e ele ficou feliz instantaneamente. - Mas eu estou feliz em ver o meu melhor amigo outra vez! - Crash chegava junto naquele instante, momento em que o chacoalha com um aperto de mão, deixando-o tonto e fazendo-o derrubar as wumpas que carregava. - E então, o que contam de novo?

Crash começou a dividir as wumpas com Caco, enquanto Coco lhe respondeu:

- A gente só andou em conflito com o seu tio como de costume e participando de umas corridas.

- Corridas? Puxa vida, a Yaya me ensinou tudo sobre corridas, VROOM, VROOM! - Caco fez mímica como de quem segurava um volante. - Por que não me chamaram? Eu podia ajudar sendo jogável também!

- Porque, para começar, você tinha ido embora para sabe-se lá onde de um jeito que parecia que nem existia antes, então como a gente iria te achar? - perguntou Crunch.

- Tem razão. - ele coçou atrás da cabeça, sem jeito.

- Falando em ajuda, é isso que viemos pedir aqui. - disse Aku Aku. - Um grande caos está por vir e precisamos de toda a ajuda possível!

- Já entendi e meu irmão de genes aqui já pensou no seu especialista em sobrevivência favorito para ajudar a sobreviver a esse grande caos, não é? - Crash faz um sinal de positivo com o polegar, deixando-o contente. - Iiiiihha! Caco Human voltando à ação!

Nisso ele removeu as roupas sujas, a barba e cabelos postiços num instante, lançando-os para o alto a revelar-se limpo com as roupas de sempre: a camiseta azul marinho de mangas vermelhas, o jeans azul e os tênis em branco e preto.

- Um momento, a barba era falsa?

- Claro que sim Crunch, ainda sou muito jovem para ter sequer uma barbicha igual a sua.

- Ei, tira a mão do meu queixo!

- Espera aí, qual que é o sentido de se fantasiar para ficar em depressão? - Coco questionou retoricamente. - Sejam bons ou maus, a família de Cortex sempre será estranha para mim...

- O que será que ela quis dizer? - perguntou Caco, olhando para Crash, o qual abriu os braços, indicando que também não tinha entendido.

Foi quando o laptop de Coco apitou debaixo do braço e ao abri-lo, viu que o monitoramento ativo havia encontrado alguma coisa:

- Pessoal, acho que captei uma movimentação estranha no céu das ruínas dos povos antigos da América Central.

- Que tipo de movimentação estranha? Um disco voador? - perguntou Crunch. - O grande caos é uma invasão alienígena, é isso?

- Seja lá o que for, vamos detonar eles! - disse Caco. - Não é Crash?

- Yeah! Haho! - o bandicoot laranja exclamou.

- Beleza, vamos lá! - Crunch ergueu os braços em êxtase, mas logo de darem o primeiro passo, Crash, Caco e ele se deram conta e comicamente desfazem o passo que deram. - Ah, é mesmo, como chegaremos lá?

- Coco, o VR Hub System ainda funciona? - perguntou Aku Aku.

- Hmm... Ele ficou danificado quando nossa casa quase foi destruída pelo ataque do Uka Uka e precisa de reparos, mas posso consertá-lo e podemos usá-lo para chegar lá.

- O que é esse tal de Via Rubi? - perguntou Caco.

- É nome é VR Hub e no caminho a gente explica, agora vamos!

 

DE VOLTA AO LAR EM N. SANITY ISLAND, A PRIMEIRA ILHA DO ARQUIPÉLAGO...

A porta de metal se levantou, dando acesso à sala do VR Hub, o sistema de transporte que foi utilizado no passado para coletar os Cristais do Poder a fim de selar os Elementais e apesar de empoeirada, a sala cheia de computadores era a mesma dos velhos tempos.

- Muito bem, qual de vocês vai me ajudar com o trabalho pesado? - Crash e Crunch empurraram um Caco desavisado a dar um passo à frente. - Você é bem voluntarioso, obrigada Caco!

- Ei! - a garota bandicoot o puxou pelo braço.

- Boa sorte aí, parceiro. - disse Crunch, antes da retirada estratégica dele e de Crash.

Caco então se viu obrigado a ajudar Coco limpando, lhe passando pequenas peças e carregando peças pesadas.

- Caco, tem uma coisa que até agora não entendi?

- O que é?

- A Yaya não era fissurada em você? O que fez para ela ir embora?

- Bem... - Caco pensava no que ia dizer enquanto tinha um flashback.

[FLASHBACK DE CACO]

- Meu herói!

- Yaya, larga minha perna e me deixa andar.

- Claro, faço qualquer coisa pra agradar aquele que me salvou.

- Qualquer coisa?

Foi então que Caco teve a ideia de pedir que a garota panda se vestisse de maid e lhe servisse em tudo. Não vendo mal nenhum nisso, ela aceitou para agradá-lo.

- Yaya, me traz um suco de wumpa?

- Sim, tudo o que meu herói pedir.

Só que com o tempo, Caco estava começando a abusar da paciência dela.

- Por que esse suco está demorando tanto? Estou com sede!

- Quer mais suco? Então toma! - Yaya jogou o copo na cabeça dele.

- Au! Isso machuca!

- Estou cansada de fazer tudo pra você e não ganhar nada em troca, você não se importa com meus sentimentos e por isso não é mais meu herói!

Yaya então juntou suas coisas e se foi para sua antiga casa, as florestas de bambu da Ásia.

[FIM DO FLASHBACK DE CACO]

- Digamos que ela não gostou de algo que eu fiz e foi embora.

- Engraçado, a Yaya também não quis me contar e disse a mesma coisa quando nos encontramos há algum tempo.

- Espera, você falou com a Yaya? E como ela está? O que ela tem feito?

- É uma longa história, o importante agora é chamar os outros porque o VR Hub está pronto!

E assim o fizeram, Crash e Crunch retornaram e junto de Aku Aku desta vez, Coco então digitou umas linhas de código em seu laptop e o globo de vidro que havia na sala começou a girar.

- Sincronizando coordenadas... Pronto, vamos ser transportados para o local exato onde captei a movimentação mais cedo!

- Muito bem Coco! - disse Aku Aku.

- Agora subam na plataforma.

Todos se amontoaram em cima da plataforma próxima ao globo e logo de ativar o VR Hub, Coco pega seu laptop e se junta aos demais. O chão da plataforma se ilumina e nisso um aparato flutuante desceu sob suas cabeças, gerando três raios em seu entorno, teletransportando-os.

Um aparato igual se encontrava na região indicada pelo VR Hub e no descer da luz com os raios a tocar o chão, o grupo reapareceu debaixo dele. Logo que eles chegam, se deparam com as ruínas das civilizações antigas no entorno da floresta onde agora se encontravam.

- Então esse é o Via Rubi? Que demais! - disse Caco.

- Eu já disse que o nome é VR Hub! - Coco o corrigiu, frustrada.

- Tanto faz, o que interessa agora é deter meu tio.

- Seu tio? - questionou Crunch.

- Quem mais teria uma nave espacial com um "N" escandaloso estampado nela? - respondeu ele, apontando para a nave que sobrevoava o céu.

- Cortex não sabe mesmo ser sútil... - comentou Coco.

- Devíamos ter suspeitado que o doutor estivesse por trás de tudo, como sempre. - comentou Crunch.

A nave parecia estar se preparando para pousar e nisso todos foram em direção a ela, exceto Aku Aku que se encontrava pensativo:

- Tem alguma coisa errada, esse não é o grande caos...

Os quatro acabam se separando, com Crash pegando um atalho por dentro do templo e é aí que a fase tutorial começa.

 

Fase 0 - Intro (caso corte o vídeo inicial, você não poderá jogar esta fase, assim como em Crash Bandicoot 2)

Tipo: Normal

Aparência: Ruínas antigas dos povos Maias

Dificuldade: 1/20

Trata-se apenas de uma fase tutorial bem simples, você passa com o Crash por um corredor do templo onde há algumas caixas, alguns poucos animais como inimigos e alguns obstáculos, tudo de maneira intuitiva apenas para o jogador aprender os movimentos do personagem. O final da fase se dá na saída do outro lado das ruínas, onde a cutscene continua, antes mesmo de sair.

 

- Uou! - Crash tropeça, mas logo se levanta e sacode a cabeça.

O bandicoot olha para trás e vê que havia tropeçado em uma estranha placa de pedra cheia de símbolos entalhados, ele a recolhe do chão e segue em frente, se encontrando com os demais do lado de fora.

- Crash, o que é isso? - perguntou Coco, vendo que a placa emitiu um estranho brilho dourado.

- Parecem ser inscrições dos povos antigos que habitaram esta região, mas por algum motivo, essa energia me impede de decifrá-las, mesmo conhecendo estes símbolos. - disse Aku Aku. - Essa energia é similar à que vi naquela visão.

- Vou tentar traduzir com a ajuda da tecnologia então. - Coco abre seu laptop e escaneia o texto pela webcam, o programa sofre bastante para decifrar aquele texto, até que retorna o resultado. - Duas xícaras de farinha, uma colher de chá de fermento... Espera aí, isso é uma receita de bolo?

- Que bizarro para uma placa de pedra que brilha. - comentou Caco ao pegar a placa e analisa-la. - Em todo o caso, vou guardar, vai que é um bolo gostoso, hehehe!

- Pessoal, cuidado! - Crunch gritou quando viu a nave de Cortex surgir pairada bem em cima deles, mas já era tarde demais para escapar da armadilha, uma luz desceu sobre todos, os puxando a serem abduzidos para dentro.

Quando abriram os olhos, se encontravam em uma sala de portais com paredes de metal semelhante ao Warp Room 5 do Crash Bandicoot 2. A nave então subiu e ficou na órbita da Terra, dando vislumbre às estrelas através da grande janela que havia na sala, as quais se lacraram em seguida e então um holograma de Cortex surgiu no centro, só que não uma cabeça gigante e sim um holograma em tamanho real dele a flutuar. Caco, achando que era seu tio em pessoa, correu com tudo para dar um soco:

- Tio, engole isso!

Naturalmente, Caco atravessou o holograma e bateu com tudo na parede de metal, deixando a marca de seu corpo na janela do Load-Save.

- Isso foi inapropriado... - comentou Cortex pelo holograma, antes de voltar sua atenção para os outros novamente. - Bem-vindos à Solar Seed Spaceship, minha nova nave espacial!

- Fui eu quem a construiu! - surge um holograma de N. Gin falando.

- Cai fora, ninguém pediu sua opinião! - Cortex o empurra, tirando-o de cena. - Como estava dizendo, esta é minha nova nave espacial e trouxe vocês aqui para reunir os vinte e cinco Cristais do Poder que preciso para usar na minha nova arma de dominação mundial: o Omega Cannon!

- E acha que vamos concordar com isso? - perguntou Crunch.

- Vocês não têm escolha...

- Não posso tirar a gente daqui, o VR Hub não funciona! - disse Coco enquanto digitava linhas de comando em seu laptop.

- Seu sistema de transporte foi hackeado e agora sou eu quem está no controle dele, exatamente como planejei. Todos agora estão presos a essa sala e qualquer saída para o exterior está condicionada à minha vontade, o que significa que qualquer tentativa de fuga os transportará de volta para cá, mesmo que não queiram, sua única escolha é fazer o que mandei.

- E se recusarmos e não quisermos sair daqui? - perguntou Coco.

- Então vão gostar disso. - Cortex puxa um controle remoto do bolso. - Essa sala está programada para esmagar vocês como um compressor de lixo.

Ele aperta o botão para demonstrar que estava falando sério, a sala então foi encolhendo aos poucos, derrubando Caco que ainda estava preso na tela de Load-Save.

- Tenho pena desse Doutor Cortex quando eu o pegá-lo. - disse Crunch enquanto tudo tremia. - Não podemos ajuda-lo a construir esse Omega Cannon, com certeza essa arma será a responsável pelo grande caos!

- O tempo está correndo, o que decidem? Vão fazer o que mandei?

Eis que, sem prévio aviso, Crash faz um sinal de "Sim" com a cabeça.

- Crash, não! - disse Aku Aku.

O bandicoot olha pra a máscara, pisca o olho e faz um sinal de "o" com os dedos. Por mais incrível que parecesse, o marsupial aparentemente tinha um plano.

- Sábia decisão Crash, sábia decisão... - Cortex apertou o botão novamente, fazendo o processo parar.

- Então vão logo, tenho pressa em ter o mundo aos meus pés! - disse Uka Uka que surgiu em holograma junto de Cortex, antes de ambos sumirem com uma risada maligna mútua.

FIM DO VÍDEO INICIAL

 

Essa parte do jogo possui como personagens jogáveis, Crash Bandicoot, Caco Human, Coco Bandicoot e Crunch Bandicoot, o qual finalmente torna-se jogável na série com movimentos próprios.

 

Crash tem os mesmos controles de sempre (os de Crash 2, Crash 3, Wrath of Cortex e Twinsanity) (vou usar como exemplo os do PS2 e PS3, mas os do XBox 360 possuem o mesmo mapeamento, só muda o nome dos botões):

X = pulo

QUADRADO = giro

BOLINHA ou R1 = agachar

BOLINHA ou R1 (segurar) + DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO = andar agachado

Pulo + BOLINHA ou R1 = esmagada

Correr (DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO) + BOLINHA = deslizar

Deslizar + QUADRADO = giro deslizado

Deslizar + X e QUADRADO = giro helicóptero (deslize, aperte X e quase que ao mesmo tempo antes que Crash sair do chão, aperte QUADRADO, Crash irá dar um salto girando que vai mais alto que o salto normal. Se desejar, você ainda pode apertar BOLINHA enquanto estiver no ar para fazer uma esmagada depois de fazer este movimento. O movimento não é muito fácil de fazer, já que requer coordenação do jogador, mas com treino você conseguirá fazê-lo com facilidade)

 

Os controles de Caco trabalham como em Crash Bandicoot: Survival!, sem muitas alterações além do novo modo de combate que transformará as fases jogáveis com ele em divertidos beat'em ups:

X = pulo

X + X = pulo duplo

QUARDRADO = soco

TRIÂNGULO = chute

QUADRADO + ANALÓGICO ESQUERDO (girar) = giro (de curta duração, pode ser usado durante um combo ou ainda para iniciar um combo)

BOLINHA ou R1 = agachar

BOLINHA ou R1 (segurar) + DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO = andar agachado

Pulo + BOLINHA ou R1 = esmagada (com o ombro, equivale a um combo de 3 hits de socos e chutes normais de Caco)

Correr (DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO) + BOLINHA = deslizar

Deslizar + QUADRADO = soco com impulso (ao apertar QUADRADO enquanto Caco está deslizando ele irá se levantar virando 360 Graus para a esquerda rapidamente e atacará com um potente gancho de direita na diagonal de cima para baixo na direção do inimigo em sua frente. Este golpe é potente e equivale a um combo de 3 hits feitos com os socos e chutes normais)

Deslizar + TRIÂNGULO = chute giratório (ao apertar TRIÂNGULO enquanto Caco está deslizando ele irá se levantar virando 360 Graus para a direita rapidamente e atacará com um potente chute giratório ao estilo Roundhouse Kick com a perna direita na direção do inimigo em sua frente. Este golpe é potente e equivale a um combo de 3 hits feitos com os socos e chutes normais. O efeito deste golpe é o mesmo do soco com impulso, a diferença é que este pode atingir o inimigo se ele se aproximar pela esquerda, enquanto que o soco com impulso pode atingir o inimigo se ele se aproximar pela direita)

Deslizar + X e QUADRADO ou TRIÂNGULO = uppercut giratório (com os mesmos botões do giro helicóptero de Crash, Caco irá combar a deslizada com um soco para cima enquanto executa um giro, golpe que já foi apelidado de Crashoryuken em outras produções. Esse ataque é mais vertical que o giro helicóptero de Crash, portanto não serve muito para mobilidade, além de que não há razão para isso, já que Caco pode dar pulos duplos. Não é muito fácil acertar inimigos com este golpe, já que é preciso um timing certo, o ideal é usá-lo contra inimigos maiores. Esse golpe equivale a 5 hits com socos e chutes normais. Se desejar, você ainda pode apertar BOLINHA enquanto estiver no ar para fazer uma esmagada depois de fazer este movimento)

L1 = modo de combate (no modo de combate, Caco ficará em sua sólida posição de luta. Enquanto está nela, Caco não poderá executar qualquer movimento que exija que ele corra e se moverá mais lentamente, porém poderá se defender de ataques inimigos, seus ataques serão mais precisos e será possível mirar nos inimigos próximos usando BOLINHA ou R1 para navegar e escolher entre eles. No entanto não são todos os golpes que Caco pode bloquear usando o modo de combate, então o use com cautela)

L1 + L2 ou R2 = esquivar-se para os lados.

L1 + X (no momento do ataque) = esquivar (estando em modo de combate, Caco pode se esquivar de determinados ataques, lhe dando a chance de um contra-ataque inesperado ao inimigo)

L1 + QUADRADO ou TRIÂNGULO (enquanto estiver no ar) = ataque aéreo (se você apertar os botões de soco ou chute enquanto estiver no ar e segurando L1, Caco irá executar um soco aéreo para baixo ou uma voadora para baixo respectivamente, para frente ou na direção do inimigo mais próximo, muito útil para iniciar um combo já entrando em modo de combate também)

Combos = Caco possui o mesmo sistema de combos de até 3 hits como o do Crash Bandicoot: Survival!, porém agora estão ainda mais eficientes, mantendo o mesmo estilo de mais de um hit para derrotar inimigos.

 

Os controles da Coco têm suas raízes em Crash Bandicoot: The Wrath of Cortex, porém estão mais eficientes aqui e com alterações que a tornam mais única em termos de jogabilidade:

X = pulo

QUADRADO = chute em giro

BOLINHA ou R1 = agachar

TRIÂNGULO = rasteira (mais rápida e eficiente do que em Wrath of Cortex, executada em 360 graus, podendo acertar inimigos que venham por trás, perfeita para derrubar inimigos com proteção na parte superior do corpo e também pode ser executado enquanto ela estiver agachada)

Pulo + BOLINHA ou R1 = esmagada (com o traseiro)

TRIÂNGULO -> QUADRADO = chute em giro duplo 1 (Coco executará a rasteira e em seguida o chute em giro, um combo básico útil para destruir proteções que certos inimigos possuem)

QUADRADO -> TRIÂNGULO = chute em giro duplo 2 (Coco executará o chute em giro e em seguida a rasteira, também um combo básico útil para destruir proteções que certos inimigos possuem)

L1 = usar laptop (durante as fases da Coco, alguns puzzles irão requerer hackear sistemas para que certas plataformas funcionem ou certas portas se abram, por exemplo e para isso irá usar seu inseparável laptop rosa, o qual ela irá abrir assim que você apertar o botão. Se o jogador estiver em uma área onde o uso dele é necessário, um pequeno minigame iniciará e então basta passa-lo para hackear o que necessita ser hackeado naquela área, uma mecânica muito parecida com a que vemos na série Jak & Daxter. Caso o jogador o use em uma área onde o uso dele não é necessário, Coco o usará para escanear a fase ao invés disso para procurar caixas e itens escondidos, ficando parada e vulnerável a ataques de inimigos enquanto o faz por alguns segundos, então se lembre sempre de limpar a área primeiro, antes de escaneá-la. Coco fecha o laptop automaticamente assim que concluir a tarefa solicitada ou manualmente pelo jogador, apertando o botão novamente, cancelando a tarefa, nesse caso)

 

E finalmente os controles de Crunch, que é lento comparado aos outros, mas em compensação seus ataques são fortes, capazes de derrotar vários inimigos ao mesmo tempo e até mesmo destruir obstáculos do cenário:

X = pulo (baixo, por sinal)

QUADRADO = lariat (Crunch executa um soco girando em 360 graus)

BOLINHA = soco no chão (tão poderoso quanto uma esmagada dos outros personagens, pode destruir caixas blindadas facilmente, quebrar o solo para acessar determinadas áreas e derrotar inimigos menores cujo lariat não é capaz de acertar)

TRIÂNGULO (se estiver perto de algum objeto) = pegar objeto (caso esteja perto de algum objeto, Crunch pode pegá-lo e usá-lo. Há dois tipos de objetos: os jogáveis e os golpeáveis. Os jogáveis são aqueles para serem jogados nos inimigos apertando TRIÂNGULO novamente, tal como pedras e blocos. Os golpeáveis são usados para golpear os inimigos apertando QUADRADO, podendo ser usados algumas vezes antes de se quebrarem ou serem descartados manualmente apertando TRIÂNGULO outra vez, objetos desse tipo incluem como exemplo varas, clavas, machados, etc. Os objetos estão espalhados pelo cenário das fases de Crunch e eles variam dependendo da fase, alguns também são necessários para derrubar certos inimigos ou destruir certos obstáculos)

L1 = defesa/interação (segurando este botão, Crunch fica imóvel, usando seu próprio corpo para se defender de ataques inimigos, tornando-se invulnerável a eles, desde que não sejam fortes demais. Segurar este botão também permite que Crunch interaja com certos objetos ou paredes no cenário que precisem ser empurrados ou puxados, combinando com os botões de movimento para o fazê-lo)

 

Controles em comum (que funcionam para todos os personagens):

DIRECIONAL = mover

ANALÓGICO ESQUERDO = mover

SELECT = ver vidas, número de Wumpas, etc. (este era comando do TRIÂNGULO, porém foi trocado pelo SELECT por causa dos comandos de Caco, Coco e Crunch que usam este botão)

START = pausar jogo

 

FASES:

Depois de toda essa conversa, vamos ao que interessa! Após o vídeo inicial, você começa jogando nessa sala fechada da nave de Cortex que serve de Warp Room. São no estilo do Crash Bandicoot 2, uma sala de Warp Room com cinco fases contendo Power Crystals, Gems e Relíquias, ou seja, como no estilo clássico ("Por que não disse isso logo?" - Você sobre eu querer explicar tudo). Também há um sexto portal para o chefe, o qual fica fechado até que você pegue os Cristais das cinco fases do Warp Room. Entre as fases aparecerão os clássicos hologramas e antes da luta contra os chefes, cutscenes como o vídeo inicial, além de cutscenes após a derrota de um chefe também.

Antes de começarmos, segue algumas notas importantes:

- Fases do tipo "Normal" são fases normais, onde o personagem corre, quebra caixas, coleta Wumpas e joias, etc. O estilo de jogo delas tende a variar de acordo com o personagem jogável em questão;

- As Áreas de Plataforma Caveira (a.k.a. Death Routes) são aquelas áreas complicadas onde no final se encontra um Gem e que só são acessíveis se você chegar até elas pela primeira vez sem morrer nenhuma vez na fase.

- Quem já jogou algum jogo da franquia, provavelmente sabe que algumas fases fazem referência à cultura pop, à trocadilhos, entre outras coisas e aqui também não será diferente.

 

Vamos lá:

 

Warp Room 1

O primeiro Warp Room é como descrito no vídeo inicial, uma sala fechada com paredes de metal e uma vibe tecnológica e espacial.

 

Fase 1 - It All Starts Here (Tudo Começa Aqui)

1 Cristal / 1 Diamante (62 caixas) / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Selva

Dificuldade: 1/20

O nome dessa fase é uma referência óbvia a ser o início do jogo, lhe indicando que será uma longa aventura. A fase é simples, você começa em meio às ruínas antigas da civilização Maia, tal como as da fase Intro e sai adentrando à selva no bom e velho estilo Crash Bandicoot de ser. Seus inimigos são simples, como tatus, tartarugas e plantas carnívoras. Tem 2 Checkpoints e uma plataforma Bônus pouco após o primeiro checkpoint, que também é bem simples.

Tempo das Relíquias:

Safira: 1:25:00

Ouro: 1:10:00

Platina: 0:45:00

 

Ao voltar ao Warp Room, um holograma de Cortex e Uka Uka aparecem. Cortex diz:

- Bravo Crash, um Cristal pego, agora só faltam vinte e quatro.

- Vá pegá-los, bandicoot inútil! - exclamou Uka Uka.

- Inútil? Ele não está nos ajudando?

Uka Uka lança um raio no traseiro de Cortex e os hologramas desaparecem.

 

Fase 2 - Grove Square (Praça do Arvoredo)

1 Cristal / 1 Diamante (100 caixas) / 1 Diamante Verde / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Praça urbana

Dificuldade: 3/20

A fase tem a aparência de uma praça, com árvores e bancos, além de áreas com grama e calçadas. Seus inimigos são simples, são Lab Assistents vestidos de civis. Possui 3 Checkpoints, após o primeiro uma Plataforma Caveira e após o segundo é que está o Bônus que te leva para o alto de um prédio.

Área da Plataforma Caveira:

Ela te tirará do parque e te levará para o meio de uma rua e você seguirá na direção contrária da câmera do jogador. Não há inimigos, mas há alguns NITROs, o detonador de NITROs e o Diamante Verde. Tome cuidado quando você chegar à ladeira, pois um carro aparecerá e começará a te perseguir assim como as bolas de pedra nos Crash 1 e 2, o dinossauro em Crash 3 e o dragão em WOC. No final há uma plataforma que te leva de volta à fase.

Tempo das Relíquias:

Safira: 1:50:00

Ouro: 1:25:00

Platina: 1:03:00

 

Fase 3 - Wild West (Oeste Selvagem)

1 Cristal / 1 Diamante (105 caixas) / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Velho Oeste

Dificuldade: 2/20

Nesta fase, Crash vai para uma região onde o Velho Oeste americano ainda está vivo, provavelmente o mesmo local de algumas fases de The Wrath of Cortex. A fase é um pouco mais comprida que as anteriores, mas não muito difícil, só tome cuidado com os Lab Assistents pistoleiros que aparecem de repente de trás dos barris para atirar. Possui 3 Checkpoints e o Bônus fica depois do terceiro, levando-o para um corredor de um grande saloon.

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:00:00

Ouro: 1:50:00

Platina: 1:00:00

 

Ao voltar ao Warp Room, um holograma de Cortex e Uka Uka aparecerá. Cortex estará com um travesseiro amarrado na cintura, devido ao ocorrido no último holograma, fazendo com que Crash (e Aku Aku, se estiver equipado com uma máscara Aku Aku) rir(em) dele.

- Vou ignorar isso, afinal, já são três Cristais! Melhor que continue assim... - disse ajeitando o travesseiro e fazendo cara de dor.

O holograma some.

 

Fase 4 - Safari Escape (Escapada do Safari)

1 Cristal / 1 Diamante (25 caixas) / Relíquia

Tipo: Corrida

Personagem Jogável: Coco Bandicoot

Aparência: Savana africana

Dificuldade: 3/20

Primeira fase de corrida e também primeira da Coco no jogo. Ela é de corrida, mas é diferente: Coco monta em Pura e deve apostar uma corrida contra outros animais na selva, montados pelos Lab Assistents. Se ganha o Cristal chegando em primeiro e o Diamante se quebrar todas as caixas.

CONTROLES DO PURA:

DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO = mover

X = pular

QUADRADO = correr mais rápido

Tempo das Relíquias:

Safira: 0:50:00

Ouro: 0:25:00

Platina: 0:15:00

 

Fase 5 - Lost Lava Caves (Cavernas de Lava Perdidas)

1 Cristal / 1 Diamante (98 caixas) / 1 Diamante / Relíquia

Tipo: Normal + Surf

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Caverna com lava

Dificuldade: 4/20

O nome dessa fase é uma crítica indireta à Vivendi Universal Games que, por ter apressado o lançamento de Crash Twinsanity, fez com que a Traveller's Tales removesse algumas coisas do jogo. Uma delas foi a fase Lava Caves, versão da Décima Dimensão de Ice Climb. Voltando a falar da fase deste jogo, ela é um tanto complicada pela quantidade de rios lava que há nela, mas não há nada que dê muito trabalho. Há poucas caixas antes da área final, temos 4 Checkpoints e o Bônus fica pouco antes do segundo, com poucas caixas também. Após o quarto Checkpoint é que as caixas tornam-se mais abundantes, você deve descer surfando por um rio de lava com o auxílio do próprio Aku Aku que lhe servirá de prancha. Para ganhar o segundo Diamante da fase você deve, após pegar o quarto Checkpoint, surfar até o fim do rio de lava sem morrer (se morrer, vai ter que recomeçar a fase do zero se quiser ganha-lo). O rio de lava é um tanto longo e cheio de obstáculos para lhe atrapalhar e como o Aku Aku é a prancha, você sempre deve ter ao menos uma máscara Aku Aku sempre ativa enquanto surfa, se perdê-la, Aku Aku sumirá a deixar penas como de costume e Crash será engolido pelo rio de lava, o que significa que você está há um hit de desvantagem nessa área.

CONTROLES DO SURF:

DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO = mover, diminuir velocidade e aumentar velocidade

X = salto

BOLINHA ou R1 = agachar

BOLINHA ou R1 + X = mega salto

DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO (durante um mega salto) = executar manobras

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:00:00

Ouro: 1:45:00

Platina: 1:30:00

 

Antes de voltar ao Warp Room...

 

VÍDEO 2

Uka Uka e Cortex estavam na sala de comando da nave quando Dingodile entra, empunhando seu lança-chamas:

- Estou pronto para fritar aquele animal laranja.

- Excelente.

- Grande Uka Uka, o que está fazendo? - questionou Cortex. - Já os temos em nossas mãos, pra que vamos destruí-los agora?

- Por acaso você não tem nenhum cérebro nessa sua cabeça grande? É óbvio que eles jamais nos ajudariam se não tivessem um plano e por isso quero destruí-los enquanto estão em nossas mãos. Depois, podemos encontrar os Cristais do Poder que faltam nós mesmos.

- Olhando por esse lado, acho que tem razão, não podemos correr o risco de Crash Bandicoot frustrar meus planos outra vez... - Cortex voltou-se para seu capanga animal mutante, mestiço de dingo com crocodilo de calças marrons. - Vá Dingodile e me traga a cabeça daquele bandicoot... GWUHUHUHOHOHAHA!

FIM DO VÍDEO 2

 

Saindo para o Warp Room ao voltar da fase onde coletou o quinto Cristal, um holograma de Dingodile aparece:

- Olá Crash, há quanto tempo? Estou aqui a mando do Doutor Cortex para acabar com você e lhe dar um fim do jeito que você merece, um fim bem torrado. Aguardo-lhe no seu túmulo!

O holograma desaparece.

 

Chefe 1 - Dingodile

Dificuldade: 5/20

Barra de vida: ---- (cada hífen representa um hit na barra de vida dele)

- Você jogará com Crash e estará na selva em uma plataforma cercada de água, junto a uma cachoeira com uma área de pedra atrás dela em que se pode pisar;

- Dingodile estará no centro da plataforma, não tente ataca-lo ou ele torrará Crash à queima-roupa, apenas deixe ele começar atirando bolas de fogo em você, mexa-se para não ser atingido;

- Quando ele for carregar um tiro contínuo, esconda-se na área de pedra atrás da cachoeira;

- Quando o tiro do Dingodile atingir a cachoeira, fará a água evaporar e isso que irá confundi-lo;

- Enquanto ele estiver perdido no meio do vapor, vá e acerte ele;

- Agora ele atirará as bolas de fogo mais rápido, repita o mesmo processo de antes para diminuir a barra de vida dele em mais um bloco;

- Após isso, ele mudará de estratégia e atirará um tiro contínuo em você em sentido circular, então se abaixe para desviá-los ou use a deslizada para uma mobilidade maior;

- Uma vez que você desvie passando por baixo do tiro contínuo, ele mudará de direção algumas vezes, te obrigando a abaixar ou deslizar por baixo para desviar novamente;

- Vai ser um pouco complicado, mas enquanto desvia, tente ir para trás da cachoeira a fim de repetir o processo, já que o tiro contínuo contra a água criará vapor outra vez;

- Agora, antes do início da rodada final, Dingodile dará um tiro no ar e várias bolas flamejantes cairão feito bomba na plataforma, destruindo-a e deixando em pedaços no seu entorno;

- Antes que a plataforma seja destruída, proteja-se e fique em um lugar que não será atingido (oriente-se pela sombra das bolas de fogo);

- Então ele fará um tiro contínuo em coluna de fogo em sentido circular, então vá pulando pelas plataformas no mesmo sentido em que ele girar pra não ser atingido, tomando cuidado novamente com o ato de ele ficar mudando de direção entre sentido horário e anti-horário várias vezes;

- Quando ele carregar o tiro contínuo como da primeira e da segunda vez, se esconda atrás da cachoeira e o resto já sabe, derrote-o e diga adeus a Dingodile enquanto o vê cair na água.

PODER ADQUIRIDO:

SUPER SLIDE

Advindo de Crash Bandicoot 2: N-Tranced, Crash poderá executar deslizadas mais longas e rápidas com este poder, podendo até mesmo quebrar caixas blindadas com ele. Para usá-lo, basta segurar R2 antes de executar a deslizada. Este poder é exclusivo do Crash e uma curiosidade interessante é que, se você vier enfrentar Dingodile de novo com ele apenas por diversão, poderá derrubá-lo com ela sem nem precisar passar pelo processo de desviar dos tiros dele.

 

VÍDEO 3

- Isso não vai ficar assim! - gritava Dingodile enquanto era levado pela correnteza.

- Crash, parece que o Doutor Cortex e Uka Uka já perceberam que estamos apenas ganhando tempo. - disse Aku Aku. - Vamos continuar coletando os Cristais como eles querem e ao mesmo tempo, vamos ficar atentos aos movimentos deles.

Eis que então, o dispositivo do VR Hub veio sobre suas cabeças e os transportou de volta para o Warp Room.

 

E NA NAVE DE CORTEX...

- O QUE?! Dingodile foi derrotado?

- Sim, grande Uka Uka. - N. Gin contava as "boas" novas.

- COOORTEEEX!

- Nã-Nã-Não me culpe, vo-vo-você quem teve a ideia de mandar ele para um lugar com água. - gaguejava Cortex. - E depois ainda diz que o sem cérebro sou eu!

- O que quer dizer com isso? - envolto em energia vermelha, a máscara fez o cientista sentir o frio de uma linha amarela descendo sobre sua espinha.

- Na-Nada, só que... Deixe-me escolher quem mandaremos agora, tudo bem?

- Certo.

Uka Uka se acalmou e nisso Cortex chamou:

- Tiny!

- Estou aqui. - o calmo tigre siberiano em trajes militares verdes adentrou na sala. Diferente de N. Gin, ele ainda não havia voltado ao normal e estava com a aparência e a personalidade de seu eu de outra dimensão. - O que deseja?

- Quero Crash Bandicoot em pedaços!

- Como o senhor quiser, Doutor Cortex.

FIM DO VÍDEO 3

 

Voltando ao Warp Room haverá outro holograma de Cortex e Uka Uka:

- Crash, parece que Dingodile falhou em lhe destruir. Por um lado foi bom, afinal você terá que continuar nos trazendo Cristais, então vá bandicoot...

- AGORA! - gritou Uka Uka, antes de o holograma sumir.

 

Você notará que aparecerá uma plataforma no centro do Warp Room. Ao subir nessa plataforma, uma janela virtual se abrirá junto ao Crash como um holograma, a qual funcionará como um pequeno menu com a opção de mudar de Warp Room. Selecione o Warp Room 2 (único aberto até agora além do Warp Room 1) para continuar o jogo. Logo que você selecionar o Warp Room, toda a sala será transformada mudando o design e as fases, ou seja, transformando-a em outro Warp Room.

 

Warp Room 2

A aparência do Warp Room 2 remete ao interior de um submarino.

 

Fase 6 - Drop the Bomb! (Solte a Bomba!)

1 Cristal / 1 Diamante (15 caixas) / Relíquia

Tipo: Guerra de Aeroplanos

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Voo sobre base militar

Dificuldade: 5/20

Esta fase é de avião e você irá pilotar um caça da aeronáutica armado até os dentes. Como indica o nome, seu objetivo é soltar bombas nos cinco pontos vitais da base. Cuidado com os aviões kamikazes dos Lab Assistents, pois além de atirar, não terão pena de se chocarem contra o seu caça. Cada ponto vital só é destruído quando recebe dois ataques de bombas e o Cristal é ganho quando todos os pontos vitais são destruídos.

CONTROLES DO AVIÃO:

DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO = pilotar aeronave

X = metralhadora

BOLINHA = soltar bomba (segure o botão, aguarde a mira ficar verde e então solte)

QUADRADO = girar (barrel roll)

R1 e L1 = esquivar para os lados (barrel roll)

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:50:00

Ouro: 2:15:00

Platina: 1:45:00

 

Fase 7 - Swimming with Sharks (Nadando com Tubarões)

1 Cristal / 1 Diamante (125 caixas) / 1 Diamante / Relíquia

Tipo: Normal + Nado

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Praia

Dificuldade: 5/20

Esta fase tem a primeira parte de terra, onde você irá pela praia. A primeira parte de terra é um tanto complicada, há alguns Lab Assistents bem chatos como inimigos, os quais surgem debaixo da areia. Não muito longe do começo tem um Bônus, aproveite, pois ele tem muitas caixas. Antes do primeiro Checkpoint tem uma Plataforma Caveira.

Área da Plataforma Caveira:

Você terá que pisar em cima das estreitas caixas de ferro sobre o mar. Não caia na água e cuidado com os peixes que farão de tudo pra te derrubar ao saltar por cima das caixas. Este é importante chegar até o fim, mesmo sendo difícil, pois aqui há algumas caixas que são necessárias para coletar o Diamante e tome cuidado com os NITROs. No fim, encontramos o Diamante secundário e a plataforma que te leva de volta ao mesmo lugar de onde veio.

Após a plataforma, há um Checkpoint. Depois dele há um cais onde você pode encontrar um equipamento de mergulho que, ao chegar perto, Crash o pegará e mergulhará na água. Agora é só nado, só que não é side-scrolling como em Crash 3 e WOC, é em terceira pessoa de uma forma parecida com a que fiz para a Fase 2 do Crash Bandicoot: Survival!. Tome cuidado com os tubarões e aventure-se entre navios e submarinos afundados. Há mais três Checkpoints e o Cristal até o fim da fase.

CONTROLES DO NADO:

DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO = nadar

X (repetidamente) = nadar mais rápido

QUADRADO = giro

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:25:00

Ouro: 1:30:00

Platina: 1:18:00

 

Fase 8 - The Abominable SnowCrunch (O Abominável Crunch das Neves)

1 Cristal / 1 Diamante (132 caixas) / 1 Diamante (requer o Diamante Roxo) / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Crunch Bandicoot

Aparência: Neve

Dificuldade: 6/20

Primeira fase do Crunch no jogo e o nome dela é uma referência ao filme britânico "The Abominable Snowman" de 1957. A fase é nas neves, tome cuidado com os ursos polares, tome proveito das bolas de neve e jogue-as nos inimigos. Use a força de Crunch para quebrar obstáculos de gelo, mas tome cuidado quando o fizer enquanto pisa em lagos congelados, pois se o gelo quebrar, Crunch cairá na água e perderá uma vida. A fase possui 4 Checkpoints e um Bônus antes do primeiro. Depois do segundo, está a plataforma do Diamante Roxo onde há o segundo Diamante da fase e algumas caixas para ganhar o primeiro, mas ele está no Warp Room 3, o que significa que você terá que voltar nessa fase mais tarde.

Área da plataforma do Diamante Roxo:

Ela é totalmente um rio congelado em gelo liso. Há muitos inimigos e NITROs, mas também há algumas armas úteis. Há várias pegadinhas como caixas blindadas em rios congelados e se Crunch socar o chão no lugar errado, pode morrer. No final se encontra o Diamante e a plataforma que te leva de volta à fase.

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:30:00

Ouro: 1:48:00

Platina: 1:26:00

 

Ao voltar ao Warp Room, um holograma de Tiny aparece e fala com Crash:

- Oi Crash, se lembra de mim? Uka Uka e o Doutor Cortex me mandaram acabar com você. Posso estar mais calmo, mas ainda fico violento se me provocar e definitivamente, você já me provocou demais com as derrotas que me causou em todos esses anos... Irei lhe partir em dois!

O holograma desaparece.

 

Fase 9 - Hidden Swamp (Pântano Oculto)

1 Cristal / 1 Diamante (149 caixas) / 1 Diamante Azul / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Caco Human

Aparência: Pântano

Dificuldade: 6/20

Primeira fase do jogo para o Caco. É um pântano escuro devido às árvores fechadas que não deixam a luz do Sol entrar, trata-se de uma fase traiçoeira, há buracos no pântano onde você pode afundar de pisar em falso, então fique alerta. Há vários Lab Assistents que te atacam de surpresa para te afundar no pântano, no geral, seus inimigos são bem resistentes, os combos de Caco serão bem úteis durante a fase inteira que, como num beat’em up, exigirá que você derrote todos os inimigos da área antes de avançar. Há uma caixa bem escondida no pântano e a agilidade de Caco será muito essencial para pegá-la sem morrer. Ela tem 5 Checkpoints. O Bônus fica quase no fim da fase, você deve pular em folhas e galhos sobre as águas nesse Bônus. Na metade da fase se encontra uma Plataforma Caveira.

Área da Plataforma Caveira:

Essa Death Route é complicada. Assim como o Bônus você deve pular em galhos e folhas e em hipótese alguma deve cair no pântano, pois nessa área ele é fundo e a morte é instantânea. Fique atento, pois as folhas afundam e os galhos se movem ao pisar neles, há também alguns NITROs para encher o saco. No fim tem o Gem Azul e um portal que volta ao Warp Room.

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:22:00

Ouro: 2:00:00

Platina: 1:30:00

 

Fase 10 - Premium Pinball (Pinball Premium)

1 Cristal / 1 Diamante (199 caixas) / Relíquia

Tipo: Atlasphere

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Circo

Dificuldade: 5/20

Fase do estilo atlasphere do Crash Bandicoot: The Wrath of Cortex. Crash estará em uma espécie de circo e o chão está condecorado como uma mesa de pinball. Tome cuidado, há vários truques de pinball que te ajudam ou te jogam em buracos. A fase é um tanto complicada como bem eram as fases do gênero em seu jogo de origem, possui 3 Checkpoints e antes do primeiro vem uma novidade das fases atlasphere: um Bônus. O Bônus dessa fase se chega ao cair em um buraco escrito "Bonus", ele é bem divertido, você deve usar toda a velocidade para pegar as caixas, então jogue sem medo de morrer. O Cristal fica em um lugar bem estratégico que necessitará de uma jogada de pinball para ter impulso e pegá-lo.

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:07:00

Ouro: 1:34:00

Platina: 1:10:00

 

Ao voltar ao Warp Room, temos outro holograma de Tiny:

- Muito bem, são dez Cristais. Está na hora de me encontrar pela última vez e me entrega-los, então venha no meu ringue e sofra!

O holograma some como de costume.

 

Chefe 2 [Parte 1] - Tiny Tiger (Mojo Dimension)

Dificuldade: 2/20

Barra de vida: ---

CUTSCENE

O local era um ringue de luta livre e a torcida era toda composta por de Lab Assistents.

- Crash, você nunca terá chance contra ele nessas condições. - disse Aku Aku. - A diferença de peso entre você e ele é óbvia.

- Aku Aku está certo. - disse Crunch ao chegar pelo portal. - Deixa ele brigar com alguém do tamanho dele!

Crash faz um sinal de positivo com o polegar, lhe desejando boa sorte e nisso Cortex surge no centro do ringue como anunciante e juiz:

- Senhoras e senhores... - o pessoal da plateia começa a se olhar e veem que não tem nenhuma mulher. - Esta noite teremos o maior espetáculo de luta livre já visto! Deste lado, ele é grande e mal, defendendo o lado que dominará o mundo, pesando qualquer peso pesado, Tiny Tiger! - a torcida grita entusiasmada enquanto Tiny sobe ao ringue concentrado. - E... - Cortex é interrompido por um Lab Assistent que chega e fala algo em seu ouvido. - Parece que temos mudanças... Do outro lado, uma criação minha feita justamente para derrotar Crash Bandicoot e que me traiu, defendendo aqueles que querem evitar o inevitável, pesando qualquer coisa, Crunch Bandicoot!

A torcida vaiou, mas Crunch não se importou e saltou para dentro do ringue.

- Você quem me enfrentará?

- Isso mesmo Tiny, vou lhe mostrar o que essas belezinhas podem fazer.

Crunch exibiu seus músculos e então uma bandicoot fêmea semelhante à Tawna passa por ali com uma placa anunciando o Round 1, com o gongo a soar na sequência.

FIM DA CUTSCENE

- A luta de chefe será uma luta livre e os movimentos de Crunch serão os mesmos das fases normais com alguns adendos específicos;

- Para diminuir a vida de Tiny não basta ir dando golpes, você terá que fazer um Wrestling Combo, o qual é basicamente um Quick Time Event como os da série God of War, por exemplo. Há duas maneiras de iniciar um Wrestling Combo, a primeira é começar a dar golpes em Tiny até tonteá-lo e enquanto ele estiver tonto, você se aproxima, segura L1 para se encostar nele e aperta TRIÂNGULO para agarrá-lo, isso fará com que Crunch execute um golpe de luta livre aleatório e em seguida aparecerá um botão (ou sequência de botões) aleatório(s) que deve ser apertados rapidamente e corretamente até concluir o Wrestling Combo, que geralmente varia de três a cinco rodadas de botões, findando na diminuição de um bloco da vida de Tiny. A segunda forma de fazer o Wrestling Combo é apertar TRIÂNGULO enquanto se defende (L1) no momento exato em que Tiny tentar te agarrar, o que fará Crunch executar um contragolpe e dar início ao Wrestling Combo que segue o mesmo processo da primeira forma;

- Tome cuidado caso erre a sequência, pois isso interromperá seu combo e fará com que Tiny inicie um combo e você precisará apertar uma nova sequência de botões para escapar e uma vez que ele o conclua, você perde uma vida;

- Tome cuidado para não tomar golpes normais sem estar se defendendo, pois eles farão Tiny começar um Wrestling Combo em você e da mesma forma você precisará passar o Quick Time Event para escapar e não morrer;

- Nessa primeira parte, você terá que fazer três Wrestling Combos em Tiny, mas será bem simples, já que ele não será muito agressivo, pelo menos não até ser derrotado e dar início a uma nova cutscene.

CUTSCENE

Tiny se levanta e seu semblante era de fúria:

- Eu... - foi então que sua voz fina engrossou. - Tiny cansado de ser bonzinho... Tiny esmagar você!

Ele rasga as suas roupas enquanto a realidade se quebra ao seu entorno, o poder de distorção da realidade que Nemesis Uka-Cortex lhe aplicou no passado foi se desfazendo, o tigre siberiano deu lugar ao tigre tasmaniano laranja clássico de dentes afiados, ombreiras com espinhos que todos conheciam.

- Este sim é o verdadeiro Tiny! - comentou Crunch, quando a bandicoot passou com a placa e anunciando o Round 2 e Tiny partindo ensandecido em sua direção.

FIM DA CUTSCENE

 

Chefe 2 [Parte 2] - Tiny Tiger

Dificuldade: 7/20

Barra de vida: -----

- Agora sim a luta de verdade começa, é bom que tenha aprendido a como lutar, pois ainda que o modo de jogar seja o mesmo de antes, será mais difícil;

- Tome cuidado, pois as sequências de botões, tanto para atacar como para se defender, exigirão mais rapidez e precisão, qualquer erro é punível com a perda de uma vida e o consolo será ao menos recomeçar a partir dessa parte da luta;

- Os golpes normais de Tiny também estarão mais violentos, de modo que podem romper sua defesa se você se mantiver demais na defensiva;

- Desta vez você terá que acertá-lo não três, mas cinco vezes para derrotá-lo.

PODER ADQUIRIDO:

SUPER CHARGED BODY SLAM

Com esse poder clássico, a esmagada de Crash torna-se mais poderosa de modo que ele gira no ar antes de cair e se forma uma onda no chão no momento do impacto, destruindo caixas e inimigos ao redor. O soco no chão de Crunch ganha o mesmo efeito, de modo que esse poder é exclusivo desses dois personagens que estavam nessa luta, não tendo efeito em Caco e Coco.

Fato curioso é que, se você jogar a batalha de chefe de novo com Crunch possuindo este poder, poderá diminuir a barra de vida do Tiny com o soco no chão sem precisar executar um Wrestling Combo, bastando apenas deixa-lo tonto primeiro.

 

VÍDEO 4

Tiny tinha levado um K.O., o que fez Crunch ser saldado pela plateia de Lab Assistents.

- Eu sou o Ciclone Marrom! - ele gritou ao erguer os braços para o alto, dando um apelido a si mesmo em referência ao apelido do Zangief, de Street Fighter.

- De que lado vocês estão? - questionou Cortex. - Ao invés de bater palmas para ele, vocês deviam era atacar! - os Lab Assistents se entreolharam, até que "obedecem" o comando de seu senhor. - Esperem aí, é para atacar ele e não a mim! Socorro! - Vários Lab Assistents pulam sobre o cientista, prendendo-o em chaves de braço e perna. - Vocês me pagam bandicoooooooooots!

Enquanto o vilão era comicamente esmagado, os heróis foram embora.

FIM DO VÍDEO 4

 

Ao voltar ao Warp Room, o Warp Room 3 passa a ficar disponível, então o acesse.

 

Warp Room 3

O Warp Room 3 é quente e se parece com uma sala de caldeira industrial.

 

Ao entrar em uma fase desse Warp Room, antes que a fase seja carregada e inicie para você jogar, haverá um vídeo.

 

VÍDEO 5

- Você não disse que o novo Tiny seria o fim deles? - Uka Uka ameaçava Cortex, todo enfaixado como uma múmia e de muletas.

- Sim, eu disse, mas, mas...

- Mas nada, eu não sei por que ainda confio em um incompetente como você! A sorte é que eles ainda estão em nossas mãos e não têm outra escolha a não ser coletar os Cristais para nós. Meu irmão, aqueles bandicoots e o seu sobrinho precisam ser eliminados agora, antes que consigam escapar do nosso domínio!

- Doutor Cortex, quer que eu mande quem agora para destruir Crash? - perguntou N. Gin.

O Dr. Neo Cortex pensa um pouco e logo responde:

- VOCÊ!

- E-Eu?

- Sim, você.

- Mas eu sou seu braço direito e sempre sou o antepenúltimo!

- Você? O braço direito do Doutor Cortex? - disse alguém ao entrar na sala, rindo a ter espasmos. - Hehehe, essa é boa...

- Mas o que esse Frankenstein anão está fazendo aqui? - N. Gin perguntou ao reconhecê-lo.

- O Doutor Nitrus Brio e eu fizemos as pazes depois do incidente na Décima Dimensão. - responder Cortex.

- Exatamente, hihi, hehehehe! - disse N. Brio. - EU sou o braço direito do Doutor Cortex, pois se não fosse eu, ele jamais teria concluído o Evolvo-Ray.

- E se não fosse por mim, o Doutor Cortex jamais teria tido a Cortex Vortex ou mesmo esta nave, EU sou o braço direito dele! - retrucou N. Gin.

- Não, sou E-EU!

- Sou EU!

- EU!

- EU!

- EU!

- EU!

- EU!

- EU!...

Enquanto eles discutiam e se encaravam, Uka Uka dizia a si mesmo:

- Não acredito que esses dois estão brigando pela atenção desse incompetente...

- EU!

- EU!

- Chega! - exclamou Cortex, lançando as muletas para o ar e assim tombando comicamente no chão, levantando-se rapidamente em seguida a fingir que nada havia acontecido. - N. Brio, você é um gênio da química e da mutação e N. Gin, você é um gênio da tecnologia e da robótica. Se vocês tivessem trabalhado juntos ao meu lado, estou certo de que Crash já teria sido destruído há muito tempo, por isso juntei vocês dois aqui, os dois como meu braço direito perfeito para acabar com Crash Bandicoot. Trabalhem juntos e criem o plano que acabará com ele de uma vez por todas!

Mesmo contrariados, N. Brio e N. Gin compartilharam de um aperto de mão ao ouvir a ideia, sorrindo malignamente.

FIM DO VÍDEO 5

 

Fase 11 - Buried in Snow (Enterrado na Neve)

1 Cristal / 1 Diamante (128 caixas) / 1 Diamante (requer o Diamante Amarelo) / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Neve

Dificuldade: 6/20

Esta é a uma das conhecidas fases de neve da série, com os mesmos inimigos de sempre. Tenha cuidado com os clássicos buracos e áreas escorregadias. O Bônus da fase é um pouco complicado, há muitas wumpas em poucas caixas um tanto difíceis de pegar, exigindo controle do Super Slide nas congeladas pistas escorregadias. Esse Bônus fica após o terceiro dos 5 Checkpoints da fase. A plataforma do Diamante Amarelo fica mais ou menos na metade da fase, mas por agora não será possível usá-la, já que o Diamante Amarelo está no Warp Room 5.

Área da plataforma do Diamante Amarelo:

Ela é um tanto complicada com alguns NITROs e tem 2 Checkpoints de caixa de ferro. Logo ao chegar, você já verá o Diamante, mas necessita de uma caixa pulo para pegá-lo, então siga até o final da área, onde haverá uma caixa de ferro "!". Ao acertá-la, volte para trás até o início e a caixa pulo de ferro estará disponível. Após pegar o Gem, vá até o final de novo rumo ao portal que te leva de volta ao Warp Room.

Tempo das Relíquias:

Safira: 3:00:00

Ouro: 2:20:00

Platina: 1:39:00

 

Fase 12 - Vigilante Arena (Arena do Vigilante)

1 Cristal / 1 Diamante (10 caixas) / Relíquia

Tipo: Batalha de Carros

Personagem Jogável: Caco Human

Aparência: Estádio/Arena de Carros

Dificuldade: 6/20

A fase é de carros, mas é de batalha, tanto seu nome como a temática são referência à série de jogos Vigilante 8. Caco dirige um carro e tem que destruir 20 carros pilotados por Lab Assistents. Utilize as armas especiais que irão aparecendo na arena. Não deixe sua barra de vida chegar à zero, pois seu carro explode e menos uma vida, além de ter de recomeçar, então sempre que possível pegue um item especial de chave de fenda para consertar seu carro.

CONTROLES DO CARRO:

DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO = manobrar veículo

X = acelerar

QUADRADO = frear

R1 = metralhadora

R2 = usar item especial (caso possua)

Tempo das Relíquias:

Safira: 5:00:00

Ouro: 4:00:00

Platina: 3:00:00

 

Fase 13 - Ghost May Cry (Fantasma Pode Chorar)

1 Cristal / 1 Diamante (162 caixas) / 1 Diamante Roxo / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Castelo Mal-Assombrado

Dificuldade: 7/20

O nome dessa fase é uma referência à série de jogos Devil May Cry da Capcom. Essa fase é em um castelo, mas tem um detalhe, ele tem aparência de mal-assombrado, escuro, com teias de aranha e morcegos. De inimigos temos fantasmas que apareceram de repente, além das aranhas, morcegos e Lab Assistents vestidos de vampiros. A fase tem 5 Checkpoints enquanto que o Bônus é complicado e usará bastante do Super Slide e do Super Charged Body Slam, ele fica antes do primeiro Checkpoint. A Plataforma Caveira fica no meio do caminho entre o segundo e o terceiro Checkpoint.

Área da Plataforma Caveira:

Ela te leva a um corredor muito escuro cheio de NITROs e morcegos. Você terá de usar os vagalumes como em Crash 2 e 3. No final há o Diamante Roxo (o qual será útil na Fase 8) e um portal para te levar de volta ao Warp Room. Dica: antes de subir na Plataforma Caveira, siga um pouco em frente e você encontrará a famosa caixa de ferro "!" verde que destrói todos os NITROs da fase, o que os eliminará da Death Route, deixando as coisas mais fáceis, já que então você só preocupará com os inimigos.

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:17:00

Ouro: 1:55:00

Platina: 1:20:00

 

Fase 14 - Warm to Hot (De Morno a Quente)

1 Cristal / 1 Diamante (180 caixas) / 1 Diamante / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Deserto

Dificuldade: 7/20

Fase de deserto entre um canyon de rochas, tem muitas caixas complicadas de se pegar, tanto que há 3 caixas bem escondidas, praticamente enterradas na areia. Inimigos raramente aparecerão, já que ela é mais focada em resolução de puzzles. Tem 4 Checkpoints e um Bônus antes do fim da fase. Quase junto ao Bônus há uma Death Route.

Área da Plataforma Caveira:

Ela te leva para o alto do canyon no deserto. Não é muito complicado, pegue o Diamante, bata na caixa que destrói NITROs, pegue a plataforma e volte para a área principal da fase.

Tempo das Relíquias:

Safira: 3:20:00

Ouro: 2:30:00

Platina: 1:50:00

 

Ao voltar ao Warp Room, temos um holograma com N. Gin e N. Brio, Crash coça a cabeça sem entender por que eles estão juntos.

- Olá Crash, N. Brio e eu estamos planejando seu fim. Melhor preparar um seguro de vida o quanto antes!

- Esp-Esp-Espera, o que estamos fazendo? Por que está contando n-nosso plano a ele?

- Silêncio, sei o que estou fazendo porque sou melhor que você.

- N-Não é não!

- Sou sim!

- N-Não é não!

- Sou sim!

- N-Não é não!

- Sou sim!

- N-Não é não!

- Sou sim!

- N-Não é não!

- Sou sim!...

Enquanto eles discutem, o holograma se distorce e mostra um vulto distorcido de um desconhecido de estatura alta, antes de desaparecer.

 

Fase 15 - Industrial Menace (Ameaça Industrial)

1 Cristal / 1 Diamante (119 caixas) / 1 Diamante (requer o Diamante Azul) / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Coco Bandicoot

Aparência: Indústria

Dificuldade: 6/20

A primeira fase da Coco à pé no jogo, com poucos inimigos e focada na maior parte em resolução de puzzles. As habilidades de hacking dela serão necessárias para controlar esteiras, plataformas e afins. Tem 3 Checkpoints e o Bônus depois do segundo, o qual é bem tranquilo. Depois do primeiro é que encontramos a plataforma do Diamante Azul.

Área da plataforma do Diamante Azul:

Ela te leva a uma área perigosa de caldeiras, tome muito cuidado onde pisa ou Coco morrerá queimada. Os NITROs são abundantes e essa área tem 2 Checkpoints de caixa de ferro. Antes do final está o Diamante Azul e no final em si o portal de saída, obviamente.

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:59:00

Ouro: 2:00:00

Platina: 1:43:00

 

Chefe 3 [Parte 1] - N. Gin

Dificuldade: 8/20

Barra de Vida: -----

CUTSCENE

Ao sair pelo portal entre os raios a descer do dispositivo flutuante do VR Hub, Crash chega a uma espécie de barracão com maquinários antigos, só que entre esses maquinários estava uma máquina nova, um grande robô humanoide de N. Gin com lataria em vermelho e tronco robusto.

- Crash, conheça o Marsipophoros Prometheus. - disse N. Gin enquanto o controlava da cabine que havia na cabeça do robô. - Dei a ele este nome porque é dotado de um novo conceito de automação capaz de prever os movimentos de bandicoots problemáticos através de uma rede de sensores independentes, então tenho certeza de que nunca o derrotará!

Os sensores escaneiam o bandicoot que tenta escapar e nisso N. Gin utiliza o canhão que surgiu no braço do robô e lança um tiro de plasma que explode diante de Crash.

- Uou! - ele gritou ao cair, se vendo cercado contra a parede, foi neste momento que o dispositivo do VR Hub pairou ao seu lado e um novo portal se abriu debaixo dele.

- Sensores independentes, né? - disse a voz da irmã mais nova ao se materializar por aquele portal. - Crash, não se preocupe comigo e proteja-se, eu sei o que fazer!

O punho do Marsipophoros Prometheus veio contra a parede, Crash saltou para o lado enquanto Coco o fez para frente, rolando por debaixo das pernas da máquina gigante e abrindo seu laptop.

FIM DA CUTSCENE

- Durante esta batalha de chefe, o jogador poderá controlar livremente a câmera usando o ANALÓGICO DIREITO e o R3 para centralizá-la à posição inicial, pois o barracão onde ela acontece é simplesmente enorme e ter o controle da câmera será essencial para vencer;

- Você controlará Coco e seu objetivo é destruir o robô de N. Gin que possui cinco pontos vitais: dois lançadores de mísseis nos ombros, dois canhões de plasma nos braços e um poderoso lançador de raios no peito;

- Para o fazê-lo, você deve conduzir Coco até um dos canhões acoplados em trincheiras em determinados pontos do barracão, mas não o deve fazer de imediato, pois devido à rede de sensores mencionada por N. Gin na cutscene, o robô sempre seguirá seu rastro e fará com que seja impossível ter tempo de atirar assim que montar em um dos canhões, o revide será imediato e Coco morrerá;

- Então sua primeira prioridade é desativar esses sensores espalhados pelo barracão, pegue cobertura entre os objetos do cenário e escaneie a área com o laptop para encontra-los, tentando manter o máximo de distância possível do robô de N.Gin;

- Uma vez achados, se aproxime da área de um deles e novamente utilize o comando do laptop para hackear os sensores, o que fará com que o Marsipophoros Prometheus perca o rastro de Coco, lhe dando tempo suficiente para chegar a um dos canhões e atirar;

- Aperte L1 para montar ou desmontar do canhão, controle a mira com o ANALÓGICO ESQUERDO e/ou o DIRECIONAL e atire com BOLINHA ou R1, tente destruir o máximo de pontos vitais possível atirando continuamente (já que é necessário mais de um tiro para destruí-los), antes dos sensores voltarem a funcionar e N. Gin começar a contra-atacar;

- Repita todo o processo quantas vezes forem necessárias até causar cinco hits na barra de vida dele, lembrando que os sensores a serem hackeados mudarão de posição a cada rodada.

CUTSCENE

N. Gin vê que seu robô começa a pifar.

- Essa não, meu precioso Marsipophoros Prometheus! - ele tentava mexer nos controles para ver se o robô reagia, sem sucesso. - Parece que não tenho escolha mesmo... Chegou a hora, Brio!

Ele apertou um botão e nisso a boca do tanque de combustível do lado de fora se abriu. Foi naquele momento que N. Brio surgiu em um planador, lançando uma poção química para dentro do tanque.

- Fi-Fi-Finalmente se deu conta de que não poderá vencer sem minha ge-genialidade, hihehehe!

Uma aura verde de radiação esfumaçou do robô, que começa a atrair restos dos maquinários a fim de construir novas armas que foram se acoplando em seu corpo e numa explosão de poder, causa grande destruição dentro do barracão, com Coco, Crash, que ainda estava lá, e N. Brio a se protegerem como podiam.

N. Gin então diz:

- Gostei, talvez o Doutor Cortex tivesse razão afinal quando disse que juntos seríamos invencíveis. É agora que vocês vão cair bandicoots, de uma vez por todas!

FIM DA CUTSCENE

 

Chefe 3 [Parte 2] - N. Gin

Dificuldade: 9/20

Barra de Vida: ---

- A batalha recomeça e caso morra, poderá continuar daqui, seu objetivo é destruir novamente os pontos vitais do robô, hackeando os sensores e chegando a um dos canhões para atirar contra eles;

- No entanto, apesar de serem menos pontos vitais, será mais difícil desta vez, a radiação do robô o protege de ser danificado pelas balas de canhão e a única maneira de danificá-lo agora é atirar na arma que ele for usar contra você. Por exemplo, se ele usar o disparador do peito mire e atire nesse local, pois ele estará baixando a guarda desse ponto;

- Dessa forma, para destruir o robô desta vez, você precisará usar do intervalo de tempo em que os sensores são religados até antes do Prometheus começar a atirar com todo seu arsenal, tornando impossível que os tiros de canhão cheguem até ele;

- Faça todo o processo quantas vezes forem necessárias até destruir os três pontos vitais que são: uma bazuca lançadora de mísseis no ombro direito, um laser poderosíssimo no peito e um lançador de bombas no alto da cabeça, acima da cabine onde N. Gin está;

- Após destruir N. Gin, comemore, pois nada mais justo depois de tanto sacrifício.

PODER ADQUIRIDO:

WUMPA WEAPON

Este poder dá uma arma para os dois personagens envolvidos na luta contra N. Gin: Crash e Coco. Crash ganha a Bazuca Wumpa, enquanto Coco ganha o Canhão Wumpa, o qual é uma espécie de canhão portátil rosa que se acopla ao seu braço, transfigurado de seu próprio laptop como se o mesmo fosse um Transformer.

O funcionamento das armas para ambos é o mesmo, segure L2 para parar de se movimentar e sacá-la, use o DIRECIONAL ou o ANALÓGICO ESQUERDO para controlar a mira e use BOLINHA ou R1 para disparar. Tanto a Bazuca Wumpa quanto o Canhão Wumpa usarão as wumpas que o jogador coletar como munição e diferente de Crash 3, essas armas não poderão ser usadas para pegar itens como wumpa fruits por exemplo, apenas destruir caixas e inimigos.

E se você voltar para enfrentar N. Gin novamente por diversão a partir daqui, poderá usar o Canhão Wumpa para atirar nos pontos vitais ao invés de usar os canhões do cenário, bastando coletar as caixas com wumpas que surgirem para ter munição, algo que torna a luta bem mais fácil do que originalmente.

 

VÍDEO 6

- Va-Vamos sair daqui, cabeça de lata! - disse N. Brio, antes de resgatá-lo da cabine e rumarem a um portal do VR Hub, momento em que o Marsipophoros Prometheus explode.

Atrás de alguns maquinários, Coco e Crash se protegeram e quando tudo cessou, ela saiu para olhar os restos da poderosa máquina que acabou de derrotar, digitando em seu laptop.

- Tenho que reconhecer que esse robô é bem poderoso, vou reaproveitar o projeto dele para fazer umas armas para a gente, o que acha? - seu irmão sorriu e finalizando o trabalho, ela fechou o laptop e disse. - Vamos Crash!

E então ambos voltam para o Warp Room.

 

NA NAVE DE CORTEX...

- Eu devia saber, são uns inúteis, falharam! - dizia Uka Uka, muito irado. - O que você me diz disso Cortex?!

Eis que para a surpresa da máscara, o cientista calmamente responde:

- Muito bom...

- O QUÊ?! ESTÁ ME DIZENDO QUE ESSES INCOMPETENTES FORAM BEM? - Uka Uka tinha ficado com ainda mais raiva fazendo tudo tremer dentro da nave.

- Acalme-se grande Uka Uka, eles quase conseguiram! Se não fosse a irmã de Crash, ele já estaria em mais de nove mil pedaços, foi apenas falta de sorte, você viu o quão poderoso o Marsipophoros Prometheus ficou quando N. Gin e N. Brio uniram seus conhecimentos, tenho certeza de que eles irão se precaver e Crash não terá a mesma sorte da próxima vez.

- Certo, vou dar a eles outra chance, mas se dessa vez Crash não for eliminado, irei castiga-los como merecem... Ninguém falha com o grande Uka Uka!

- Bem, eu já falhei um monte de vezes e ainda estou aqui, acho que isso significa que você me ama, não é? - fervendo de raiva por aquele comentário, Uka Uka disparou um raio de energia no traseiro do cientista. - Au!

- Isso responde a sua pergunta?!

- Sim senhor...

FIM DO VÍDEO 6

 

Ao voltar ao Warp Room, vá para o Warp Room 4 que acaba de ser debloqueado no menu flutuante da plataforma central.

 

Warp Room 4

O Warp Room 4 possui o design de um corredor de escritório, paredes brancas com alguns quadros nas paredes e vasos com plantas.

 

Fase 16 - Colosseum of the 100 Heads (Coliseu das 100 Cabeças)

1 Cristal (10 leões) / 1 Diamante (100 inimigos) / Relíquia

Tipo: Batalha

Personagem Jogável: Crunch Bandicoot

Aparência: Coliseu grego

Dificuldade: 7/20

Esta fase é de mais um minigame inédito na série, seu objetivo é fazer Crunch lutar como um gladiador contra os Lab Assistents gladiadores e leões. Para ganhar o Cristal, derrote os dez leões, o Cristal irá cair em sua frente para ser coletado e o portal de saída irá se abrir no centro da arena para você sair. Para ganhar o Gem, você necessita derrotar os noventa inimigos restantes além dos leões, totalizando cem inimigos. Seus controles são os mesmos das fases normais e o aprimorado soco no chão será muito útil para derrubar os adversários e impedir que eles cheguem perto de Crunch. Colete as caixas Aku Aku que surgirem para ter proteção extra e aguentar a batalha inteira. Durante o desafio da Relíquia concentre-se em achar e derrotar os leões o mais rápido possível para abrir o portal e ter um bom tempo, vai precisar de um pouco de sorte para conseguir a Platina.

Tempo das Relíquias:

Safira: 3:00:00

Ouro: 1:30:00

Platina: 0:45:00

 

Ao voltar ao Warp Room, aguente ouvir Cortex no holograma:

- Crash, Crash, Crash... Só porque N. Gin e N. Brio foram derrotados, não significa que acabou, o perigo está em todo o lugar... Por hora, me traga mais Cristais.

O holograma some.

 

Fase 17 - Champion of the Circuit (Campeão do Circuito)

1 Cristal / 1 Diamante (20 caixas) / Relíquia

Tipo: Corrida

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Circuito de Corrida

Dificuldade: 8/20

Esta é a primeira fase de corrida do Crash no jogo. Ele pega sua moto e sua jaqueta de couro e tem de correr uma corrida em um circuito com outras motos, pilotados pelos Lab Assistents. Ele é cheio de curvas e um tanto difícil, são três voltas ao redor do circuito e obviamente se ganha o Cristal chegando em primeiro.

CONTROLES DA MOTO:

X = acelerar

QUADRADO = frear

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:23:00

Ouro: 1:57:00

Platina: 1:38:00

 

Fase 18 - Parkour Show (Show de Parkour)

1 Cristal / 1 Diamante (30 caixas) / Relíquia

Tipo: Le parkour

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Cidade

Dificuldade: 8/20

Esta fase é bem ao estilo de parkour. Nesta fase você poderá descer corrimões e subir prédios pulando, utilizando os movimentos convencionais das fases normais junto de interações com o cenário exclusivas para essa fase. Você terá que apostar uma corrida, com um rival, que será o Fake Crash. Não será uma corrida fácil porque você ainda não ganhou os Speed Shoes, mas o Super Slide certamente será bem útil. A fase tem 1 Checkpoint para te ajudar. Antes dele tudo é simples, apenas pelas ruas da cidade saltando alguns obstáculos. Após ele, você terá que subir e pular pelo alto dos prédios, aproveite bem as caixas de ferro de pulo e também use de caixas normais. O giro helicóptero será um movimento dos deuses nessa área, se você souber executá-lo.

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:16:00

Ouro: 1:32:00

Platina: 1:00:00

 

Fase 19 - Crash Skywalker (Crash Andante do Céu)

1 Cristal / 1 Diamante (212 caixas) / 1 Diamante (requer o Diamante Verde) / Relíquia

Tipo: Normal + Paraquedismo

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Céu/nuvens

Dificuldade: 8/20

O nome dessa fase é uma referência ao personagem Luke Skywalker da série Star Wars. Esta é uma fase em que Crash caminha sobre as nuvens do céu. Cuidado para não cair, pois pequenas nuvens somem se você ficar muito tempo parado nelas. Esta fase é repleta de caixas, muitos NITROs e TNTs. A fase tem 5 Checkpoints, com o Bônus antes do primeiro. Após pegar o 5º Checkpoint tem uma surpresa: acabam-se as nuvens para você pisar e agora o que você faz? Apenas salte! Crash pegará um paraquedas. Dessa parte para frente será importante para pegar o segundo Diamante, pois durante a queda há alguns círculos verdes (esses círculos só serão visíveis se você tiver o Diamante Verde). Passe por todos eles para ganhar o Diamante, porém você terá que fazer escolhas, pois há caixas durante a queda, necessárias para pegar o primeiro Diamante. Apenas abra o paraquedas na hora que aparecer a mensagem na tela mandando você abrir ou pode atrapalhar a queda e te custar uma vida. Crash irá aterrissar numa área aberta de uma floresta, onde se encontra também o portal de saída.

CONTROLES DO PARAQUEDISMO:

DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO (CIMA) = mergulhar no ar (faz o personagem cair mais rápido)

DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO (DIREITA e ESQUERDA) = manobrar a queda.

DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO (BAIXO) = encolher-se (faz o personagem cair mais devagar)

QUADRADO = giro

QUADRADO + DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO (CIMA) = super mergulho (faz com que Crash dê um dash enquanto mergulha, use e abuse desse movimento no desafio da Relíquia)

BOLINHA = Abrir paraquedas (uma vez aberto, os únicos controles possíveis passam a ser o de manobrar a queda).

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:57:00

Ouro: 2:22:00

Platina: 1:50:00

 

Fase 20 - Hot Engine in the Cold (Motor Quente no Frio)

1 Diamante (114 caixas) / Relíquia

Tipo: Jet-ski

Personagem Jogável: Coco Bandicoot

Aparência: Mares gelados

Dificuldade: 8/20

Esta fase é uma das clássicas fases de jet-ski da Coco do Crash 3. Você pilotará pelos gelados mares árticos. Há NITROs, bombas e inimigos para lhe atrapalhar, cuide-se e fique atento com alguns submarinos que se elevam da água e atiram. Possui 3 Checkpoints ao todo.

CONTROLES DO JET-SKI:

DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO = manobrar jet-ski

X = acelerar

QUADRADO = frear

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:30:00

Ouro: 1:59:00

Platina: 1:17:00

 

Chefe 4 - N. Brio

Dificuldade: 9/20

Barra de Vida: ----

CUTSCENE

N. Gin e N. Brio estão no alto de um prédio enquanto está chovendo e relampejando, com o primeiro colando pequenos dispositivos no corpo do segundo, que pergunta:

- Afinal de contas, o qu-qu-que são essas co-coisas?

- São dispositivos que controlam a circulação e a absorção de nutrientes. - respondeu N. Gin. - Pelos meus cálculos, suas mutações ficarão mais fortes e você conseguirá manter a racionalidade.

- Isso parece bom, cabeça de lata, hehehehehe! Só espero que funcione, pois não estou afim de ser des-des-destruído pelo grande Uka Uka.

- Eu também não, Frankenstein anão. - Crash e Aku Aku aparecem através do portal. - Nosso alvo chegou, já sabe o que fazer.

- Deixa comigo, hihihehe!

N. Brio pega algumas porções e dá um passo a frente, eles estão prestes a lutar quando...

- Minha vez! Desculpa Crash, mas essa luta é minha, pois eu não lutei nenhuma vez ainda. - Caco havia saltado do portal e aterrissado diante em frente à máscara e o bandicoot, colocando-se em posição de combate a encarar os inimigos, antes de demonstrar seus golpes. - Preparem-se para sentir o poder dos meus combos! Huuuooia! Ha! Ora! Thah! Thah! Heia!

- É Crash, parece que todos estão roubando suas batalhas de chefe. - disse Aku Aku enquanto Crash estendia as mãos para os lados como se dissesse "Fazer o que, né?".

- Você não me assusta garoto, já prevíamos que pudéssemos ter um vi-visitante indesejado, justamente por isso que aceitei a ajuda do N. Gin para suportar uma dupla mutação, hihi, hihi, hihi! - disse N. Brio que logo em seguida toma duas porções de uma vez só, se transformando em um monstro tipo Frankenstein verde, só que a textura de sua pele havia se tornado como a de um sapo, bem como seu papo estufava em um coaxar. Na prática, era uma mistura do monstro que ele havia se tornado em Crash 1 com o que ele havia se tornado em Twinsanity, N. Gin se afasta e ativa os dispositivos para que ele pudesse controlar a mutação combinada e estando racional, continuou. - Sobrinho do Doutor Cortex, testemunhe meu grande poder! Gwaaaaaaaah!

Caco não se intimida, apenas dá um sorriso confiante de excitação, retomando mais uma vez a sua stance de lutador.

- Pode vir!

FIM DA CUSTCENE

- N. Brio se mostrará grande, flexível e rápido com essa mutação combinada;

- Mesmo havendo guarda-corpo, ele será danificado durante a batalha, então tome muito cuidado quando estiver perto das beiradas do topo do prédio para não cair;

- Como primeiro movimento, ele tentará te esmagar com os pés dando saltos imprevisíveis, pulando como uma gelatina, então corra para evitar ou ainda, use os movimentos de esquiva do modo de combate, mais difícil de fazer, porém, mais eficiente;

- Chegará uma hora em que ele irá escancarar a boca e disparar um jato branco venenoso que irá corroer até mesmo as partes do cenário em que tocar então, seja rápido e desvie;

- Neste momento ele ficará ofegante e parado por alguns segundos, então vá e comece a acertá-lo com combos;

- Quando ele estiver tonto (com os passarinhos rodando a cabeça), você será capaz de derrubá-lo, então faça uma deslizada que servirá de rasteira e enquanto ele estiver no chão, faça a esmagada em cima dele, diminuindo um bloco da vida dele;

- Quando ele estiver se levantando, liberará uma explosão tóxica, então fique longe para não ser acertado;

- Na segunda rodada, os ataques dele serão os mesmos da primeira, só que mais rápidos e difíceis de desviar, basta repetir o processo todo outra vez;

- Depois do segundo hit, ele mudará de estratégia e partirá para um ataque direto, te perseguindo a tentar te esmagar com os punhos, correndo e socando o chão;

- N. Brio será mais rápido que você, então tente usar o pulo duplo se necessário ou melhor ainda, os movimentos de esquiva do modo de combate;

- Vai chegar o momento em que ele irá disparar a rajada de veneno como das vezes anteriores, então basta repetir o processo, lembrando que ao se levantar ele fará a explosão de veneno como das outras vezes;

- Na rodada final, ele repetirá o que fez antes mais rápido, podendo também saltar para te esmagar como nas duas primeiras vezes de vez em quando, será difícil lidar com ele nessa parte;

- Esquive até ele abrir a guarda de novo e repita o processo das outras vezes, finalizando-o.

PODER ADQUIRIDO:

ROCKET JUMP

Outro poder vindo de Crash Bandicoot 2: N-Tranced e esse daqui é exclusivo do Crash e do Caco. Com este poder, os personagens poderão dar um salto vertical extremamente alto e com isso serem capazes de alcançar lugares bastante altos. Para usá-lo, basta agachar e enquanto estiver parado, saltar, mantendo segurado o botão de pulo, sendo possível descer com uma esmagada apertando BOLINHA no ápice do salto, movimento esse que no caso de Caco, torna sua esmaga tão forte quanto o Super Charged Body Slam exclusivo do Crash e o soco no chão aprimorado do Crunch.

Com essa esmagada é possível diminuir a barra de vida do N. Brio em até dois hits de uma vez no movimento final do processo para derrota-lo, caso volte a essa batalha de chefe para enfrenta-lo apenas por diversão.

 

VÍDEO 7

Surrado, N. Brio volta ao normal e imediatamente N. Gin se faz presente para carrega-lo, mas Caco se aproximava a estralar o punho na palma da outra mão, disposto a não deixa-los fugir, foi quando a nave de Cortex surgiu no céu e os abduziu, partindo dali rumo ao espaço em sequência.

- Que covardes, logo agora que eu estava me divertindo? - Caco começou a bater as mãos uma na outra, limpando a poeira. - Mas tudo bem, eu termino de surrá-los na próxima. - foi quando ele percebeu que a placa com inscrições antigas que estava guardando no bolso começou a brilhar sem motivo aparente, Caco a pegou para olhar enquanto Crash e Aku Aku se ajuntaram, também curiosos. - Estranho, parece até que essa coisa reagiu só da nave do meu tio se aproximar da gente, será que isso é mesmo uma receita de bolo?

- A essa altura, eu também tenho minhas dúvidas, Caco. - disse Aku Aku.

 

NA NAVE DE CORTEX...

- Aaaaaahh! O que houve para chegar ao ponto de me chamar para resgatá-los? - gritava e perguntava Cortex.

- Doutor Cortex, foi o seu sobrinho! - respondeu N. Brio. - Ele está mais forte do que antes!

- New? E pensar que eu já o considerei meu sobrinho predileto, agora é apenas a vergonha na família.

- Seu sobrinho predileto? - perguntou N. Gin.

- Desde pequeno, quando o coloquei na Academia do Mal, ele vivia batendo em todo mundo, achei que era por maldade e que era o valentão da escola. Eu tive tanto orgulho, mas fiquei com raiva quando descobri que ele batia em todos os alunos que tinham um plano malvado para dominar o mundo e defendia os bonzinhos, aquilo me partiu o coração, o que me obrigou mais tarde a usar o Evolvo-Ray nele para torná-lo mal e então houve todo aquele incidente dele ser preso na Décima Dimensão.

Foi então que Uka Uka entrou na sala:

- EU AVISEI QUE, SE FALHASSEM, IRIAM SOFRER!

- Mas, grande Uka Uka, nós... - disse N. Gin.

- Nada de mas! Vocês irão sentir minha ira, incompetentes!

Uka Uka manda um raio de energia neles e eles saem correndo da sala, a máscara os persegue e, no desespero, entram no compartimento de carga da nave. Na intenção de se salvar, N. Gin aperta um botão para fechar a porta, mas acaba também abrindo a outra, jogando eles mesmos no espaço.

 

Flutuando no vazio e já longe da nave, usando trajes espaciais que por sorte encontraram entre as coisas que estavam no compartimento de carga, N. Brio reclamou:

- Isso é tudo culpa sua, ca-cabeça de lata!

- Eu deveria era ter feito tudo sozinho ao invés de aceitar me unir a você, Frankenstein anão! - disse N. Gin.

- Cale a boca!

- Não, cale-se você!

Nisso N. Brio e N. Gin começam a brigar no espaço, criando uma nuvem de poeira de desenho animado.

 

Sozinhos do lado de dentro da nave, Cortex perguntou:

- E agora o que faremos, grande Uka Uka?

- Já chega de lacaios inúteis, iremos cuidar desse bandicoot pessoalmente e então será o fim desse mundo como todos o conhecem... MWAHAHAHAHAHAHAHAHA!

FIM DO VÍDEO 7

 

Ao voltar ao Warp Room, temos um holograma com Cortex e Uka Uka:

- Depois de um trabalho tão árduo e das nossas tentativas de destruí-lo, você persistiu e já coletou um total de vinte Cristais. Nada mal, só é uma pena que eles me pertencem e serão a fonte de energia do meu Omega Cannon, com o qual mudarei o curso da história da humanidade. - disse Cortex. - Quando conseguir os cinco que faltam, traga todos até aqui na sala de comando, eu a abrirei para você. Até logo... Crash...

O holograma se desliga.

 

Hora de seguir para o agora aberto Warp Room 5.

 

Warp Room 5

O design do Warp Room 5 remete a um templo das civilizações antigas da América Central, tal como os que vimos no vídeo inicial.

 

Fase 21 - Marked for Invasion (Marcado para Invasão)

1 Cristal / 1 Diamante (200 caixas) / 1 Diamante Amarelo (requer o Diamante Vermelho) / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Caco Human

Aparência: Plantação

Dificuldade: 9/20

Esta fase nada mais é que uma plantação onde naves alienígenas costumam pousar e está de noite. Tome cuidado com os aliens que apareceram no caminho (eles são parecidos com as formigas aliens de Twinsanity, porém usam pistolas de raios ao invés de espadas e são bem resistentes, os combos de Caco serão úteis aqui). Use o Rocket Jump para alcançar e destruir pequenos OVNIs que pairarem no ar para atirar em você. A fase tem 4 Checkpoints, um Bônus antes do segundo e a plataforma do Diamante Vermelho que serve para pegar o Diamante Amarelo (útil na Fase 11) depois do segundo, só que tem um detalhe: o Diamante Vermelho está na fase 24, ou seja, três fases depois dessa, ô complicação!

Área da plataforma do Diamante Vermelho:

Ao subir na plataforma, ao invés de você ser levado ao local de pegar o Diamante, você será abduzido por um grande OVNI e aparecerá em uma ampla sala. Então começa um minigame parecido com o da Fase 16, você terá que ir batendo e derrotar todos os aliens, avançando para as salas seguintes onde encontrará mais inimigos ao bom e velho estilo dos jogos de beat’em up. São um total de cinco áreas e há um Checkpoint de caixa de ferro na terceira. O Diamante Amarelo e o portal para sair da fase se encontram no final da última área.

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:39:00

Ouro: 2:10:00

Platina: 1:46:00

 

Fase 22 - The Orange Baron (O Barão Laranja)

1 Cristal / 1 Diamante (12 caixas) / Relíquia

Tipo: Guerra de aeroplanos

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Voo sobre um vale verde e montanhoso

Dificuldade: 9/20

Esta é mais uma fase de aviões, só que remete mais ao estilo clássico do que a outra. Você está em um avião semelhante ao que Crash usa em Crash 3 só que laranja e terá que destruir seis torres para ganhar o Cristal, procedimento padrão. Cuidado com os aviões dos Lab Assistents como de costume.

CONTROLES DO AVIÃO:

DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO = pilotar aeronave

X = metralhadora

QUADRADO = girar (barrel roll)

R1 e L1 = esquivar para os lados (barrel roll)

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:50:00

Ouro: 2:20:00

Platina: 1:30:00

 

Fase 23 - Chamber Zero (Câmara Zero)

1 Cristal / 1 Diamante (76 caixas) / Relíquia

Tipo: Jetpack

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Sala de estação espacial em gravidade zero

Dificuldade: 9/20

Esta fase é de jetpack ao estilo daquelas que jogamos no Crash Bandicoot 2 do PS1, não há muito que descrever a respeito dela, apenas desvie os obstáculos, avance derrotando os inimigos e quebrando as caixas enquanto ouve um remix do tema de Rock It e Pack Attack. Possui 2 Checkpoints.

CONTROLES DA JETPACK:

DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO = mover-se horizontalmente e lateralmente

X = ir para frente

BOLINHA = ir para trás

QUADRADO = giro

L2 = usar Bazuca Wumpa

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:44:00

Ouro: 2:28:00

Platina: 1:40:00

 

Fase 24 - The N. Sane Triathlon (O Triathlon Insano)

1 Cristal (termine em 1º todo o triathlon) / 1 Diamante (termine em 1º a fase de ciclismo) / 1 Diamante Vermelho (termine em 1º a fase de nado) / Relíquia

Tipo: Triathlon

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Praia/Selva/Ruínas

Dificuldade: 10/20

Pra quem não sabe, triathlon é uma competição de corrida onde atletas competem em três modalidades de competição, nado, ciclismo e corrida a pé em uma grande maratona e é disso que se trata esta fase. Você terá de vencer nove rivais que serão personagens que não tiveram espaço para uma luta de chefe ou para ajudar Crash e seus amigos. São eles: Ripper Roo, Koala Kong, Pinstripe, Komodo Moe, Komodo Joe, Rilla Roo, Papu Papu, Fake Crash e Hunter (da série Spyro the Dragon). A fase inicia-se na parte de nado na terceira ilha do arquipélago de North Sanity onde fica o castelo do Dr. Neo Cortex, a Cortex Island, e você terá de nadar até chegar à segunda ilha, Wumpa Island. Se chegar à segunda ilha em primeiro, você ganhará o Diamante Vermelho, se não chegar em primeiro, não ganha o Diamante, mas continua a correr normalmente. Assim que chegar verá que haverão algumas bicicletas na beira da praia, chegue perto da sua (a azul) para pegá-la automaticamente e cruzar entre a selva e as ruínas antigas, aproveite para abrir bastante vantagem nessa parte do triathlon. Ao cruzar toda a área, você chegará à praia do outro lado da ilha, onde haverá uma ponte de caixas de ferro coberta por um arco transparente que te levará para a primeira ilha, a N. Sanity Island. Se você chegar nessa área em primeiro, ganhará o Diamante Prata da fase. Crash descerá da bicicleta automaticamente aí, agora siga a pé pela ponte, os movimentos do Crash serão os habituais a partir daqui e após cruzá-la, corra mais um pouquinho pela praia até a linha de chegada em N. Sanity Beach e ganhará o Cristal se chegar em primeiro. Cuidado na parte de correr a pé, pois sem os Speed Shoes é um tanto difícil manter-se a frente contra alguns personagens se você não tiver construído vantagem na parte do ciclismo. Também nesta parte a pé, você pode usar o giro ou a deslizada para atrasá-los, mas cuidado, eles também tentarão te atrasar se puderem. Não há caixas ou possibilidade de perder vidas nessa fase, é só o triathlon.

CONTROLES DO NADO:

DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO = nadar

X (repetidamente) = nadar mais rápido

CONTROLES DA BICICLETA:

X (segurar) = pedalar

X (repetidamente) = pedalar mais rápido

QUADRADO = frear

BOLINHA ou R1 = saltar

Tempo das Relíquias:

Safira: 9:00:00

Ouro: 7:00:00

Platina: 5:30:00

 

Ao voltar ao Warp Room com o 24° Cristal, temos outro vídeo:

 

VÍDEO 8

Na sala dos Warp Rooms, Coco e Caco estavam argumentando entre si enquanto Crunch estava sentado no chão, observando-os.

- Está dizendo que meu laptop traduziu essa placa errado?

- Veja, essa coisa não parou de brilhar desde que voltei da luta contra aqueles dois, acho que não precisa ser um gênio para notar que algum poder mágico ela tem.

- Se quer saber minha opinião, eu estou com ele. - disse Crunch.

- Estão loucos, eu revisei e não há nenhum problema em meu software de tradução.

- Ué? Vai ver ele não conseguiu decifrar esses símbolos, assim como o Aku Aku não conseguiu e daí mostrou qualquer coisa no lugar da tradução. - disse Caco.

- Eu já disse que é impossível e isso nem faz sentido, não foi assim que eu o programei! - Coco colocou as mãos na cintura, irritada a encará-lo.

- Quer apostar o que, que, desta vez, você está errada?

- Se ficar provado que a tradução está errada, eu farei o bolo dessa placa pra você.

- Feito. - eles selaram o acordo entrelaçando seus dedos mindinhos. - Ouviu isso Crunch? Vamos ganhar um bolo, tomara que ele leve wumpas na receita!

- E que seja bem nutritivo.

- É isso aí grandão!

Eles tocaram os punhos em um bom e velho brofist.

FIM DO VÍDEO 8

 

Fase 25 - The Temple of Peace (O Templo da Paz)

1 Cristal / 1 Diamante (187 caixas) / 1 Diamante (requer Diamantes Azul, Verde, Roxo, Vermelho e Amarelo) / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Templo Maia

Dificuldade: 10/20

Esta fase tem o mesmo visual da fase tutorial, você terá que passar por um templo antigo da civilização Maia. Cuidado, ele é cheio de armadilhas e seus inimigos são complicados. Os mais resistentes são os tikis vivos (lembram os totens de Jungle Fox do Crash Bash) que necessitam três giros para serem derrotados. A fase tem 4 Checkpoints e o Bônus fica após o segundo. Antes do segundo Checkpoint terá a plataforma do Diamante Azul.

Área das plataformas dos Diamantes:

A primeira é a plataforma do Diamante Azul, que te levará a um corredor cheio de tikis. No fim do corredor tem a plataforma do Diamante Verde, que te levará para um corredor com plataformas que caem se ficar muito tempo parado nelas. Elas exigirão um pouco de suas habilidades, pois há espinhos mortais nas beiradas de algumas dessas plataformas. No fim, pegue a plataforma do Diamante Roxo, que te leva a uma área em side-scrolling um tanto complicada, há um puzzle a se resolver. No fim dela se encontra a plataforma do Diamante Vermelho que te leva há um local cheio de graxa, bem escorregadio e com muitos buracos, cuidado. No fim, há a última plataforma, a do Diamante Amarelo. Essa área exigirá agilidade, pois é escorregadia em algumas partes e tem armadilhas, sem falar que há um excesso de NITROs nessa área. No final está o Diamante e o portal para cair fora da fase. Esta área ao todo possui 2 Checkpoints de caixa de ferro.

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:20:00

Ouro: 1:56:00

Platina: 1:38:00

 

Ao voltar ao Warp Room, temos um holograma de Cortex e Uka Uka:

- Muito bem Crash, você conseguiu os vinte e cinco Cristais do qual eu precisava, bom trabalho! Esperava já ter te destruído a essa altura, mas você me foi útil afinal, como deveria ter sido desde que te criei. Traga-os para mim aqui na sala de comando, a porta já está aberta pra você. Estamos prestes a entrar para a história Crash, estarei esperando por você... - Cortex falava quando o holograma sofre uma interferência e começa a mostrar o mesmo vulto que apareceu no holograma de N. Gin e N. Brio, antes de desaparecer.

 

A batalha de chefe se encontra aberta e acessando-a através do portal designado, tem início o nono vídeo do jogo.

 

VÍDEO 9

Crash e Aku Aku chegam à sala de comando da nave, onde Cortex e Uka Uka os esperavam.

- Olá Crash, bem-vindo.

- Afinal de contas, o que vocês planejam desta vez? - questionou Aku Aku.

- Que bom que perguntou. - Cortex aperta o botão de um controle remoto, mostrando numa tela o projeto de um grande canhão e então continua falando. - Esse é o Omega Cannon do qual falei, um canhão de prótons extremamente poderoso que desenvolvi. Com ele, pretendo destruir o Sol e então todos tremerão diante do nosso...

- MEU poder! - exclamou Uka Uka, interrompendo-o.

Ao ouvir aquilo, Aku Aku relembra a visão que teve e diz:

- Vocês não podem fazer isso! Se fizerem, irão desalinhar a órbita dos planetas, a Terra começará a vagar sem rumo pelo espaço e será esmagada pela colisão com outros corpos celestes, não sobrará nada para vocês dominarem, será o fim do mundo!

- Nós sabemos disso e aí entra a segunda parte do meu plano perfeito. - Cortex usa o controle remoto novamente, mostrando o projeto de uma estrela. - Esta nave espacial foi construída para conter a explosão e se posicionar no lugar do Sol quando ele for destruído, absorvendo o campo gravitacional dele para si e assim mantendo os planetas no lugar, só que isso não é o mais interessante, o mais interessante é que no coração dela se encontra o que chamo de Semente Solar, o projeto de criação de um Sol artificial no qual trabalhei desde a última vez em que fomos derrotados. Ao meu comando, farei essa semente germinar, implodindo a nave a dar origem a um novo Sol!

- Em outras palavras, colocaremos o mundo na escuridão e se todos quiserem ter um Sol de volta para continuarem vivendo, não terão outra escolha se não se submeterem a mim como meus escravos! - completou Uka Uka. - MWAHAHAHAHAHAHA!

- É aí que você entra Crash, pois para concluir tudo isso, necessito dos Cristais que você coletou para servirem de fonte de energia, então os entregue para mim.

Crash olha para Aku Aku e este responde:

- Ainda não tenho certeza se isso é ou não o grande caos que vi, mas o que querem fazer é perigoso, não vamos entregar nenhum Cristal a vocês!

Uka Uka então diz:

- Sabia que diria isso, irmão estúpido... Cortex?

Cortex aperta o botão outra vez, mostrando na tela a imagem da câmera que havia na sala de Warp Room, onde Caco, Crunch e Coco estavam e em seguida aperta outro botão para encolher a sala e esmagá-los. Coco digitava linhas de código em seu laptop e Cortex percebe que a sala não encolhia, ele tenta de novo e de novo uma porção de vezes insanamente como um personagem de desenho animado.

- Vamos, por que esse negócio não funciona?

- Coco hackeou o sistema da nave, agora você não pode mais esmagar ninguém, temos o controle do VR Hub de volta e o mais importante: temos os Cristais. - respondeu Aku Aku. - Quem diria, Crash? Confesso que não pensava que você fosse tão inteligente, seu plano funcionou!

- Yahoo! - o bandicoot exclamou a sorrir.

- Mas... - Cortex estava incrédulo, olhando na tela outra vez para ver Crunch largar a parede, a qual estava segurando com medo que não desse certo, Coco comemorando e Caco fazendo caretas e gestos provocativos para a câmera.

Furioso, Uka Uka gritou:

- Grrrrrrr! Cortex, vamos acabar com esses dois e pegar os Cristais à força, AGORA!

FIM DO VÍDEO 9

Chefe 5 - Dr. Neo Cortex (1)

Dificuldade: 10/20

Barra de vida: ---

- Você lutará contra Cortex na sala de comando da Solar Seed Spaceship, a qual é bem espaçosa;

- Cortex pegará seu planador e começará a atirar do ar com a pistola de raios, várias vezes;

- Aku Aku e Uka Uka estarão se enfrentando com bolas de energia, o segundo a tentar te acertar e o primeiro a tentar interceptar o irmão;

- Desvie dos ataques em meio ao fogo cruzado e dos tiros de Cortex até o cientista aterrissar com o planador, ficando a poucos centímetros do chão;

- Neste momento ele apontará a pistola de raios para o chão a fim de criar uma onda de raios que percorrerá todo o solo da sala e depois as paredes, então seja rápido e acerte um golpe nele antes que o faça, pois se o fizer, apenas um Rocket Jump no tempo certo conseguirá evitar que Crash seja atingido;

- Voltando a flutuar de planador, Cortex criará um canhão abaixo dele e começará a disparar mísseis teleguiados na segunda rodada enquanto Aku Aku e Uka Uka brigarão fazendo um tornado que ficará circulando a sala até que Aku Aku consiga desfazê-lo;

- Use o tornado das máscaras para destruir os mísseis se necessário ou os faça colidir uns com os outros, espere Cortex aterrissar com o planador e antes que ele crie a onda de raio, acerte-o o mais rápido possível, pois o doutor será mais rápido em carregar o tiro desta vez;

- Por fim, Cortex atirará com a pistola de raios novamente e ao mesmo tempo, os mísseis teleguiados pelo planador enquanto Aku Aku e Uka Uka farão uma disputa de energia como em Crash 3, mas mantendo-se parados à esquerda e à direita da tela respectivamente;

- Será complicado, corra para desviar dos tiros, salte as rajadas de energia das máscaras e fuja dos mísseis tentando fazê-los colidir uns com os outros e fique atento também com a explosão que se dará no centro da sala ao final da disputa de poderes.

- Após evitar tudo, acerte Cortex de novo quando ele aterrissar e seja muito, mas muito rápido, pois desta vez ele disparará a onda de raios quase que instantaneamente;

- Golpeando Cortex pela terceira vez é missão cumprida, então diga adeus a ele (por enquanto).

PODER ADQUIRIDO:

PROTECTIVE SOUL

Poder inédito na franquia e esse em específico é para o Aku Aku. Garante que o jogador esteja equipado com uma máscara Aku Aku normal ao iniciar uma fase (caso inicie sem nenhuma) ou ao personagem reaparecer no Checkpoint após perder uma vida. Funciona em qualquer fase de qualquer um dos personagens jogáveis em que haja a possibilidade de invocar o Aku Aku.

 

VÍDEO 10

Cortex e Uka Uka tinham apanhado bastante, levando o cientista a resmungar:

- Eu sabia que isso ia acontecer... Oh, minha cabeça...

- E tudo por culpa sua, Cortex!

Uka Uka começa a lançar raios no traseiro de Cortex, perseguindo-o rumo à saída da sala de comando.

- Crash, nós vencemos, mas ainda não acabou. - disse Aku Aku. - Ainda restam as Gemas que também podem ser usadas como fonte de energia para os planos de Uka Uka e do Doutor Cortex. Precisamos pegá-los antes que eles o façam.

Crash faz um sinal de "Sim" com a cabeça, antes deixarem a sala através do portal. E é com a visão da sala vazia que os créditos começam a passar.

FIM DO VÍDEO 10

 

"Por que ele colocou como poder esse Protective Soul ao invés dos Speed Shoes para correr mais rápido e ter a chance de ganhar as Relíquias de Platina?"

Calma, você ainda vai ganhar os Speed Shoes, só que ainda não é o momento e você vai entender o porquê depois. Agora você voltará ao Warp Room a fim de revisitar as fases e coletar o que falta, mas recomendo que não entre nas fases para ganhar Relíquias, pois na maioria delas será praticamente impossível conseguir a Platina sem os Speed Shoes e em algumas, até mesmo as de Ouro serão difíceis, então as ignore por enquanto (a menos que queira jogar de novo mais tarde). Ao invés disso, entre nas fases e foque em ganhar todos os Diamantes nos Warp Rooms 1, 2, 3, 4 e 5 que faltam e ao coletar todos, será desbloqueado o Warp Room Secreto com as fases 26, 27, 28, 29 e 30, então vá e consiga também os Diamantes desse Warp Room.

 

Warp Room Secreto

O Warp Room Secreto é diferente dos demais, pois a plataforma que fica no centro não irá transformar o Warp Room e sim se elevar para o andar de cima, levando Crash para o interior de uma cúpula de vidro com a visão da Terra e do espaço. Os portais ao estilo do mecanismo do VR Hub estarão ali para você acessar as fases.

 

Fase 26 - Hack'n Hack Again (Hackeie e Hackeie de Novo)

1 Diamante (123 caixas) / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Coco Bandicoot

Aparência: Base militar

Dificuldade: 10/20

O nome desta fase é um trocadilho com o gênero de jogo hack'n slash, o qual ironicamente não tem nada a ver com o estilo de jogabilidade das fases da Coco. Seu objetivo aqui é aventurar-se numa base militar, quebrando sistemas de segurança, abrindo portas, ativando e desativando plataformas para poder avançar. É uma fase bem complexa, principalmente no desafio de Relíquia, as habilidades de hacking da Coco serão requeridas na maior parte da fase. Há obviamente inimigos como Lab Assistents vestidos como militares e máquinas protegendo o lugar, alguns deles você terá mais eficiência utilizando-se do Canhão Wumpa. Possui 4 Checkpoints e o Bônus é ainda antes do primeiro, bem próximo ao início da fase.

Tempo das Relíquias:

Safira: 4:00:00

Ouro: 3:35:00

Platina: 2:20:00

 

Fase 27 - Bear Return (Retorno do Urso)

1 Diamante (90 caixas) / 1 Diamante (0 caixas) / Relíquia

Tipo: Montaria de urso

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Neve

Dificuldade: 9/20

Nesta fase Crash monta em Polar como em Crash 2, só tem uma coisa que muda: a animação. Antes de montar em Polar, Crash coça a cabeça, receoso de que se montar nele, ele acabe se revoltando como fez em Twinsanity, mas Polar suspira e faz um sinal com a cabeça chamando-o para montá-lo, Crash estende as mãos para os lados e levanta os ombros olhando para a câmera, como se dissesse "Tudo bem então..." e em seguida salta sobre o lombo de Polar.

Agora passe pelos obstáculos e inimigos que encontrar pelo caminho, tomando cuidado com as seções escorregadias. Um Diamante é ganho se você pegar todas as caixas e o outro Diamante só pode ser ganho se você não pegar nenhuma caixa, ou seja, você terá de jogar esta fase três vezes (contando a vez da Relíquia).

CONTROLES DO POLAR:

DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO = manobrar

X = salto

BOLINHA ou QUADRADO = investida (é possível derrotar inimigos e quebrar certos obstáculos com ela neste jogo)

Tempo das Relíquias:

Safira: 1:55:00

Ouro: 1:36:00

Platina: 0:58:00

 

Fase 28 - Mountain Traveller (Viajante da Montanha)

1 Diamante (101 caixas) / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Crunch Bandicoot

Aparência: Montanha

Dificuldade: 8/20

Nesta fase você joga com Crunch e tem que seguir o caminho linear da fase até chegar ao topo da montanha. Ela segue o estilo padrão das fases do Crunch, com bastante interação no cenário, mas tome muito cuidado com o que interage, pois uma pedra movida do lugar errado pode causar um deslizamento, então avance com cautela. Possui apenas 2 Checkpoints e há um Bônus quase ao final da fase, o qual possui poucas caixas e foca mais na resolução de puzzles utilizando as habilidades destrutivas do personagem.

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:10:00

Ouro: 1:40:00

Platina: 1:10:00

 

Fase 29 - The Lord of the Rings (O Senhor dos Anéis)

1 Diamante / 1 Diamante (46 caixas) / Relíquia

Tipo: Corrida de aeroplanos

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Voo sobre floresta

Dificuldade: 10/20

O nome desta fase é uma referência à série de novels e filmes intitulada de "O Senhor dos Anéis". Esta fase é de corrida de aviões em que você passa pelos anéis gigantes como a fase Rings of Power do Crash 3 e corre contra três Lab Assistents. Lembre-se de girar quando passar pelos anéis para ganhar velocidade.

CONTROLES DO AVIÃO:

DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO = pilotar aeronave

X = metralhadora

QUADRADO = girar (barrel roll)

R1 e L1 = esquivar para os lados (barrel roll)

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:50:00

Ouro: 2:20:00

Platina: 1:49:00

 

Fase 30 - God of Fist (Deus do Punho)

1 Diamante (138 caixas) / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Caco Human

Aparência: Ruínas gregas

Dificuldade: 10/20

Mais uma fase para o Caco, com muito beat’em up contra os Lab Assistents e demais inimigos, tanto seu nome como sua temática são um tributo à série de jogos "God of War". O Rocket Jump será essencial para subir rumo a áreas mais altas e há várias áreas em que você precisará derrubar todos os inimigos antes de avançar. A fase conta com 4 Checkpoints e possui um Bônus pouco antes do terceiro, no qual se encontra um terço de todas as caixas da fase.

Tempo das Relíquias:

Safira: 3:30:00

Ouro: 2:58:00

Platina: 2:02:00

 

Agora que você ganhou todos os Diamantes, todas as fases estarão fechadas, com exceção da batalha de chefe contra Cortex, então volte ao Warp Room 5 para o segundo round contra ele.

 

VÍDEO 11

O portal levava à sala de comando da nave e desta vez todos os heróis vão até lá. Caco entra na frente e analisa o lugar olhando para os lados como um espião, depois olha para trás e fala, chamando os outros:

- Está limpo.

- Caco, para de palhaçada. - disse Coco, não dando a mínima ao passar por ele.

- Não é palhaçada! - respondeu Caco, coçando a cabeça. - Nós estamos prestes a salvar o mundo e estamos em território hostil, eu tenho que entrar no clima do ato final!

- Tomara que agora possamos acabar com esse perigo de caos de uma vez por todas e voltar para casa. - comentou Crunch. - Assim, o Aku Aku fica mais tranquilo também.

A máscara estava pensativa, pois algo ainda lhe dizia que o plano perfeito de Cortex e Uka Uka não era o grande caos daquela visão. Coco enquanto isso percebe que a nave não estava mais em órbita ao olhar pela janela, estava na verdade a poucos metros do chão e então um alçapão se abriu abaixo de onde eles estavam, derrubando-os para fora da nave. O único que não caiu foi Aku Aku, já que ele flutua, e graças a isso, se moveu a tempo de usar sua magia e amortecer a queda deles, sendo o primeiro a ter o vislumbre do novo cenário onde se encontravam.

- Oh não! - Aku Aku viu que estavam novamente nas ruínas dos povos antigos da América Central onde tudo havia começado, era um pátio em céu aberto onde Cortex e Uka Uka os esperavam com o Omega Cannon pronto, montado sobre um resto de parede quebrada e mirado para o Sol.

- Irmão, Crash Bandicoot... - Uka Uka começou a falar enquanto Crash e Aku Aku davam passos à frente. - Vocês podem ter ficado com os Cristais e também com as Gemas, mas nós os derrotaremos desta vez e tomaremos tudo para dar prosseguimento ao nosso plano, faremos com que a previsão se torne real!

- Previsão? - questionou Aku Aku.

- O calendário de um dos povos antigos dessa região terminará em breve e muitos teorizam isso como o fim do mundo, uma grande bobagem. - explicou Cortex. - Nós porém faremos isso se tornar real, o mundo não acabará, mas nunca mais será mais o mesmo depois que este canhão for disparado e desta vez, você não vai me impedir, Crash Bandicoot!

A cena então mostra os outros ali atrás:

- Pega ele Crash! - gritou Caco.

- Nós não deixaremos vocês seguirem adiante com esse plano! - disse Aku Aku.

- Eiihi! - gritou Crash, como se exclamasse em concordância.

A cena então mostra Caco e os outros de novo:

- C-R-A-S-H Crash! Manda Cortex pro lixo! - com pompons nas mãos saídos sabe-se lá de onde, Caco executava movimentos como um líder de torcida enquanto Coco e Crunch apenas balançavam a cabeça ao assistir aquela cena ridícula.

- Cortex, desta vez tudo de si! - gritou Uka Uka. - Assim não irão nos derrotar e o mundo então conhecerá a era de terror do grande Uka Uka!

FIM DO VÍDEO 11

 

Chefe 5 - Dr. Neo Cortex (2)

Dificuldade: 10/20

Barra de vida: ---

- Agora temos outra batalha de chefe entre Crash e Aku Aku vs. Cortex e Uka Uka;

- Você lutará nesse pátio aberto do templo;

- A luta funciona exatamente como na primeira vez, só o cenário que é diferente, então siga o procedimento de quando os venceu anteriormente e feito, batalha vencida e hora de curtir o final do jogo... Ou será que não?

 

VÍDEO 12

Cortex e Uka Uka tinham apanhado bastante (outra vez), levando o cientista a resmungar:

- Derrotado de novo! Crash, você é a maldição da minha vida...

- Finalmente acabou. - disse Coco.

- Gwahahahaha! - uma voz horripilante ecoou pelos céus. - Engana-se, está apenas começando!

- Uou! - Crash assustou-se, bem como os demais, momento em que azul do céu tempestuou em nuvens escuras.

Aku Aku não teve dúvidas desta vez:

- É isso, foi exatamente isso o que eu vi... O grande caos!

Um raio caiu sobre o Omega Cannon, explodindo-o em mil pedaços para o desespero do cientista.

- Meu Omega Cannon! - Cortex exclamou, levando as mãos à cabeça.

- O que está acontecendo aqui? - Caco questionou-se, momento em que retirou a placa que guardava em seu bolso, ela agora brilhava intensamente, muito mais do que antes a ponto de quase cegá-lo.

Eis que então um novo ser se fez presente a pairar abaixo das nuvens, cujo vulto já havia surgido em interferências durante os hologramas nos Warp Rooms. Era um homem alto de pele azulada, barba e armadura metálica, com um símbolo de um olho entalhado no peito, o qual parecia uma variante da representação de um olho na simbologia da civilização Maia. No alto de seu turbante havia um arco, seu sobretudo descia até as canelas e em suas costas uma grande capa balançava ao vento.

Fate Tropy

- N. Tropy? - perguntou Cortex.

- Não, se parece com ele, mas esse sujeito não é o N. Tropy. - disse Uka Uka.

- Tolos mortais, o dia do juízo final chegou!

- Quem é você, esquisito? - perguntou Crunch.

- Os povos antigos me chamavam de "Fate", mestre dos acontecimentos, pois tenho o poder de controlar o destino. É chegado o momento, o último dia do calendário previsto, a humanidade de fato tornou-se uma maldição para o mundo e deve ser exterminada por meio de um Apocalipse, o qual eu executarei!

- Ããah... E como pensa em fazer algo tão grande? - perguntou Cortex. - Se não tivesse destruído meu Omega Cannon, você até poderia...

- CALE-SE, TOLO MORTAL DE CABEÇA GRANDE! - aquele gritou deixou Cortex branco (literalmente) de medo. - Você é justamente um dos maiores responsáveis pelo que está acontecendo!

- E-Eu? Ma-Mas o que é que eu fiz?

- Sua tentativa de brincar de deus com suas experiências foi estopim final para que eu despertasse e a profecia se cumprisse. Por acaso nunca fez as contas dos seus conflitos constantes contra esse bandicoot nos últimos anos? De quantas vezes a harmonia do mundo foi abalada por sua causa? Mesmo derrotado todas as vezes, você e sua máscara ainda persistem em continuar num círculo vicioso, violando cada vez mais a natureza, o tempo e as dimensões, sua mera existência é a prova viva de que a humanidade está fadada a arruinar toda a criação!

- Espera aí ô Fate Tropy. - Caco manifestou-se, nomeando-o por ele mesmo. - A gente sabe que o meu tio é maluco, mas meu amigo Crash sempre dá conta de deter os planos dele, então acho que não precisa exagerar.

- Para começar, vocês sequer precisariam impedi-lo se ele não tivesse criado vocês, é por isso todos serão exterminados, sem exceção. - o indivíduo levantou as mãos para o céu. - A humanidade precisa recomeçar do zero para que seja purificada de seus pecados!

Ele ergueu as mãos e as nuvens se abriram, dando vislumbre a uma estrela cadente, era inacreditável, aquele indivíduo tinha acabando de invocar um meteoro que rumava em direção a eles.

- Fala sério... - disse Caco, incrédulo.

- Temos que sair daqui! - exclamou Coco.

- É tarde demais para isso, mortais!

- Nós vamos morrer! - Cortex gritou em desespero.

O impacto daquele meteorito seria suficiente para arrasar aquelas ruínas, mas olhando o diâmetro, Crunch viu que não era tão grande e tomou coragem para fazer o impensável depois de ajustar sua mão mecânica: se posicionar adiante de todos para segurá-lo a fim de conter o impacto com o seu corpo robusto, obtendo êxito num primeiro momento com os pés a afundar sobre o piso de pedras.

- Força Crunch... Você consegue! Huuuumm... - Crunch murmurava, fazendo um esforço descomunal enquanto sua mão mecânica soltava faíscas.

- Incrível... - Cortex falou enquanto abismado. - Eu sabia que a força dele era inacreditável!

- Tolo, só está adiando o inevitável. - aquele indivíduo usou mais poder para fazer com que o meteoro pressionasse com mais força e inflamasse em chamas mais do que já estava, as quais estavam engolindo o bandicoot marrom que já não suportava mais.

- Oh não, Crunch! - gritou Coco.

- Aguenta aí grandão! - Caco guardou a placa de pedra e correu para debaixo do meteoro, se posicionando ao lado de Crunch e canalizando toda a força em seu ombro para ajuda-lo. - Gwaaaaaaah! - ele olhou para trás. - Não vamos aguentar por muito tempo, fujam depressa!

- Mas New, digo, Caco... - Cortex argumentou quando Caco o interrompe.

- Tio, vá antes que seja tarde!

Sem escolha, Cortex segue Crash e Coco para longe dali, mas Aku Aku e Uka Uka ficam parados, sem saber o que fazer.

- O que faremos irmão, algum plano? - perguntou Uka Uka.

 

E é nessa hora que você, o jogador, entra na história, aparecerá um menu com duas possíveis respostas de Aku Aku:

A - Run away with Crash, Coco and Cortex

B - Stay and help Caco and Crunch

Pense bem em qual opção irá escolher, pois este elemento de RPG que acaba de surgir não só decidirá o final do vídeo como também as próximas fases e os personagens jogáveis nelas. Irei colocar o que acontecerá com cada escolha separadamente e por enquanto, vamos ver o que acontece com a escolha da primeira opção.

 

A - RUN AWAY WITH CRASH, COCO AND CORTEX (FUGIR COM CRASH, COCO E CORTEX)

Aku Aku responde:

- Não podemos deixar que o sacrifício deles seja em vão, precisamos proteger Crash, Coco e o Doutor Cortex!

E então as máscaras também se afastam do templo, deixando Caco e Crunch ali e quando todos já estavam longe, veio o impacto que devastou tudo em uma grande ventania, com o farfalhar das chamas a se levantar como numa explosão.

- O meu querido sobrinho, mesmo depois de tudo o que eu fiz, ele... - Cortex estava em choque, quando olhou para Crash e continuou. - Isso tudo é culpa sua! Por que você o chamou para ajudar a me impedir de dominar o mundo?! Por quê?! Por quê?!

Ele se ajoelhou a chorar diante de seu arqui-inimigo, o qual também estava muito triste e sentindo pena do cientista, tentou consolá-lo dando tapinhas no alto da cabeça dele, algo que fez Cortex parar de chorar e ficar carrancudo.

- Foram o Crunch e ele que decidiram se sacrificar por nós, Crash não teve culpa, o culpado de tudo é esse tal de Fate. - disse Coco com uma voz tristonha.

- Tem razão! - Cortex se colocou em pé. - Vou me vingar desse desgraçado pelo que obrigou meu sobrinho a fazer!

- Achei que não gostava do Caco... - disse Uka Uka.

- Está enganado, eu o estimava e ainda tinha esperanças dele se livrar da influência desse bandicoot infernal para se tornar mau algum dia.

- Doutor Cortex, Uka Uka, precisamos de sua ajuda. - Aku Aku começou a falar. - Certamente Fate iniciará o Apocalipse em breve e não sabemos como ele irá fazer isso, o destino da Terra depende de todos nós e portanto, não é hora de sermos inimigos.

- Me unir a esse bandicoot de novo? - emburrado, Cortex cruzou os braços. - Nunca, nem mesmo para vingar meu sobrinho!

- Você pôde presenciar o que ele foi capaz de fazer, é um homem inteligente e sabe que não conseguirá fazer isso sozinho, você precisa de nós!

Moralmente encurralado, Cortex não teve escolha e falou, antes de dar um aperto de mão em Crash:

- Argh... Está bem, farei esse sacrifício.

- Certo irmão, estamos em trégua por enquanto. - disse Uka Uka. - Ninguém tem o direito de ameaçar acabar com a humanidade desse planeta miserável a não ser eu, o grande Uka Uka!

Nessa hora, se ouviu a voz horripilante do indivíduo a quem Caco chamou de Fate Tropy ecoar no ar:

"Seus amigos serão meus cavaleiros e em breve a humanidade sofrerá pelo que está fazendo... Mwahahahaha!"

As nuvens escuras se vão a dar vislumbre ao céu azul novamente e então todos voltam às ruínas do templo a fim de procurar vestígios de Caco e/ou Crunch.

FIM DO VÍDEO 12 (A)

 

Após este vídeo, temos outro antes de irmos para as próximas fases.

 

VÍDEO 13 (A)

Crash e os outros estavam de volta ao templo, agora todo desmoronado na cratera que se formou pelo impacto do meteorito e parecia que Caco e Crunch tinham sido vaporizados, pois não havia vestígio algum deles. Em meio aos destroços, Coco encontra uma estranha orb rosada com anéis contendo inscrições estranhas semelhantes às da placa que Crash havia encontrado anteriormente:

Power Orb

- O que é isso? - ela se perguntou, chamando a atenção de Cortex que, ao ver aquele objeto, o tirou das mãos dela com os olhos arregalados.

- Não pode ser! Achava que elas fossem uma lenda!

- Do que está falando? - questionou Uka Uka.

- Isto é uma Power Orb, elas realmente existem! O poder que elas possuem é extraordinário, o poder necessário para vencer aquele sujeito se o usarmos corretamente!

- Espere um instante, o que são essas Power Orbs? - questionou Coco enquanto Crash coçava a cabeça, também confuso.

- São artefatos antigos muito poderosos. - respondeu Cortex. - Reza a lenda que cada Power Orb possui o poder de cem Cristais do Poder!

- Tudo isso?

- Talvez seja exagero, mas elas realmente são poderosas, já que a lenda também diz que foi condensando vários Cristais do Poder em um único objeto que os povos antigos as criaram.

- Hmpf... Eu acreditava que elas haviam sumido há muito tempo. - comentou Uka Uka.

- Já ouvi falar delas também. - disse Aku Aku. - Se elas realmente podem nos ajudar, temos que localizar as demais Power Orbs antes que seja tarde.

- Mas precisamos de transporte para procurar e o único era a nave do Cortex, a qual também ficou danificada pelo meteorito. - disse Coco que apontou com o dedo para a Solar Seed Spaceship danificada de Cortex, enterrada entre os destroços. - Eu também não consigo acessar o VR Hub remotamente sem o sistema da nave, já que não tive tempo de desvinculá-lo dela antes de virmos para cá.

- Calma bandicoot, veja o que a Power Orb pode fazer. - disse Cortex. - Grande Uka Uka, Aku Aku, preciso que canalizem seu poder nesta Power Orb. - as máscaras fazem o que o cientista pede e nisso a Power Orb começa a brilhar. - Com um pouco de poder mágico, uma única Power Orb pode se tornar mestre das outras e assim localizá-las.

E a Power Orb, em um poderoso feixe de luz, reconstrói todo templo de uma forma diferente do que era antes, criando uma grande área quadrada onde o grupo se encontrava ao centro. Do lado direito havia duas salas e no esquerdo mais outras duas, as quais serão os Warp Rooms 6, 7, 8 e 9 respectivamente, cada um deles com três portais mágicos onde as demais Power Orbs se encontravam. Atrás deles estava a janela de Load/Save e a frente havia uma larga elevação em escada que levava ao Warp Room 10, este com cinco portais.

- Que demais, agora podemos coletar todas as demais Power Orbs! - disse Coco, animada.

- Temos que fazer isso depressa, Fate já deve ter iniciado a destruição a essa altura e as Power Orbs devem estar em lugares de difícil acesso, temos que estar prontos para tudo. - disse Aku Aku.

Crash puxa a mão para baixo, fechando-a em sinal de que estava determinado.

FIM DO VÍDEO 13 (A)

 

A partir daqui, Caco e Crunch deixam o plantel de personagens jogáveis neste postgame estendido em razão da história, mas em compensação, Cortex se une a Crash e Coco, fazendo com que apenas os três sejam jogáveis por enquanto. Ele é protegido por Uka Uka, o qual atua exatamente como o Aku Aku, inclusive tendo acesso ao poder da Protective Soul.

 

Estes são os movimentos do Dr. Neo Cortex como herança de Crash Twinsanity, sem grandes alterações:

X = pulo

QUADRADO = atirar

BOLINHA = agachar

BOLINHA (segurar) + DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO = arrastar-se deitado

Correr (DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO) + BOLINHA = deslizar de cabeça (mais longa que a deslizada normal do Crash, mas com tempo de recuperação mais lento)

TRIÂNGULO = selecionar projétil (para usar a pistola de raios, será necessário coletar munições de caixas de munição, disponíveis exclusivamente nas fases com Cortex, as quais aqui estão em número limitado e contam na contagem de caixas quebradas da fase. Diferente de Twinsanity, as munições variam de acordo com a fase, havendo mais de um tipo de tiro, então use então este botão para selecionar o modo de operação da pistola de raios, caso possua munição para mais de um tipo de tiro. É possível levar munição coletada para o Warp Room, podendo ser usada em outra fase mais tarde, ainda que tal fase não possua munição para aquele tipo de projétil específico)

Pulo + BOLINHA ou R1 = tiro no chão (cria uma onda de energia ou explosão no solo com efeito destrutivo semelhante às esmagadas dos outros personagens, causando efeitos secundários dependendo do tipo de projétil equipado)

L1 e R1 = mover-se lateralmente

L2 = mira manual

 

Os Warp Rooms agora têm o design padrão do templo onde os personagens se encontram e estarão abertos todos os Warp Rooms, mas suas fases obviamente estarão fechadas (com exceção das do Warp Room 6) e só serão abertas na medida em que as fases anteriores vão sendo completadas. Cada Warp Room do 6 ao 9 possui três fases, enquanto que o 10 possui cinco, todas mais curtas em relação às anteriores de forma geral, só que com dificuldade acima de 10, se passando em meio ao caos do início do Apocalipse. Coletando todas Power Orbs de um Warp Room, o portal para o chefe se abre no chão do centro do templo e depois de derrotá-lo, as fases do Warp Room seguinte aparecem.

Assim como na área da nave de Cortex, há Diamantes coloridos, três no total e são de cores novas: Laranja, Marrom e Preto. Como as cores dos Diamantes Verde, Azul, Roxo, Amarelo e Vermelho sempre foram uma referência as cores do Aku Aku, o Laranja, o Marrom e o Preto são uma referência às cores do Uka Uka.

 

Warp Room 6A

 

Fase 31A - Burning in Flames (Queimando em Chamas)

1 Power Orb / 1 Diamante (97 caixas) / 1 Diamante Laranja (requer o Diamante Marrom) / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Floresta em caos

Dificuldade: 12/20

Esta fase lembra muito a World in Chaos do Crash Bandicoot: Survival!, é o começo do fim do mundo. Passe pela selva em chamas e cuidado com as armadilhas e buracos largos, fase relativamente simples, mas difícil. Possui 2 Checkpoints, com a plataforma do Diamante Marrom e o Bônus após o segundo.

Área da plataforma do Diamante Marrom:

Essa Death Route é muito de sobrevivência, árvores em chamas tombarão constantemente no caminho que você passar, então tome bastante cuidado ao se movimentar. Pegue as caixas da área, a Gema Laranja e pegue a plataforma de volta a fase.

Tempo das Relíquias:

Safira: 1:49:00

Ouro: 1:28:00

Platina: 1:00:00

 

Fase 32A - Ruined City (Cidade Arruinada)

1 Power Orb / 1 Diamante (108 caixas) / 1 Diamante (requer o Diamante Preto) / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Dr. Neo Cortex

Aparência: Cidade em ruínas

Dificuldade: 11/20

Esta é a primeira fase de Cortex no jogo, se passando em uma cidade arruinada. Apesar da dificuldade, ela é bem intuitiva e amigável para que o jogador possa aprender os controles do personagem. Cuidado com os tikis, inimigos da Fase 25 que irão encher o saco aqui e nas próximas fases, eles são resistentes, Cortex precisará dar vários tiros para destruí-los. Há apenas munição para um tipo de projétil nessa fase, apenas o tiro de plasma básico e a munição é mais do que suficiente para a fase inteira, desde que não haja desperdício. A fase tem 3 Checkpoints, após o primeiro há o Bônus e ainda antes do primeiro a plataforma do Diamante Preto.

Área da plataforma do Diamante Preto:

A plataforma te levará para o alto da cidade e você terá que andar em viga estreita de concreto caída que forma uma ponte entre dois prédios, ha muitos tikis pra lhe derrubar aqui. Após essa parte, siga pelos prédios se cuidando com os NITROs e onde atira para não explodi-los acidentalmente. No fim temos o Diamante e o portal de retorno.

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:00:00

Ouro: 1:40:00

Platina: 1:20:00

 

Fase 33A - Temple Remains (Restos do Templo)

1 Power Orb / 1 Diamante (20 caixas) / Relíquia

Tipo: Montaria em tigre

Personagem Jogável: Coco Bandicoot

Aparência: Templo em ruínas

Dificuldade: 13/20

Esta fase é no estilo daquelas em que Coco monta em Pura como em Crash 3, se passando em um templo arruinado com o design conhecido das fases da franquia nesse estilo, com o cenário de caos ao redor. Há muitos obstáculos e será frustrante, principalmente na hora de passar o desafio da Relíquia, até mesmo a Power Orb se encontra em um local que o jogador pode acabar desviando a fim de não bater. Os controles são os mesmos da Fase 4.

Tempo das Relíquias:

Safira: 0:55:00

Ouro: 0:30:00

Platina: 0:20:00

 

Chefe 6A - Crunch Bandicoot

Dificuldade: 13/20

Barra de vida: ---

CUTSCENE

Cortex surge do outro lado do portal em um templo arruinado, se surpreendendo com quem encontra:

- C-Crunch?

- Doutor... - Crunch tinha uma Power Orb incrustrada em seu peito, a qual criava ramificações como as de uma raiz, feitas de cristal. Estava pálido, de olhos opacos e com sua calça camuflada rasgada no joelho esquerdo. Sem prévio aviso, o bandicoot partiu para o ataque como uma fera ensandecida. - Whooooaaaa!

FIM DA CUTSCENE

- A área está cheia de pilares derrubados, blocos e pedras, use-os para pegar cobertura e mover-se, tendo ciência de que Cortex é mais frágil que seu adversário nessa batalha de chefe;

- Crunch começará a jogar blocos e pedras em você, esconda-se ou destrua-as com a pistola de raios em último caso, macetando o botão de disparo;

- Aguarde o surgimento de caixas de munição que irão aparecer aleatoriamente na arena e colete-as, você verá que se trata de um novo projétil, o tiro paralisante, o qual possui o mesmo funcionamento e taxa de tiro do projétil de plasma, só que ao invés de causar dano, paralisa os inimigos;

- Quando ele pegar uma pedra ou bloco gigante, equipe o projétil de tiro paralisante e dispare continuamente até Crunch ficar paralisado, deixando a pedra cair em si mesmo;

- Faça isso três vezes, lembrando que ele lançará as pedras cada vez mais rápido.

PODER ADQUIRIDO:

CHARGED SHOT

Poder exclusivo do Dr. Neo Cortex. Para usar um tiro carregado, segure QUADRADO por alguns segundos e solte para disparar um tiro de alta potência capaz de destruir caixas blindadas, obstáculos e inimigos fortes com mais facilidade. O efeito varia dependendo do projétil equipado e gasta dez unidades de munição por disparo, então use com sabedoria.

Como de costume, se voltar aqui para brincar com Crunch amistosamente, esse poder pode paralisá-lo instantaneamente com um único disparo carregado do tiro paralisante.

 

VÍDEO 14 (A)

- Hmpf... Patético! - disse Uka Uka enquanto a grande pedra esmagava Crunch e se esmigalhava em seguida, deixando-o desmaiado no chão, levando Cortex a rir malignamente.

- Mwahahahahahaha! Você é forte, mas eu sou o seu criador, meu caro Crunch. - o cientista apontou sua pistola de raios. - Já que não posso derrotar Crash, me conformo com você por enquanto, então suma, seu traidor!

Antes que pudesse disparar o tiro de misericórdia, a Power Orb se quebrou, fazendo o bandicoot marrom voltar ao normal, aquilo deteve Cortex a tempo de Crash, Coco e Aku Aku chegarem.

- Doutor Cortex?

- Ah! - no susto ao ouvir a voz de Aku Aku, ele jogou a arma para o alto, levantando as mãos. - Eu não fiz nada!

- Crunch? - Coco se surpreendeu. - Não acredito, ele está vivo!

- Espera, se ele está vivo, então talvez New também esteja! - disse Cortex. - Ouviu isso Crash? O meu sobrinho e seu melhor amigo, New, digo, Caco, está vivo!

Ele pegou nas mãos de Crash e comicamente começaram a rodar juntos em sinal de alegria.

- O que aconteceu? - Crunch recuperava os sentidos.

- Aparentemente, Fate usou uma Power Orb para lhe controlar. - disse Aku Aku.

- Power o que?

- Depois a gente explica, vamos! - disse Coco que estendeu a mão para ele se levantar e todos seguiram juntos para o portal de retorno.

FIM DO VÍDEO 14 (A)

 

Warp Room 7A

 

Fase 34A - Boiling Artic (Ártico Fervente)

1 Power Orb / 1 Diamante (59 caixas) / Relíquia

Tipo: Montaria de urso

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Área gelada derretendo

Dificuldade: 13/20

Esta é mais uma fase em que Crash monta em Polar e com os mesmos controles da Fase 27, mas você tem que ser rápido, pois o gelo está derretendo! Você obrigatoriamente terá de usar a investida em algumas seções se não quiser morrer cozinhado na água fervente. Tome cuidado com os obstáculos que incluem bolas de fogo caindo do céu e tikis trancando a passagem. A fase possui 4 Checkpoints, mas na prática você só pega três deles, pois na metade da fase há uma bifurcação, é recomendável seguir pela direita, pois as caixas da esquerda serão todas destruídas pelos NITROs quando os explodir acionando o detonador próximo ao fim da área direita da bifurcação. Porém, o desafio da Relíquia é mais vantajoso pela esquerda, pois as poucas caixas quebráveis são quase todas de -3 segundos, então mesmo com a dificuldade mais alta, será possível fazer um tempo mais baixo por essa rota, ainda que não haja como destruir os NITROs pegando a bifurcação pela esquerda, fica a critério do jogador.

Tempo das Relíquias:

Safira: 1:40:00

Ouro: 1:30:00

Platina: 0:56:00

 

Fase 35A - Crushed Landscape (Paisagem Esmagada)

1 Power Orb / 1 Diamante (110 caixas) / 1 Diamante (requer o Diamante Laranja) / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Coco Bandicoot

Aparência: Campina sendo destruída por meteoritos

Dificuldade: 14/20

Esta fase lembra bastante a área verde da pista Coco Park do CTR, só que com pedras flamejantes a chover do céu, então cuidado com elas e também com os tikis. Há muito pouco hacking nessa fase, ou seja, os movimentos físicos da Coco serão mais requisitados comparando com as fases anteriores, mas ainda assim você terá que encontrar alguns bunkers na área e hackear a entrada para eles a fim de pegar algumas caixas escondidas. A fase tem 3 Checkpoints, com o Bônus depois do primeiro e logo em seguida a plataforma do Gem Laranja.

Área da plataforma do Diamante Laranja:

Coco será levada a um bunker, área segura da chuva de meteoritos, mas também invadida pelos tikis, tome cuidado com as infiltrações de fogo da superfície e aproveite bem as caixas de ferro de pulo para saltar por buracos que existem no local. No fim dessa área se encontra o Diamante e o portal de saída.

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:01:00

Ouro: 1:42:00

Platina: 1:25:00

 

Fase 36A - In the Eye of the Hurricaine (No Olho do Furacão)

1 Power Orb / 1 Diamante (42 caixas) / Relíquia

Tipo: Shoot’em Up

Personagem Jogável: Dr. Neo Cortex

Aparência: Canyon com furacões

Dificuldade: 14/20

Esta fase é de Cortex voando em seu planador e funciona de maneira semelhante às fases de jetpack com o Crash, salvo que para atacar você usa a pistola de raios e não há como voltar para trás, é basicamente um shoot'em up em 3D. Além de munições para o tiro de plasma básico, você encontrará munição para o tiro incinerador, disparos de bolas de fogo que apesar de causarem o mesmo dano, possuem uma taxa de tiro mais alta e um Charged Shot mais potente. Tome muito cuidado com os furacões, pois eles desestabilizam o voo e são armadilhas fáceis de perder uma vida. Use bastante a mira manual no momento certo, limpe os obstáculos e inimigos até chegar ao final. Fase de dificuldade elevada, mas bem curta e divertida, com 2 Checkpoints.

CONTROLES DO PLANADOR:

DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO = mover-se horizontalmente e lateralmente

X = aumentar velocidade

BOLINHA = diminuir velocidade

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:00:00

Ouro: 1:33:00

Platina: 1:02:00

 

Chefe 7A - Nina Cortex

Dificuldade: 15/20

Barra de vida: ---

CUTSCENE

Cortex, Uka Uka, Aku Aku e Coco surgem através do portal em um lugar inesperado.

- Onde estamos? - perguntou a bandicoot, vendo que se encontravam em um dormitório destruído e que o lugar estava um caos, bem como o resto do mundo.

- Esta é... a Academia do Mal da Madame Amberbly! - respondeu o cientista quando um baque destruiu a parede, não era ninguém menos do que sua sobrinha. - Nina?!

De olhos opacos, com as roupas levemente rasgadas, despenteada, pálida e tendo uma Power Orb incrustrada na testa que formava ramificações de raiz, ela passou pela abertura que acabara de fazer e desferiu um soco com a mão mecânica em seu tio, jogando-o no canto da parede do dormitório.

- Justamente o que eu temia, então era isso que Fate queria dizer com aquelas palavras, não foram apenas Crunch e Caco, ele está escolhendo cavaleiros para seu Apocalipse! - disse Aku Aku, voltando-se para seu irmão. - Uka Uka, vá até o Doutor Cortex, Coco e eu cuidaremos dela.

- Não me dê ordens, irmão estúpido!

Mesmo assim, Uka Uka se afasta para junto do Cortex desmaiado enquanto Coco se preparava para batalhar contra a sobrinha gótica do cientista.

FIM DA CUTSCENE

- Você lutará contra Nina ali mesmo no quarto, onde há três beliches;

- Ela lhe atacará com golpes diversos, chicoteando e socando com os braços mecânicos;

- Para derrotá-la, atraia ela para perto de um beliche e faça-a golpeá-lo de modo que ele caia em cima dela, diminuindo assim uma barra de vida;

- Você pode usar os chutes em giro e as rasteiras da Coco para revidar os golpes ou ainda usar do Canhão Wumpa ou dos lasers de segurança do dormitório para distraí-la (esse último através do hacking);

- A luta é simples, mas a dificuldade será se esquivar dela com os movimentos limitados da Coco e tome cuidado para o beliche não atingir você também;

- Outro porém é que são apenas três beliches, ou seja, não pode errar nenhuma vez, terá que começar de novo se isso acontecer;

- Faça isso três vezes para vencê-la e depois vitória.

PODER ADQUIRIDO:

EVASIVE ROLL

Poder especial para a Coco e de certa forma o que faltava para a movimentação dela ser mais dinâmica fisicamente. Para usá-lo, basta, enquanto move a personagem com o DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO, pressionar BOLINHA e Coco executará um salto a rolar para frente, podendo parar agachada se o jogador mantiver o botão pressionado.

No ápice do movimento, Coco não pode ser atingida, ou seja, ela pode evadir qualquer golpe ou projétil inimigo com ele e por essa razão é que voltar para enfrentar Nina será algo bem mais tranquilo com esse poder adquirido.

 

VÍDEO 15 (A)

Nina desmaia com a última pancada e então a Power Orb se desfaz.

- Estava mais durona do que de costume, mas eu consegui. - disse Coco a ofegar. - Ela deve voltar ao normal agora.

- Oh minha cabeça... - Cortex recuperava os sentidos enquanto era ajudado por Uka Uka, quando correu até sua sobrinha. - Nina!

- Tio Cortex? O que aconteceu?

- É uma longa história, mas tenho certeza de que vai deixar seu tio orgulhoso em não deixar barato o que aquele desgraçado fez com você... - ele a ajudou a se levantar. - Vamos!

E eles seguem para o portal de volta ao templo.

FIM DO VÍDEO 15 (A)

 

Warp Room 8A

 

Fase 37A - The Angry Seas (Os Mares Raivosos)

1 Power Orb / 1 Diamante (93 caixas) / Relíquia

Tipo: Jet-ski

Personagem Jogável: Coco Bandicoot

Aparência: Mares de tsunami

Dificuldade: 15/20

Mais uma fase de jet-ski da Coco, mas essa em específico é bem mais difícil. As grandes ondas são capazes de engolir o jet-ski facilmente, então tome muito cuidado ao pilotar por aqui, será necessário até mesmo um pouco de sorte para chegar ao final, pois os tsunamis não possuem padrão, um verdadeiro desafio, principalmente no desafio da Relíquia. Além deles, temos os obstáculos de sempre, tais como as bombas que ocupam uma área ainda maior em sua movimentação devido à força das águas

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:21:00

Ouro: 1:49:00

Platina: 1:32:00

 

Fase 38A - Sparking Neo (Neo Faiscante)

1 Power Orb / 1 Diamante (16 caixas) / Relíquia

Tipo: Guerra de tanques

Personagem Jogável: Dr. Neo Cortex

Aparência: Área rochosa deserta em meio a uma tempestade

Dificuldade: 14/20

O nome desta fase é uma referência ao jogo Dragon Ball Z: Sparking! NEO, como é conhecido no Japão o Dragon Ball Z: Budokai Tenkaichi 2. Nesta fase Cortex pega um tanque parecido com aqueles do Crash Bash, inclusive com seu mesmo projétil de raio de plasma verde (podendo equipar projéteis especiais, coletáveis na arena) e precisa destruir dez tanques e depois um tanque maior que serve de mid-boss, todos sem piloto e feitos de madeira, envoltos em poder mágico, tal como os tikis. A tempestade fará com que raios caiam sobre a arena, tornando a tarefa mais difícil (ou mais fácil, se tiver sorte deles atingirem os inimigos). A jogabilidade geral da fase é parecida com a da Fase 12.

CONTROLES DO TANQUE:

DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO = manobrar veículo

X = acelerar

QUADRADO = frear

BOLINHA ou R1 = atirar

L2 e R2 = virar o canhão

ANALÓGICO DIREITO = controlar câmera

Tempo das Relíquias:

Safira: 3:15:00

Ouro: 2:30:00

Platina: 2:00:00

 

Fase 39A - Destroyed by Power (Destruído por Poder)

1 Power Orb / 1 Diamante (216 caixas) / Relíquia

Tipo: Atlasphere

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Cidade em ruínas

Dificuldade: 16/20

Esta fase é como a Fase 32A, só que há ainda mais fogo e destruição e sua jogabilidade é de atlasphere como a da Fase 10. A destruição ao redor parece ser o cenário perfeito para um bandicoot rolar dentro de uma bola, mas não se engane, passar pelos obstáculos dela será um verdadeiro inferno. São apenas 2 Checkpoints com o Bônus quase no fim da fase em uma área de esgoto. No desafio da Relíquia, prepare-se para tentar várias vezes a fim de conseguir a Relíquia de Platina, pois mesmo a de Ouro não será fácil de conseguir.

Tempo das Relíquias:

Safira: 1:55:00

Ouro: 1:25:00

Platina: 1:00:00

 

VÍDEO 16 (A)

Crash novamente se encontrava em uma cidade em chamas, o tímido bandicoot coçava a cabeça, confuso ao olhar ao redor à procura da Power Orb quando ouviu um forte estrondo e um prédio caiu, não muito distante dali.

- Isso não parece nada bom... - comentou Aku Aku. - Vamos Crash.

Eles seguiram na direção do estrondo e ao chegarem ao local destruído, viram a silhueta de um garoto caminhando por entre as chamas, a tensão tomou conta de Crash, mas ele não foi o único, justo naquele momento é que Coco, Crunch, Nina, Uka Uka e Cortex chegaram através do portal que se abriu de novo, com este último não crendo no que via.

- N-New?

- Eu sou o mal...

Caco tinha um sorriso malévolo que se fez ainda mais notável quando levantou sua cabeça abaixada, revelando seus olhos opacos. Estava descalço, sua calça estava um trapo, sua camiseta estava rasgada em uma parte do peito deixando-a sem a manga direita, estava pálido e podia se ver as ramificações em raiz da Power Orb na parte rasgada da camiseta.

- Caco, tenha calma parceiro. - Crunch dava lentos passos à frente, tentando acalmá-lo. - A Nina e eu também passamos por isso, eu só vou chegar perto, tirar essa coisa que está controlando você e então...

- C-Crunch?

- Sim, sou eu.

- Destruir... Whoooooaaaaaa!

Caco desfere um soco que Crunch defende colocando os braços adiante do rosto, sendo lançado para longe e tendo seus pés arrastados a afundarem ao ponto de terminar enterrado no chão até a região do pescoço.

- Essa doeu... Ainda bem que eu já conheço os golpes dele pelo menos.

Fazendo um pouco de força, ele se desenterrou, momento em que Caco voltou sua atenção para os demais, apontando com o dedo.

- Você...

- Eu? - disse Cortex.

- Lute comigo!

Caco rasga o resto de sua camiseta, mostrando a Power Orb incrustrada em seu peito, Cortex gelou ao ver aquela cena e caiu duro para trás de medo, virado em um cubo de gelo.

- Mas que imbecil. - comentou Uka Uka que, mais uma vez, teria de ajuda-lo a recuperar os sentidos.

- Crash... Whooooooaaaaa! - Caco avançou ensandecido.

- Uou! - o bandicoot gritou no momento do impacto da investida de ombro que o jogou longe para dentro de um estacionamento que havia ali perto.

Sacudindo a cabeça como um cachorro, ele se reergueu, vendo que Caco já estava ali e se preparava para atacar novamente.

- Lute comigo Crash! WHOOOOOAAAAH!

Ele partiu para cima do bandicoot laranja, o qual novamente com Aku Aku ao seu lado, se colocou em posição.

FIM DO VÍDEO 16 (A)

 

Chefe 8A - Caco Human

Dificuldade: 18/20

Barra de vida: ---

- Esta luta será complicada, pois Caco é muito rápido, ele usará vários combos e ataques aéreos usando as paredes para tomar impulso, um mero golpe sem uma máscara Aku Aku equipada te fará perder uma vida;

- Será impossível você desviar de tudo, use giros como contragolpe quando não puder desviar;

- Tenha paciência até que Caco tente te esmagar com o ombro, rachando o piso no processo assim que você desviar;

- Esse é o momento, aproveite enquanto ele está imóvel após esse movimento e o acerte com um giro;

- Faça isso três vezes e por fim o sobrinho do Dr. Neo Cortex estará livre da influência do inimigo.

PODER ADQUIRIDO:

DEATH TORNADO SPIN

Outro poder clássico dos jogos anteriores e exclusivo para o Crash neste jogo. Consiste em um giro contínuo de alguns segundos que pode ser executado pressionando QUADRADO repetidas vezes rapidamente e que pode ser usado para planar no ar.

Esse poder é uma mão na roda para enfrentar Caco por diversão novamente, já que o giro contínuo é capaz de rebater os golpes e combos dele tranquilamente, sem a necessidade de calcular o tempo do giro para se defender.

 

VÍDEO 17 (A)

Caco ajoelha-se e cai de bruços a desmaiar, a Power Orb se desfaz, fazendo-o voltar ao normal. Crash ofegou, passando a mão na testa em sinal de cansaço, mal acreditando que havia vencido, mas depois sorriu tendo a certeza de que seu amigo ficaria bem. Cortex e os demais chegavam naquele estacionamento destruído para presenciar a cena.

- Olha, parece que a luta acabou, vai lá tio, vá acordar o seu sobrinho favorito. - disse Nina para Cortex, cruzando os braços em desdém.

- Oh Nina querida, não precisa ter ciúme, eu amo vocês dois igualmente. - disse Cortex, antes sair correndo rumo à Caco, contradizendo o que acabara de falar. - New, digo, Caco, estou tão orgulhoso de você!

- Ugh! - Nina revirou os olhos de ódio. - Às vezes tenho vontade de esganar esses dois.

- Sai da frente! - Cortex empurra Crash comicamente para tirá-lo do caminho. - "Eu sou o mal...", aquela frase de efeito foi tão épica! Você estava tão assustador, tão maligno... - o cientista lacrimejava de emoção, mas o garoto roncava como se estivesse dormindo. - Ei, por que ele não acorda?

- Por que você não está usando o método certo. - disse Coco que pegou uma wumpa e a aproximou do nariz dele, Caco acordou na hora assim que sentiu o cheiro, saltando para cima dela a fim de agarrar a fruta. - Ei, calma aí! - ela lhe entregou a wumpa antes que ele a derrubasse, Caco então começou a devorar a wumpa em poucos bocados. - Viu só? É assim que eu acordo o Crash.

- Oh Caco, agora que você é malvado, finalmente poderemos dominar o mundo juntos, tio e sobrinho! - Cortex o abraçou, esfregando seu rosto contra o dele. - Estou tão feliz!

- Eu? Malvado? O que deu em você? - questionou Caco, incomodado a afastar seu tio. - E por que estou sem camisa?

- Longa história, mas tudo está bem agora. - disse Coco, com os demais se juntando a ela e Crash lhe acenando positivamente com o polegar da mão direita.

- É mesmo? Que legal... - Caco sorriu, antes de dormir de novo, caindo de costas para trás.

- Caco! - Cortex exclamou em preocupação.

Crash por sua vez riu, coçando a cabeça.

FIM DO VÍDEO 17 (A)

 

Warp Room 9A

 

Fase 40A - Bandicoot of Honor (Bandicoot de Honra)

1 Power Orb / 1 Diamante (20 caixas) / Relíquia

Tipo: Guerra de aeroplanos

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Voo sobre cidade em caos

Dificuldade: 16/20

O nome desta fase é uma referência ao filme "Men of Honor", mas também pode ser referência à série de jogos "Medal of Honor" da EA Games. Nesta fase, Crash usa o mesmo caça da Fase 6 e tem que destruir três monstros tikis colossais, uma verdadeira batalha contra kaijus. Eles são bem resistentes e necessitam de vários mísseis para serem destruídos. Cuidado para não bater nos prédios e os aviões de madeira kamikazes dos tikis.

CONTROLES DO AVIÃO:

DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO = pilotar aeronave

X = metralhadora

BOLINHA = lançar míssil (segure o botão, aguarde a mira ficar verde e então solte)

QUADRADO = girar (barrel roll)

R1 e L1 = esquivar para os lados (barrel roll)

Tempo das Relíquias:

Safira: 3:30:00

Ouro: 3:00:00

Platina: 2:40:00

 

Ao voltar ao Warp Room temos um vídeo.

VÍDEO 18 (A)

- Eu consigo me lembrar agora. - Caco contava tudo para os demais, reunidos no templo. - Aquele Fate Tropy usou a colisão do meteoro para nos derrotar e depois usou as Power Orbs para nos transformar em seus Cavaleiros do Apocalipse, o Crunch seria o da Peste por ter uma grande força e eu seria o da Fome porque... bem, não sei dizer.

- É mesmo? Tem certeza de que não sabe? - questionou Coco, colocando uma wumpa à vista dele, a qual ele pegou e devorou rapidamente como um esfomeado.

- E quanto a Nina? - perguntou Cortex.

- Bem... - ele disse de boca cheia, terminando de engolir a wumpa para continuar. - Ele acabou sabendo dela pelas nossas memórias e a fez ser o da Guerra, já que as mãos mecânicas dela são consideradas um tipo de arma, eu acho. Já o da Morte não sei quem pode ser, mas acho que isso não é o mais importante, o mais importante é que eu sei o que ele planeja.

- Então fala parceiro, qual é o plano dele? - perguntou Crunch.

- Mesmo tendo o poder de controlar os acontecimentos, o Fate Tropy lá não tem poder suficiente para fazer um Apocalipse acontecer sozinho, por isso ele está atrás das Power Orbs, para aumentar seus poderes e assim destruir o Sol para dizimar a vida na Terra.

- Destruir o Sol? - perguntou Cortex. - Aquele safado roubou a minha ideia!

- Minha visão realmente estava correta desde o início. - disse Aku Aku. - Crash, temos que coletar o resto das Power Orbs antes dele e assim evitar que isso aconteça!

Crash faz um sinal de "Sim" com a cabeça em concordância.

FIM DO VÍDEO 18 (A)

 

Fase 41A - Undergound Quest (Busca Subterrânea)

1 Power Orb / 1 Diamante (116 caixas) / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Templo subterrâneo

Dificuldade: 17/20

Esta fase lembra a parte subterrânea da fase Boulder Dash do Crash 1. É um pouco complicada, há muitos buracos e tikis, além de caixas de difícil acesso, será um nível para usar muito o Death Tornado Spin a fim de conseguir atravessar todos os obstáculos. A fase tem 3 Checkpoints e um Bônus após o segundo.

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:00:00

Ouro: 1:45:00

Platina: 1:30:00

 

Fase 42A - Null Acres (Acres Nulos)

1 Power Orb / 1 Diamante (0 caixas) / 1 Diamante Marrom / Relíquia

Tipo: Normal + Jetpack

Personagem Jogável: Crash Bandicoot

Aparência: Vale desértico horripilante

Dificuldade: 18/20

Esta fase se encontra em uma distorção dimensional causada em um deserto, o nome dela refere-se à unidade de medida chamada acre (sim, existe, não é como o estado do Acre... Foi mal, mas não queria tirar essa piada desciclopediana na revisão, piada que já fiz tantas vezes na época em que escrevi a versão original, kkkkk...) e visualmente ela lembra o Hueco Mundo do anime Bleach, basicamente um deserto na escuridão sem estrelas sob a luz do luar. No entanto, antes de chegar a esse deserto, você precisará percorrer uma grande caverna com a jetpack, tal como na Fase 23. Não há tikis, mas uns morcegos estranhos te atacarão nessa área, a qual possui muitos obstáculos, tome muito cuidado ao se locomover, já que o teto costuma ceder em cima do jogador. Passado essa parte, você se solta da jetpack e segue a pé pelo deserto, não há tikis aqui também, mas há algumas criaturas que saem debaixo da areia, cuidado com elas. Também não há caixas, ou seja, também não temos Checkpoints, o que significa que você terá que jogar bem para sobreviver até o fim da fase. Tome cuidado com os abismos e plataformas móveis, você precisará de coordenação para saltar corretamente. Na metade da fase, ou seja, logo após abandonar a jetpack, temos a plataforma da Death Route.

Área da Plataforma Caveira:

Você será levado para as profundezas de um abismo, mas não há absolutamente NADA aqui além de escuridão e silêncio. Apenas siga a trilha e pegue o Diamante Marrom, encontrando o portal de saída da fase ao final.

Tempo das Relíquias:

Safira: 5:00:00

Ouro: 4:00:00

Platina: 3:00:00

 

PARE, antes de irmos ao Chefe 9 eu lhe pergunto: o que aconteceria se você escolhesse a opção B no Vídeo 12 ao invés da opção A?

Pois é isso que vou mostrar agora, a partir do Chefe 9, as histórias e fases se alinham e continuam de maneira igual, independente se você escolheu a opção A ou B (salvo algumas diferenças que serão explicadas mais adiante). Vale lembrar que se você escolher a opção B, as fases, vídeos e poderes de personagens da opção A que vimos acima não serão acessíveis e vice-versa, já que obviamente você escolhe outra linha do tempo na história.

 

...

 

B - STAY AND HELP CACO AND CRUNCH (FICAR E AJUDAR CACO E CRUNCH)

Aku Aku responde:

- Os outros estarão seguros distante daqui, são Caco e Crunch que precisam da nossa ajuda!

Aku Aku e Uka Uka então foram em direção ao meteoro e se posicionaram atrás de Crunch e Caco, combinando seus poderes a dar forma a uma grande barreira multicolor de magia na frente deles.

- Vamos lá idiotas, empurrem com toda a força, agora! - ordenou Uka Uka e em um grito unido, o fizeram.

O meteoro se rompeu em pedaços, desatando uma ventania com a força de uma explosão, o que fez todo o templo vir abaixo.

 

[BLACKOUT]

 

Minutos depois, em meio às ruínas, Crunch acorda:

- Está todo mundo bem? - ele olha para o lado e vê que Caco estava desmaiado, Crunch então tira os destroços de cima, antes de sacudi-lo. - Caco? Caco!

- Hmmm... Eu não quero ir à Academia do Mal hoje...

- Vamos parceiro, acorde!

- Não tio, eu não vou... Se eu for, vou acabar batendo no professor de novo...

- É sério Caco, ACORDA! - Crunch gritou no ouvido dele.

- AAAAAAA! - Caco se levantou, colocando-se em guarda na mesma hora com o ouvido a esfumaçar. - O que foi? O que houve? O que está acontecendo?

- Ei calma, sou eu, Crunch.

- Crunch? Espera, se você está vivo e eu também estou vivo, significa que nós dois conseguimos mesmo parar aquele meteoro? Que maneiro!

Nisso Aku Aku e Uka Uka saem dos destroços a flutuar, com o último a comentar:

- Seja mais agradecido moleque, se não fosse por nós, você e esse bandicoot traidor não estariam aqui para se vangloriar disso.

- Onde está Fate? - perguntou Aku Aku.

- Fate? Quer dizer, o sujeito parecido com o Tropy? - Caco olhou para o alto, ainda em guarda. - Ué? Ele estava ali, cadê ele?

- Foi isso que meu irmão perguntou, seu estúpido! - esbravejou Uka Uka.

Foi nesse momento que houve um grande tremor e um gêiser de lava se levantou no meio da floresta, hora em que se ouviu um grito:

- Uooaaaaaaaaaau...!

- Crash! - exclamou Caco, indo em direção à coluna de fogo e os demais o seguiram.

Ao chegar no local, ninguém estava ali, havia apenas terra e pedras derretidas pela lava, além de um grande buraco e próximo a ele se encontrava o laptop da Coco, deixado para trás. Caco o recolhe e cabisbaixo, Crunch diz:

- Chegamos tarde...

Nessa hora, se ouviu a voz horripilante do indivíduo a quem Caco chamou de Fate Tropy ecoar no ar:

"Seus amigos serão meus cavaleiros e em breve a humanidade sofrerá pelo que está fazendo... Gwahahahaha!"

As nuvens escuras se vão a dar vislumbre ao céu azul novamente.

- Crash... Coco... Tio Cortex... - Caco olha para o alto, com raiva e grita. - Você vai pagar por isso, está ouvindo seu malvado?! Vai pagar por isso!

FIM DO VÍDEO 12 (B)

 

Após este vídeo, temos outro antes de irmos para as próximas fases.

VÍDEO 13 (B)

Depois do que houve, só restou a eles retornar em direção ao templo arruinado.

- Pelos nossos amigos, temos que derrotar esse Fate Tropy e impedir que ele destrua a Terra! - disse Caco.

- Eu sei parceiro, mas sem o Crash, não acho que conseguiremos. - disse Crunch, com uma expressão triste.

- Ah, quem precisa do Crash quando se tem a mim!

- Você? Então estamos mesmo perdidos...

- Talvez tenha razão... Não sou tão nobre e heroico quanto Crash, mas isso não significa que devemos desistir só porque ele não está aqui. Temos que fazer o que ele faria pela gente ou por acaso está com medo mesmo tendo todo esse tamanho? Crunch, nós também somos incríveis do nosso jeito e já provamos isso! - Caco bateu o punho no lado esquerdo do peito. - Sim, nós podemos!

- Eu acredito em vocês, crianças. - disse Aku Aku. - O destino do planeta está em suas mãos e eu farei tudo o que estiver ao meu alcance para ajuda-los.

- Não posso dizer o mesmo, mas por enquanto colaborarei com vocês pelo objetivo em comum de eliminar aquele sujeito. Ninguém tem o direito de ameaçar acabar com a humanidade desse planeta miserável a não ser eu, o grande Uka Uka! - comentou Uka Uka. - No entanto, não pensem que emprestarei meu poder a vocês, para isso irei usar alguém de minha confiança.

- Alguém da sua confiança que não seja o meu tio? - Caco raciocinou. - Não me diga que está pensando em chamar a...

- Exatamente garoto, a parenta dele que não é uma traidora como você.

 

A cena corta para a Academia do Mal da Madam Amberly, onde Nina conversava através da webcam do computador em seu quarto:

- Não estou afim... Se o mundo vai acabar, deixe-o acabar então, ora essa!

Do outro lado, Caco conversa com ela pela webcam do laptop da Coco:

- Qual é, dentuça horrorosa? Não se importa nem com o que fizeram ao tio Cortex? Afinal de contas, ele é o seu pa...

- VENHA PARA CÁ AGORA, É UMA ORDEM! - Uka Uka esbravejou, quase que empurrando Caco da vista da câmera.

- Tá, tá, tudo bem... Não tenho nada melhor para fazer mesmo...

- Excelente.

No que Uka Uka disse isso, Caco fecha o laptop e no instante seguinte, a gótica de uniforme escolar preto e pálida pele cinza toca seu ombro.

- Já estou aqui, priminho.

- Nossa, como é que chegou aqui tão rápido?

- Também não sei, só cale a boca e segue o roteiro!

- Beleza, isso agiliza as coisas, vamos lá!

 

Caco conduziu todos de volta às ruínas do templo, onde Crunch pergunta:

- E então parceiro, já que você quer ser o capitão, nos diga, o que vamos fazer?

- Aaaaooh... - Caco coçava a cabeça, pensando por alguns instantes até que responde. - Eu não sei.

Como numa cena cômica de anime, todos caem pra trás ao ouvir aquela resposta.

- Seu tio faz planos pelo menos, mas você nem sequer tem um! - Uka Uka começou a gritar com ele. - Que capitão mais estúpido!

Mas Caco apenas ria com as mãos entrelaçadas atrás da cabeça.

- Bem, Caco nunca tinha dito que seria o capitão, ele só foi o primeiro a se decidir depois do que aconteceu com Crash, Coco e o Doutor Cortex. - disse Aku Aku. - No entanto, ele é alguém que sobreviveu sozinho na Décima Dimensão por muitos anos, acho que merece algum crédito por isso.

Caco continuava rindo, quando olha para baixo e, em meio aos destroços, vê uma estranha orb rosada com anéis contendo inscrições estranhas semelhantes às da placa que Crash havia encontrado anteriormente:

- Que negócio é esse? - ele perguntou ao recolhê-la.

- É uma Power Orb. - respondeu Nina. - Eu estudei sobre elas na academia semana passada, mas parece que não são apenas um mito como disseram. Foram criadas pelos povos antigos, condensando vários Cristais do Poder em um único objeto.

- Hmpf... Eu acreditava que elas haviam sumido há muito tempo. - comentou Uka Uka.

- Já ouvi falar delas também. - disse Aku Aku. - São artefatos de grande poder que talvez... possam nos ajudar a parar o Apocalipse!

- Essas Power Orbs são tão poderosas assim?

- Claro que são Crunch, são joias lendárias! - respondeu Caco. - Reza a lenda que cada Power Orb possui o poder de cem Cristais do Poder. - mais do que o choque da informação, houve o espanto coletivo por Caco sabe-la. - O que foi?

- Wow, Caco, parceiro, não pensei que estivesse tão bem informado!

- Mas é claro que estou, grandão, sou um estudioso nas horas vagas.

- É um mentiroso que está colando, isso sim. - disse Nina em tom de sarcasmo, chamando a atenção para o laptop da Coco aberto nas mãos dele, o qual estava conectado à internet em um site com informações sobre as Power Orbs.

- Eu bem que desconfiei... - disse Crunch.

- Do'oh! - disse Caco, fazendo Aku Aku e Crunch rirem.

- Em todo o caso, se vamos mesmo procurar as Power Orbs, vamos precisar de outro transporte, já que a nave do tio Cortex não poderá ser usada. - disse Nina apontando para a nave danificada de Cortex ali perto.

- Ah, esse é menor dos nossos problemas! - Caco deu um salto à frente, com a Power Orb em mãos. - Vamos fazer uma experiência! Aku Aku, preciso que você e o seu irmão maligno canalizarem seus poderes mágicos nela.

- Está certo garoto. - disse Uka Uka, que junto com Aku Aku fizeram o que Caco pediu, nisso a Power Orb começa a brilhar.

- Está funcionando! Aquele site dizia que, fazendo isso, uma única Power Orb poderia se tornar mestre das outras e assim localizá-las.

E a Power Orb, em um poderoso feixe de luz, reconstrói todo templo de uma forma diferente do que era antes, criando uma grande área quadrada onde o grupo se encontrava ao centro. Do lado direito havia duas salas e no esquerdo mais outras duas, as quais serão os Warp Rooms 6, 7, 8 e 9 respectivamente, cada um deles com três portais mágicos onde as demais Power Orbs se encontravam. Atrás deles estava a janela de Load/Save e a frente havia uma larga elevação em escada que levava ao Warp Room 10, este com cinco portais.

- Caramba, agora podemos pegar o resto das Power Orbs! - disse Crunch, animado. - Bom trabalho!

- Temos que fazer isso depressa, Fate já deve ter iniciado a destruição a essa altura e as Power Orbs devem estar em lugares de difícil acesso, temos que estar prontos para tudo. - disse Aku Aku.

Caco soca o punho direito na palma da mão esquerda em sinal de que estava determinado.

FIM DO VÍDEO 13 (B)

 

Semelhante ao que houve na outra linha de história, personagens deixam de ser jogáveis, a partir daqui você jogará apenas com Caco e Crunch por enquanto (isso mesmo, sem fases para Coco e até mesmo para o Crash). Enquanto estiver no Warp Room, você controlará Caco devido à ausência do Crash. Todavia, Nina se juntará a eles durante a aventura e será protegida pelo Uka Uka, tendo acesso à Protective Soul também.

 

Nina Cortex tem os movimentos simples que tinha em Crash Twinsanity, o que faz com que suas fases não fujam muito do gênero de plataforma tradicional:

X = pulo

QUADRADO = giro (mais lento e com duração mais longa comparado ao do Crash)

BOLINHA ou R1 = soco estendido com a mão mecânica.

Pulo + BOLINHA ou R1 (próximo a uma argola) = agarrar argola com a mão mecânica (usando-a para se segurar em uma parede ou como impulso para saltar mais longe, dependendo de onde estiver posicionada)

 

Os Warp Rooms agora têm o design padrão do templo onde os personagens se encontram e estarão abertos todos os Warp Rooms, mas suas fases obviamente estarão fechadas (com exceção das do Warp Room 6) e só serão abertas na medida em que as fases anteriores vão sendo completadas. Cada Warp Room do 6 ao 9 possui três fases, enquanto que o 10 possui cinco, todas mais curtas em relação às anteriores de forma geral, só que com dificuldade acima de 10, se passando em meio ao caos do início do Apocalipse. Coletando todas Power Orbs de um Warp Room, o portal para o chefe se abre no chão do centro do templo e depois de derrotá-lo, as fases do Warp Room seguinte aparecem.

Vale lembrar que, apesar dos Warp Rooms serem idênticos aos da Opção A descrita anteriormente, as fases dos Warp Rooms 6 ao 9 serão diferentes, já que você escolheu uma linha de história diferente no Vídeo 12.

Assim como na área da nave de Cortex, há Diamantes coloridos, três no total e são de cores novas: Laranja, Marrom e Preto. Como as cores dos Diamantes Verde, Azul, Roxo, Amarelo e Vermelho sempre foram uma referência as cores do Aku Aku, o Laranja, o Marrom e o Preto são uma referência às cores do Uka Uka.

 

Warp Room 6B

 

Fase 31B - We Rock You (Nós Sacudimos Você)

1 Power Orb / 1 Diamante (87 caixas) / 1 Diamante Marrom (requer o Diamante Laranja) / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Caco Human

Aparência: Linha de trem em meio a rochedos

Dificuldade: 12/20

O nome dessa fase é uma referência à música "We Rock You" da banda Queen. Nesta fase, Caco segue uma linha de trem que passa em meio a rochedos. Cuidado pois há terremotos e algumas pedras que caem de forma imprevisível podem servir de armadilha fácil ao jogador, além de que há muitos tikis pelo caminho para serem abatidos. Mesmo com dificuldade elevada, a fase é curta e tem poucas caixas para uma fase do Caco, com 2 Checkpoints apenas e um Bônus após o primeiro. Não há plataforma do Gem Laranja, ao invés disso há uma área de bifurcação na linha do trem logo após o Bônus, cujo lado esquerdo está fechado por uma porta com o desenho da dita joia, a qual só se abrirá para dar acesso ao túnel da Death Route se você possuir o Gem Laranja.

Área do Diamante Laranja:

É uma área de um grande túnel onde os terremotos aumentam, você precisará de muita atenção porque os desabamentos são mais constantes e bloqueiam totalmente o caminho de volta, será fácil perder caixas se não tomar cuidado. Na parte final, você deixa a área do túnel e passa por uma grande ponte, fuja rápido dos desmoronamentos que acontecerem, fazendo bom uso do pulo duplo. Há o destruidor de caixas NITRO nessa área. No final da linha está o Diamante Marrom e a plataforma que o retornará para a fase, justo antes da área da bifurcação.

Tempo das Relíquias:

Safira: 1:47:00

Ouro: 1:32:00

Platina: 0:59:00

 

Fase 32B - Swallowed by the Ocean (Engolido pelo Oceano)

1 Power Orb / 1 Diamante (77 caixas) / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Nina Cortex

Aparência: Cidade inundada

Dificuldade: 11/20

Nesta fase Nina está em uma cidade prestes a receber um tsunami. No começo a fase é normal, só chuva e os tikis, com seu objetivo sendo seguir rumo ao alto dos prédios. A fase tem 3 Checkpoints. Após o terceiro começa o tsunami, você terá que fugir dele e usar a habilidade de escalar de Nina algumas vezes. Apesar da dificuldade, é uma fase bem intuitiva, já que o intuito dela também é fazer o jogador assimilar os movimentos da personagem, caso não os conheça.

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:00:00

Ouro: 1:48:00

Platina: 1:22:00

 

Fase 33B - Meteoric Off-Road (Off-Road Meteórico)

1 Power Orb / 1 Diamante (19 caixas) / Relíquia

Tipo: Corrida

Personagem Jogável: Crunch Bandicoot

Aparência: Pista arenosa

Dificuldade: 12/20

Esta é uma fase de corrida off-road com jipes, assim como a do Crash em The Wrath of Cortex, só que você corre contra os tikis com seus jipes mágicos de madeira. Cuidado com a chuva de meteoros durante a corrida, alguns cairão na pista e podem causar um acidente que o fará perder uma vida e ter de recomeçar a corrida do início.

CONTROLES DO CARRO:

DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO = manobrar veículo

X = acelerar

QUADRADO = frear

Tempo das Relíquias:

Safira: 1:33:00

Ouro: 1:00:00

Platina: 0:44:00

 

Chefe 6B - Coco Bandicoot

Dificuldade: 13/20

Barra de vida: ---

CUTSCENE

Foram Nina, Uka Uka, Caco e Aku Aku que atravessaram o portal, chegando ao interior de uma torre de relógio, cheia de engrenagens. No instante seguinte, um estrondo ocorre e uma das paredes é destruída, dando vislumbre a uma garota bandicoot.

- Coco? É você mesma? - perguntou Caco.

Coco estava pálida, com os olhos opacos e despenteada, com os cabelos soltos. Seu tênis estava desgastado, a calça de seu macacão estava bem rasgada e sua camiseta estava sem as mangas e rasgada até a altura do peito, deixando parcialmente à mostra a Power Orb incrustrada em sua barriga, a qual formava ramificações de cristal como as de uma raiz de árvore.

- Haaaaaaaa! - ela gritou ensandecida, desferindo uma voadora no peito de Caco que o joga para o outro lado da sala, fazendo-o bater as costas contra a parede.

- Caco! - exclamou Aku Aku, indo em direção a ele.

- O que... O que houve com ela? - Caco perguntou, ainda tonto pela pancada.

- Deve estar sendo controlada por aquela Power Orb. - respondeu Aku Aku.

Nina por sua vez sorriu de canto, vendo que a bandicoot lhe encarava como seu próximo alvo.

- Eu vou chutar seu traseiro!

FIM DA CUTSCENE

- Controlando Nina, você estará lutando contra Coco em cima de uma engrenagem gigante;

- Coco lhe atacará diretamente com golpes variados enquanto estiver no chão;

- Cuidado com a engrenagem girando, ela pode lhe atrapalhar, pois Coco usará o poder da Power Orb para fazê-la mudar o sentido de giro entre horário e anti-horário (hacking mágico?);

- Aproveite a habilidade das mãos mecânicas da Nina e use as argolas na parede a seu favor, mas cuidado, você fica muito vulnerável enquanto está nelas, pois Coco disparará raios de energia através da Power Orb em sua barriga (pelo visto, ela foi quem mais aprendeu a usar os poderes da Power Orb, mais do que os outros personagens);

- A dificuldade é alta, mas o processo é simples, desvie e espere Coco se cansar para dar um golpe nela;

- Faça isso três vezes, lembrando que a engrenagem ficará mais rápida e Coco fará o sentido de giro mudar mais frequentemente.

PODER ADQUIRIDO:

SNEAK SHOES

Vindo do The Wrath of Cortex, esse é um poder exclusivo da Nina neste jogo. Segurando L1, Nina irá mover-se nas pontas dos pés, podendo pisar em cima de caixas NITRO suspensas no ar. Outra função interessante aqui é que esse poder permite à personagem pisar de forma segura em áreas de desmoronamento iminente e também ignorar completamente obstáculos que fazem o chão se mover.

Por essa última razão, a luta contra Coco é mais fácil estando sob posse desse poder, mas no geral ele continua bem situacional, tal como em seu jogo de origem.

 

VÍDEO 14 (B)

Nina acerta três socos em Coco, fazendo-a cair desmaiada e nisso a Power Orb se desfaz, levando a bandicoot a voltar ao normal, porém a gótica ainda não estava satisfeita e já preparava o quarto soco, mas Caco chega por trás e segura seus braços a impedindo.

- Nina, pare com isso, ela é nossa amiga!

- Ela é SUA amiga, não minha, agora me solte! - disse Nina, se soltando.

- Ei, pelo que me diz respeito, temos um trato de ajuda mútua.

- O trato não inclui não bater nela.

- Escute aqui, ela é irmã do meu amigo Crash e como eu tenho os genes dele, a Coco é quase minha irmã também, então antes de bater nela você vai ter que bater... - Caco é interrompido ao levar um soco de Nina que o jogou contra a mesma parede de antes. - Em mim... Ouch!

Comicamente, ele escorregou pela parede, nisso veio Aku Aku e impediu que Nina fizesse alguma coisa, posicionando-se diante da garota bandicoot para acordá-la.

- Coco, você está bem?

- Hmm... Aku Aku, é você? O que aconteceu?

- É uma longa história... - ainda zonzo, Caco respondeu por ele ao se aproximar.

Foi naquele momento que teve início um terremoto e aquela velha torre de relógio começou a desabar.

- Aconselho a vocês que se mexam se não quiserem terminar soterrados aqui, mwahahahahahaha! - disse Uka Uka sem se importar com ninguém, rumando ao portal ao lado de Nina.

- Coco, vamos! - Caco tentou levantar Coco, mas ela fraquejou de uma perna.

- Não posso andar, acho que torci o tornozelo.

Caco olha para Aku Aku como se pedisse ajuda e este sacode a cabeça em negação, levando o garoto a ficar vermelho.

- Ah não, não, não, eu não vou te carregar! A última garota que peguei nos braços para salvar ficou me chamando de "meu herói" e grudava feito um carrapato!

- Hahaha! Deixa disso, eu não sou a Yaya.

- Bem, isso é verdade, a Yaya nunca se vestiria de mecânico. - disse Caco, referindo-se ao macacão e ao fato dela estar toda suja.

- Ora seu...

Furiosa, Coco desfere um potente chute em giro na cabeça dele, jogando-o contra a mesma parede de antes.

- E ela ainda tinha dito que o tornozelo estava ruim... Eu nunca vou entender as mulheres!

Pedaços da torre já estavam a cair, momento em que Aku Aku gritou:

- Crianças, vamos antes que seja tarde!

- Tá bom, tá bom!

Caco rapidamente se levantou e correu até Coco, pegando-a nos braços sem que ela esperasse, o que a deixou com vergonha, saindo dali com ela a seguir Aku Aku para o portal.

FIM DO VÍDEO 14 (B)

 

Warp Room 7B

 

Fase 34B - Eruption Control (Controle de Erupção)

1 Power Orb / 1 Diamante (8 caixas) / Relíquia

Tipo: Helicóptero

Personagem Jogável: Crunch Bandicoot

Aparência: Voo sobre vale inundado por lava

Dificuldade: 13/20

Nesta fase, Crunch pilota um helicóptero e tem de tampar o cume de dois vulcões para que eles parem de expelir lava, destruindo-os e soterrando-os dentro de suas chaminés. Há muita fumaça no ar, o que pode prejudicar a visibilidade e lembre-se de ir desviando das rajadas de lava lançadas pelos vulcões, atacar da distância certa será essencial. Fique atento aos aviões kamikazes dos tikis que servem como obstáculo.

CONTROLES DO HELICÓPTERO:

DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO = mover helicóptero

X = subir

QUADRADO = descer

BOLINHA = lançar míssil (segure o botão e espere a mira ficar verde, então solte)

R1 = metralhadora

L2 e R2 = girar/direcionar helicóptero

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:49:00

Ouro: 2:33:00

Platina: 1:55:00

 

Fase 35B - Stormy Flight (Voo Tempestuoso)

1 Power Orb / 1 Diamante (68 caixas) / Relíquia

Tipo: Normal + Asa Delta

Personagem Jogável: Caco Human

Aparência: Estrada deserta

Dificuldade: 14/20

O começo da fase é de asa delta. Não tem segredo, apenas use o DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO para ir desviando dos furacões e tomar cuidado com as ondas de vento até aterrissar. Na aterrisagem há um Checkpoint e um pouco a frente o Bônus. Depois tem o segundo Checkpoint e nessa área o jogador deve redobrar o cuidado com a ventania, controlando seus saltos para saltar corretamente entre os abismos que há no caminho da estrada, é uma fase onde os movimentos de combate de Caco terão menor relevância, com foco maior em suas habilidades de mobilidade. Próximo ao final, há uma caixa bem escondida que necessitará do Rocket Jump para ser quebrada.

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:30:00

Ouro: 2:00:00

Platina: 1:39:00

 

Fase 36B - The Amazing Mech-Girl (A Incrível Garota-Mecânica)

1 Power Orb / 1 Diamante (112 caixas) / 1 Diamante / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Nina Cortex

Aparência: Cidade

Dificuldade: 14/20

O nome desta fase é uma referência ao Homem-Aranha. Nesta fase, Nina vai por cima dos prédios no meio de uma tempestade em jogabilidade semelhante à Rooftop Rampage do Crash Twinsanity, será uma fase totalmente dedicada a tirar proveito das habilidades de escalada da personagem. Ela possui 3 Checkpoints e a parte do segundo será fugir de um furacão. O Bônus fica logo antes do terceiro Checkpoint e a Plataforma Caveira depois do terceiro.

Área da Plataforma Caveira:

Ela é complicada, você terá que ser rápido nas escaladas por conta da tempestade de raios que ocorrerá e há vários NITROs para atrapalhar também. Pegue o Diamante e no fim se encontra um portal de saída.

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:40:00

Ouro: 2:17:00

Platina: 1:44:00

 

Chefe 7B - Dr. Neo Cortex (3)

Dificuldade: 15/20

Barra de vida: ---

CUTSCENE

Crunch, Caco e Aku Aku saem pelo portal que os levou a um esgoto e eis que sem demora uma quarta pessoa também sai e se junta a eles, não era outra se não Coco Bandicoot.

- Até onde sei, só nós é que somos jogáveis agora! - disse Caco. - O que está fazendo aqui?

- Nada, só vim agradecer por ter guardado meu laptop e também por ter me salvado... Meu herói!

- Não! - Caco gritou em desespero, já se imaginando em abraços que quebrariam seus ossos e quase o matariam asfixiado. - Eu sabia que isso ia acontecer!

Nisso, Coco começou a rir e disse:

- Bobão, caiu direitinho, hahaha!

- Tá bom, já chega, desse jeito vou acabar shippando vocês. - disse Crunch, fazendo Caco e Coco olharem com estranheza para ele. - O que foi? Mesmo se for absurdo e improvável, eu tenho esse direito!

- Crianças, ele está vindo. - Aku Aku chamou a atenção para o indivíduo de baixa estatura e de cabeça grande que se aproximava a caminhar, quando se colocou à vista de todos.

- Doutor Cortex... - disse Crunch.

Cortex estava pálido e tinha uma Power Orb incrustrada em sua testa com as ramificações de raiz indo até o seu braço direito, fundidas com a pistola de raios em sua mão. Suas roupas também possuíam alguns rasgos e sua expressão era séria e tenebrosa, com olhos opacos.

- É o mesmo que aconteceu com a Coco, esse é o significado das palavras que Fate disse, ele está escolhendo cavaleiros para seu Apocalipse! - disse Aku Aku.

- Meu tio está realmente assustador. - disse Caco com um sorriso de canto, estalando os dedos da mão direita na palma da mão esquerda. - Isso vai ser muito divertido!

- Nada disso parceiro! - Crunch o suspende pela parte de trás da gola da camiseta e o coloca para trás de si. - Você fica aí discutindo a relação, eu cuido do seu tio.

- Aaaaaah! - Cortex gritou, preparando-se para atirar.

FIM DA CUTSCENE

- A área central do esgoto onde você lutará é redonda e razoavelmente ampla, então há espaço suficiente para você mover Crunch sem problemas;

- Todavia, ela não se resume apenas a isso, no entorno há corredores conectados por aonde Cortex irá se mover, enfrenta-lo poderá ser frustrante, já que ele adotará uma estratégia de atirar e correr;

- Cortex atirará grandes raios de energia rosa através da pistola de raios;

- Desvie e em hipótese alguma use a defesa, pois os tiros a quebrarão e deixarão Crunch vulnerável para receber o próximo tiro;

- Não tente perseguir Cortex também, pois ele será mais rápido;

- Os tiros ocasionarão danos ao local, fazendo com que grandes objetos de metal se soltem do cenário, tais como pedaços da parede e canos;

- Quando Cortex parar para carregar um grande tiro, agarre um dos objetos grandes e o arremesse, mas seja rápido, pois uma vez disparado, esse tiro carregado será capaz de romper o objeto arremessado e te atingir, então é matar ou morrer;

- Faça isso três vezes , lembrando que os tiros no geral ficarão cada vez mais rápidos.

PODER ADQUIRIDO:

PLASMA SHIELD

Poder exclusivo de Crunch que incrementa sua habilidade de defesa. Com ele, ao segurar L1, Crunch utilizará sua mão mecânica para criar um escudo de plasma ao redor do seu corpo, tornando-o literalmente invulnerável a tudo enquanto em posição de defesa, ou seja, ataques e projéteis mais fortes que normalmente o matariam não mais serão capazes de romper sua defesa, além de poder causar dano contra inimigos menores que o atacarem diretamente.

Pela descrição já fica clara a vantagem se decidir se testar enfrentando Cortex novamente, já que com esse poder, defender-se dos projéteis não será mais um problema.

 

VÍDEO 15 (B)

- Ha! Crash não é o único bandicoot que pode te derrotar!

Cortex foi derrubado de lado e a Power Orb se rompeu, ocasionando sua volta ao normal, momento em que Caco se aproximou para verificar o estado dele.

- Que bom, parece que ele está bem.

- Você ainda se importa com o Cortex, mesmo depois de tudo o que ele te fez? - perguntou Coco.

- É que ainda tenho esperança de livrá-lo do Uka Uka e torná-lo uma boa pessoa, mesmo parecendo algo praticamente impossível.

- Depois de te ver ser tão vingativo, é muita consideração de sua parte.

- Bem, acho que temos que acordá-lo agora, não? - comentou Crunch.

- Oh, é verdade! - disse Caco que, ao tentar se aproximar, pisou acidentalmente na pistola de raios que acabou disparando contra o traseiro do seu tio. - Oops...

- Uaaai! - gritou Cortex, saltando do chão a esfregar a mão nas suas nádegas queimadas. - O que aconteceu?

Caco ria a coçar atrás da cabeça, sem jeito enquanto os demais riram do ocorrido.

FIM DO VÍDEO 15 (B)

 

Warp Room 8B

 

Fase 37B - Rain of Destruction (Chuva da Destruição)

1 Power Orb / 1 Diamante (100 caixas) / 1 Diamante Laranja (requer o Diamante Preto) / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Crunch Bandicoot

Aparência: Selva sendo destruída por meteoritos

Dificuldade: 15/20

Nesta fase você irá com Crunch por uma selva caótica e envolta em chamas, tomando cuidado com os meteoros e bolas de fogo que possam vir a cair em seu caminho. Você poderá usar esses corpos celestes para jogar nos inimigos e tirar alguma vantagem da destruição do cenário. Algumas áreas irão requerer a passagem de alguns puzzles difíceis utilizando das habilidades de Crunch para poder avançar entre os 3 Checkpoints que a fase possui. Antes do terceiro se encontra o Bônus e a plataforma do Diamante Preto está depois desse terceiro Checkpoint.

Área da plataforma do Diamante Preto:

Você será levado para uma área completamente cheia de fogo e troncos de árvores caídos, avançar aqui será uma dor de cabeça, você precisará abusar bastante da destruição do cenário, de empurrar objetos e ao mesmo tempo tomar extremo cuidado para não arruinar seu jogo trancando sua própria passagem, será preciso inteligência aqui. Há uma porção de inimigos também até chegar ao Diamante Laranja no final da área.

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:03:00

Ouro: 1:49:00

Platina: 1:27:00

 

Fase 38B - Motodeath (Motomorte)

1 Power Orb / 1 Diamante (11 caixas) / Relíquia

Tipo: Corrida

Personagem Jogável: Caco Human

Aparência: Cidade em caos

Dificuldade: 16/20

Hora de Caco correr com sua moto (a mesma do final de Crash Bandicoot: Survival!) contra os tikis e suas motos mágicas de madeira. As ruínas servirão de rampa e mesmo sendo complicada de vencer, certamente será uma das fases mais divertidas do jogo. Fique muito atento aos abismos e buracos no cenário e também às curvas fechadas. Os controles da moto serão os mesmos da Fase 17.

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:00:00

Ouro: 1:44:00

Platina: 1:00:00

 

Fase 39B - Hot Run (Corrida Quente)

1 Power Orb / 1 Diamante (5 caixas) / Relíquia

Tipo: Le parkour

Personagem Jogável: Nina Cortex

Aparência: Floresta inundada de lava

Dificuldade: 16/20

Terceira fase de parkour do jogo, seu rival será um tiki de fogo e o cenário será uma floresta inundada pela lava de um vulcão. Seu adversário será bem ágil, vá pulando e usando as árvores com galho de argola para saltar, essa fase será bem mais dinâmica e divertida que as anteriores do mesmo estilo jogáveis com o Crash. A fase tem apenas 1 Checkpoint e as outras quatro caixas estarão bem escondidas ou de difícil acesso no cenário. Após o Checkpoint, a corrida se resume mais a escalar o vulcão, terminando no topo dele, todo o cuidado será pouco nessa área de modo que os Sneak Shoes podem vir a ser úteis, mesmo que tenha que ser rápido para vencer. A corrida termina no cume do vulcão, ganhando assim a Power Orb e tendo acesso ao portal de saída. O desafio das Relíquias dessa fase provavelmente é um dos mais difíceis do jogo todo.

Tempo das Relíquias:

Safira: 3:00:00

Ouro: 2:30:00

Platina: 1:50:00

 

VÍDEO 16 (B)

À procura da próxima Power Orb, Caco havia ido para uma ilha que possuía um vulcão e tal como todo o planeta, ela estava sendo afetada pelo caos, mas parecia quieta, as árvores estavam secas (já queimadas) e da lava restaram apenas resquícios.

- Esse silêncio...

- Sim. - concordou Aku Aku. - A sensação de que algo ruim está prestes a acontecer.

Foi como um cometa vindo do céu, houve uma colisão contra o vulcão, praticamente o partindo no meio, um grande tremor teve início e a lava começou a jorrar em grande quantidade, obrigando Caco e Aku Aku correrem até chegarem a um círculo aberto cercado de árvores na floresta, onde encontraram e se viram tensos diante da figura responsável pela destruição, se levantando depois da aterrissagem de sua queda, momento em que o portal se abriu para a chegada de Crunch, Cortex, Nina, Uka Uka e Coco, essa última totalmente chocada.

- C-Crash? Não pode ser!

Crash estava pálido e de olhos opacos, a perna esquerda da sua calça estava rasgada até o joelho e estava descalço do pé direito. Tinha uma Power Orb com muitas ramificações incrustrada em seu peito e sua expressão agora era raivosa como a de um animal selvagem rangendo os dentes, parecia muito com o Evil Crash da 10ª Dimensão.

- Kiiiiiiiiill! - Crash gritou ao avançar contra os heróis.

- Marsupial louco à solta, salve-se quem puder! - exclamou Cortex, sendo o primeiro a correr.

Caco desvia por pouco da investida de Crash que acaba acertando Nina, atingindo Cortex por tabela, levando ambos a colidir contra uma rocha, a qual se despedaçou com o impacto.

- Aquele bandicoot sem cérebro se tornou um verdadeiro monstro. - comentou Uka Uka, um tanto assustado, antes de se encaminhar até seus aliados.

Posto isso, Crash voltou sua atenção para Coco.

- Crash, sou eu, a sua irmã, Coco. Você não me machucaria, não é? - ela o fez parar por um momento a coçar a cabeça quando novamente se descontrolou.

- Kiiiiiiiill! Kiiiiiiiiiiiiiiiiiillll!

- Crash, esse não é você, por favor, reaja!

Ele partiu para cima, mas Caco saltou e a tirou do caminho do giro dele.

- O Crash não vai te ouvir, não enquanto estiver sendo controlado por aquela coisa como você também já esteve. - disse Crunch que se aproximou e os ajudou a se levantar.

- Grandão, tire a Coco daqui e deixe o resto comigo.

- Tem certeza?

- Tenho, nós vamos salvá-lo, eu prometo.

Crunch e Coco então se afastaram, deixando Caco e Aku Aku sozinhos diante do marsupial que rosnava para eles.

- Eu nunca imaginei ver o Crash assim, acha que pode derrota-lo?

- Não sei, mas se é preciso lutar, então vamos lutar. - Caco se colocou sua posição de lutador. - Certo Crash, estou pronto, pode vir!

- KIIIIIIIIIIIIIIIILLLLLL! - gritou Crash, avançando contra Caco.

FIM DO VÍDEO 16 (B)

 

Chefe 8B - Crash Bandicoot

Dificuldade: 18/20

Barra de vida: ---

- Que tal o protagonista como chefe? A força e o tamanho da área de ataque do Crash serão simplesmente absurdos e ele perseguirá você sem piedade a tentar de acertar com giros;

- A melhor forma de desviar será usando as esquivas do modo de combate, mas de forma alguma contra-ataque em seguida porque seus combos não causarão dano real e só te deixarão vulnerável ao final deles, então só mantenha o máximo de distância possível;

- Chegará o momento em que ele saltará e tentará te esmagar com sua esmagada, mas calma que ainda não é a hora, nesse momento você deverá saltar, pois o impacto causará um grande tremor com uma onda de choque inevitável se Caco estiver no chão no momento do impacto;

- Aguarde até que ele tente te acertar por baixo com uma deslizada e a partir daí você tem duas opções: a primeira será esquivar no modo de combate e contra-atacar com um combo e a segunda (mais difícil) será pular na cabeça dele;

- Em ambos os casos, Crash ficará tonto e neste momento você deverá finalizá-lo com um dos golpes especiais iniciados com uma deslizada: o soco com impulso, o chute giratório ou o uppercut giratório;

- Enfim isso fará a barra de vida dele diminuir, então faça todo o processo três vezes, tendo em mente que Crash o atacará cada vez mais rápido;

- Findado isso, nosso querido bandicoot estará liberto do controle do mal.

PODER ADQUIRIDO:

CHAIN COMBO

Poder exclusivo para o Caco que lhe outorga um buff em sua capacidade de ataques combinados, dobrando-a. Com este poder, o jogador será capaz de alternar entre a sequência de socos e chutes, podendo fazer com que Caco execute combos de até 6 hits, além de torna-lo capaz de executar combos enquanto estiver no ar.

Com este poder, reenfrentar Crash será mais fácil se assim desejar, pois um contra-ataque com um combo de 6 hits de fato será eficiente para tonteá-lo depois de uma esquiva no modo de combate, ou seja, não haverá necessidade de esperar ele usar a deslizada para fazer isso.

 

VÍDEO 17 (B)

Crash cai sentado e em seguida deita e desmaia enquanto Caco suava em total cansaço, vendo enfim a Power Orb se romper em pedaços e seu amigo retornar à normalidade.

- Eu... venci?

Naquele momento, Coco, acompanhada por Crunch, passou por ele correndo e se abaixou para junto do irmão:

- Crash, você está bem? Crash!

- Coco, use a técnica. - disse Aku Aku.

- Oh, é mesmo! Caco, tem uma wumpa aí?

- Acho que tenho. - Caco enfiou a mão em seu bolso sem fundo de onde começou a tirar um monte de bugigangas, algumas maiores que ele próprio, até por fim encontrar uma wumpa. - Aqui está, mas por que você quer... - ela surrupiou a fruta de sua mão, antes que pudesse terminar a pergunta. - Ei!

Coco coloca a wumpa diante do focinho de Crash que a fareja e acorda na mesma hora, já dando uma mordida na mesma que quase engoliu o braço da sua irmã junto.

- Devagar irmão!

- A técnica nunca falha! - comentou Crunch.

- Então era isso... Bem-vindo de volta amigo!

- Haho! - Crash exclamou levantando-se e nisso os dois se cumprimentaram com um brofist.

Caco novamente enfiou a mão em seu bolso, retirando um saco enorme de wumpas e despejando no chão para os dois comerem e recuperarem as energias. Cortex chegava todo quebrado junto de Nina e Uka Uka naquele instante, mas assim que Crash lhe olhou, o cientista se assustou e saiu gritando, deixando suas ataduras para trás em uma nuvem de poeira enquanto o bandicoot coçava a cabeça, confuso com o cômico ocorrido.

FIM DO VÍDEO 17 (B)

 

Warp Room 9B

 

Fase 40B - Weapon NCHC (Arma NCHC)

1 Power Orb / 1 Diamante (12 caixas) / Relíquia

Tipo: Guerra de aeroplanos

Personagem Jogável: Caco Human

Aparência: Voo sobre vale montanhoso em meio uma tempestade

Dificuldade: 17/20

O nome dessa fase é uma referência ao próprio nome completo do Caco (New Caco Human Cortex). Nesta fase, Caco pilota um caça semelhante ao do Crash e tem que destruir cinco templos que soltam raios de magia na atmosfera a fazer a tempestade ficar mais intensa, se aproximar deles será uma tarefa extremamente difícil. Como de costume, cuidado com os kamikazes dos tikis e também para não bater nas montanhas.

CONTROLES DO AVIÃO:

DIRECIONAL ou ANALÓGICO ESQUERDO = pilotar aeronave

X = metralhadora

BOLINHA = lançar míssil (segure o botão, aguarde a mira ficar verde e então solte)

QUADRADO = girar (barrel roll)

R1 e L1 = esquivar para os lados (barrel roll)

Tempo das Relíquias:

Safira: 3:25:00

Ouro: 2:40:00

Platina: 2:10:00

 

Ao voltar ao Warp Room temos um vídeo.

 

VÍDEO 18 (B)

Reunidos no templo, o mudo Crash tentava se comunicar com os demais através de mímicas e sons inarticulados que a maioria ali não estava entendendo.

- O que foi que ele disse? - perguntou Cortex.

- Então eu tinha razão, Fate os capturou e fez de vocês seus Cavaleiros do Apocalipse. - disse Aku Aku, sendo capaz de compreendê-lo. - Você era o da Fome, o Doutor Cortex o da Guerra e a Coco o da Peste, é isso?

Crash acenou positivamente com a cabeça.

- Faz sentido, o meu irmão por ser faminto por wumpas, o Doutor Cortex por sempre causar conflitos e eu pela habilidade com a tecnologia e manipulação de sistemas. - disse Coco.

- E quem é o da Morte? - perguntou Crunch.

- Ele não sabe, mas sabe do plano que o inimigo tem em mente. - respondeu Aku Aku.

- Bom e que plano é esse? - Caco questionou e Crash respondeu a ele com sons sem sentido. - Essa não!

- O que foi que ele disse? O que foi que ele disse? - perguntou Cortex novamente.

- Ele disse que o Fate Tropy lá não tem poder suficiente para fazer um Apocalipse acontecer sozinho, por isso ele está atrás das Power Orbs, para aumentar seus poderes e assim destruir o Sol para dizimar a vida na Terra.

- Destruir o Sol? - perguntou Cortex. - Aquele safado roubou a minha ideia!

- Entendeu agora Cortex? - perguntou Uka Uka. - Nós e eles temos um mesmo inimigo em comum, por isso decidi que vamos colaborar com eles, por enquanto.

- Minha visão realmente estava correta desde o início. - disse Aku Aku. - Caco, temos que coletar o resto das Power Orbs antes dele e assim evitar que isso aconteça!

- Claro! - disse Caco em concordância.

FIM DO VÍDEO 18 (B)

 

Fase 41B - Hyperspatial Quest (Busca Hiperespacial)

1 Power Orb / 1 Diamante (116 caixas) / 1 Diamante (requer o Diamante Marrom) / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Caco Human

Aparência: Hiperespaço como o do Crash Bash

Dificuldade: 17/20

Esta fase manda Caco para um templo no hiperespaço semelhante ao do Crash Bash e do vídeo inicial de The Wrath of Cortex. A quantidade de tikis aqui é uma loucura, a fase é difícil e exigirá bastante dos combos de Caco, prato cheio para quem gosta de um bom beat'em up. Há 3 Checkpoints, com o Bônus próximo ao começo, ainda antes do primeiro e a plataforma do Diamante Marrom em cerca da metade da fase.

Área da plataforma do Diamante Marrom:

Ela te leva para outra parte do templo, cheia de armadilhas e NITROs, será requerido em maior parte as habilidades de locomoção do personagem, tirando proveito de inimigos no ar para "planar" usando o Chain Combo. No fim, pegue o Diamante e saia da fase pelo portal.

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:30:00

Ouro: 2:00:00

Platina: 1:30:00

 

Fase 42B - Over the Moon (Sobre a Lua / No Mundo da Lua)

1 Power Orb / 1 Diamante (50 caixas) / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Caco Human

Aparência: Lua

Dificuldade: 18/20

Caco irá para a superfície da Lua, uma fase similar à Space Battleground do Crash Bandicoot: Survival!. Esta fase não é linear, é totalmente de livre circulação e você poderá controlar a câmera com ANALÓGICO DIREITO, podendo centralizá-la com o R3. A Power Orb você já pega logo que chega à fase, estando logo à frente do personagem, mas o portal de saída só se abre quando se pega todas as caixas, o que vai exigir agilidade no desafio da Relíquia. Caco, apesar de estar na roupa de astronauta, consegue fazer todos os seus movimentos, mas os efeitos estão um pouco diferentes por causa da falta de gravidade, o mais notável é o pulo que está bem mais alto e o Rocket Jump quase que o tirando de órbita. Dali é possível ver a Terra, um pouco diferente por causa do caos, não há tikis aqui, mas é possível encontrar sondas e maquinários de pesquisa que atacam e são bem resistentes aos combos.

Tempo das Relíquias:

Safira: 5:00:00

Ouro: 4:00:00

Platina: 3:00:00

 

Antes de irmos ao Chefe 9, sem lembram que eu parei aqui também durante a explicação das fases na opção A? Bem, isso porque do Chefe 9 para frente, não importa qual opção você escolheu no Vídeo 12, a partir daqui história e as fases serão iguais para ambas as opções, salvo por algumas diferenças no final do jogo que serão explanadas quando chegar o momento. Por enquanto, as histórias de ambas as linhas do tempo se alinham.

 

...

 

VÍDEO 19

Crash, Caco e Aku Aku passam pelo portal rumo à próxima Power Orb, sendo levados para uma floresta de bambus asiática, saindo em uma área aberta, cercada por bambus, com o céu coberto de nuvens escuras. O lugar aparentemente ainda não tinha sido gravemente afetado pelo caos, mas tudo era apenas questão tempo.

- Olá Crash e Caco, não os vejo desde o incidente da Décima Dimensão. - um vórtice temporal se abriu e um indivíduo familiar de sotaque britânico surgiu através dele, portando seu cajado metálico.

- Você é o... Time Tropy! - disse Caco.

N. Tropy havia voltado a usar a armadura mais simples dos tempos de Warped e WOC, já que no mencionado incidente de Survival!, ele estava com a armadura aderida desde Twinsanity.

- Na verdade é Nefarious Tropy ou apenas N. Tropy se preferirem, apesar de que os povos antigos que chamavam meu irmão mais velho de "Fate" realmente me chamavam de "Time".

- Irmão? - perguntou Aku Aku. - Então quer mesmo dizer que...

- Sim, o nome verdadeiro de "Fate" é Sinful Tropy ou apenas Sin. Tropy se preferirem e eu sou o irmão mais novo dele. Sei que devem estar confusos por conta da mania de grandeza que ele tem de se achar uma divindade, mas a verdade é que ele e eu somos apenas dois mortais que acabaram sendo endeusados por aquelas civilizações.

- Agora entendo, por muito tempo, desde antes de abandonar meu corpo humano para me tornar o espírito protetor que reside dentro desta máscara que já ouvia falar a respeito do deus do tempo e do deus dos acontecimentos daqueles povos, esses deuses eram vocês o tempo todo.

- Eu não estou entendendo nada. - disse Caco. - Crash, você está entendendo alguma coisa?

Crash responde coçando a cabeça enquanto acena negativamente.

- Sin. Tropy e eu pertencemos a esta era e graças às nossas pesquisas e experiências que conseguimos a capacidade de controlar o tempo e os acontecimentos, mas era arriscado demais mostrarmos ao mundo moderno tais habilidades sem antes as desenvolvermos por completo, então nos escondemos no passado, onde nos tornamos como deuses para aqueles povos. No entanto, meu irmão abraçou demais esse papel e decidiu se tornar parte da profecia sobre o fim dos tempos dada aqueles povos pelos Anciões, ele ficou hibernando por incontáveis séculos até chegar a esse momento enquanto que eu deixei aqueles povos e prossegui com minhas viagens temporais, me aliando ao grande Uka Uka em determinado momento. Agora que meu irmão despertou, pretendo ajuda-lo com seu desejo de acabar com este mundo simplesmente porque quero, será divertido que exista uma linha do tempo nesta dimensão em que tudo foi dizimado por nós... Tempo e acontecimentos sob o nosso controle, seremos invencíveis juntos no auge de nossos poderes! - N. Tropy revelou uma Power Orb que portava consigo. - Neste momento, eu assumo o manto do quarto cavaleiro, a Morte!

Brilhando intensamente, a Power Orb flutuou e quebrou o relógio no peito de sua armadura, se incrustando a ela a formar ramificações de cristal, N. Tropy empalideceu e seus olhos se tornaram opacos na medida em que seu poder cresceu, erguendo seu cajado a fazer a energia pulsar e todo o tempo parar em tons negativos, exceto para eles quatro.

- Ainda não sei o que está rolando, mas nós lhe chutaremos o traseiro como fizemos da última vez! - disse Caco, colocando-se em posição de combate. - Vamos Crash, vamos acabar com ele juntos como nos velhos tempos!

- Iiiha! - gritou Crash também se preparando.

FIM DO VÍDEO 19

 

Chefe 9 - N. Tropy

Dificuldade: 18/20

Barra de vida: ----

- Você lutará contra N. Tropy ao estilo de jogabilidade de Crash Bandicoot: Survival!, tendo de revezar entre Crash e Caco para vencê-lo. Para trocar o personagem, aperte L3 e o personagem que você estiver controlando sairá para dar lugar ao outro;

- N. Tropy estará no centro da área cercada de bambus paralisada no tempo, primeiro ele fará um escudo de energia em torno de si e flutuando lançará bolas de energia teleguiadas que você deve desviar correndo, uma tarefa não muito fácil devido à rapidez dos projéteis, então é mais recomendável usar Crash e seu Super Slide para a tarefa;

- Quando ele parar de atacar e descer no chão, troque Crash por Caco e ataque o campo de energia com os combos (o giro do Crash será repelido pelo escudo de energia, ainda que seja o Death Tornado Spin);

- Após alguns combos, o escudo se romperá, então troque Caco por Crash e acerte N. Tropy com um giro para diminuir um hit em sua barra de vida (só há uma chance e um golpe isolado do Caco não terá força suficiente);

- Agora ele fará o escudo de energia de novo e levantando o cajado, lançará raios em você, é mais do que recomendável usar Caco e os seus movimentos de esquiva agora;

- Quando ele parar de atacar e descer ao chão, repita o que fez antes, ataque a barreira com os combos do Caco e após ela sumir, use o giro do Crash;

- Na terceira ele fará o escudo novamente, mas se manterá no chão e baterá seu cajado no solo a gerar uma onda de energia. A estratégia para desviar agora será diferente dependendo de qual rumo na história do jogo você tomou;

- Se você escolheu o rumo da opção A, Crash terá o Death Tornado Spin e será ele quem você deve escolher, então salte e use seu poder para planar no ar tempo suficiente até que a onda de energia acabe;

- Se você escolheu o rumo da opção B, Caco terá o Chain Combo e será ele quem você deve escolher, então salte e comece uma sucessão de combos no ar contra a própria barreira de N. Tropy, se mantendo longe do solo tempo suficiente até a onda de energia esvair;

- Em ambos os casos, quando isso acontecer, faça o mesmo que antes (combos do Caco, depois giro do Crash);

- Na última rodada, ele fará o escudo de novo e irá se enfurecer, criando um grande tornado de energia em torno de si que tentará puxar seu personagem;

- Nenhum dos dois será capaz de escapar sozinho, o macete aqui é trocar de personagem algumas vezes no último instante, antes de ser sugado, com um salvando o outro no processo;

- Assim que ele parar, já sabe, combos do Caco e depois giro do Crash e bons sonhos N. Tropy, o tempo que foi paralisado começa andar novamente.

PODER ADQUIRIDO:

SPEED SHOES

Finalmente o poder de correr rapidão, agora você já tem a habilidade necessária para ganhar as Relíquias de Platina! Para usá-lo é o esquema de sempre, enquanto estiver correndo, segure R2 e ganhará mais velocidade. O poder pode ser usado por todos os personagens, isto é, Crash, Caco, Coco, Crunch, Cortex e Nina.

É chover no molhado que ele facilitará bastante a evasão de ataques caso retorne para enfrentar N. Tropy pela diversão, especialmente na parte do tornado.

 

VÍDEO 20

N. Tropy está caído e a Power Orb se rompe, fazendo-o voltar ao normal.

- É isso aí Crash! - disse Caco fazendo um "toca aqui" com ele.

- Vejo que ainda não perderam o jeito, vocês trabalham muito bem juntos. - comentou Aku Aku.

- De nada adiantará terem me derrotado, o Apocalipse já está acontecendo... A essa altura, só as Relíquias do Tempo mais raras seriam capazes de revertê-lo. - resmungava N. Tropy, quase sem fala ao se reerguer, sacando uma Relíquia de Platina que se rompe em partículas de energia e começa a rebobinar o tempo em torno de si, dando início à restauração dos danos que havia acabado de sofrer. - Por agora, irei recuar, mas da próxima vez que nos encontrarmos... Ugh!

Uma grande pedra cai de repente em cima dele, antes que pudesse terminar a restauração e também de dizer o que iria dizer.

- Acho que você não vai a lugar nenhum por enquanto, hehehe! - disse Crunch ao bater as palmas das mãos uma na outra, sendo o responsável pelo ocorrido.

- Bom trabalho pessoal! - disse Coco ao cumprimentar Crash e Caco.

- Hihihaha! - disse Crash.

- É, mas ainda não acabou, temos muito trabalho a fazer. - disse Aku Aku. - Parece que, além das Power Orbs, teremos também que conseguir as Relíquias do Tempo mais poderosas já criadas pelos Anciões para vencer esta batalha.

Eis que se ouviu o barulho de um trovão e do tempo fechado, uma chuva começou a cair.

- A tormenta se avizinha e o portal por aonde Crunch e eu viemos fica um pouco afastado daqui. - disse Coco. - Vamos!

Todos saem dali enquanto a chuva aos poucos ficava mais acentuada, o grupo ia correndo por entre os bambus até que, de repente, ouviram o grito de uma garota.

"SOCORRO! ALGUÉM DE AJUDA!!!"

- Vocês ouviram? - perguntou Crunch.

- Parece que alguém está em perigo! - exclamou Coco.

- Acho que vem dali, vamos lá ver! - disse Caco.

O grupo corre naquela direção que acaba dando na beira de um rio, cuja correnteza parecia um mar furioso que havia levado uma casa que originalmente ficava a beira daquele rio.

- Lá está. - disse Crunch.

- SOCORRO!!! - a garota gritava, agarrada a um dos pilares da casa em pedaços.

- A correnteza está levando-a para a cachoeira! - disse Aku Aku. - Temos que fazer alguma coisa!

Foi naquele momento que Caco surpreende a todos, pulando na água. O garoto nadou com ímpeto até que chegou perto da garota e mesmo sem ver quem ela era no meio daquela confusão, disse:

- Rápido, segure-se em mim!

Sob as costas de Caco, ela segurou-se envolvendo os braços em volta do pescoço dele. Começava então a luta de Caco em enfrentar a terrível correnteza para voltar, estava aos poucos sendo levado à exaustão.

- Aguenta firme parceiro! - gritou Crunch. - Temos que achar um jeito de ajudá-lo!

Foi então que Crash bateu a mão fechada na palma da outra, novamente o bandicoot teve uma ideia ousada e pega seu ioiô, guardado em seu bolso, começando a jogá-lo e puxá-lo algumas vezes.

- Crash, não é hora para brincadeiras! - Coco o exortou, mas ele a ignorou.

Crash começa a girar o ioiô, executando a manobra voltas e voltas algumas vezes, antes de jogá-lo em direção a Caco, com o barbante milagrosamente se encompridando até alcança-lo e se embolar no pulso direito dele.

- Valeu Crash! - Caco gritou enquanto o marsupial respondia lhe mostrando o polegar em sinal de positividade.

- O que ele vai fazer? - perguntou Crunch, vendo Crash segurar o barbante com as duas mãos e puxá-lo para contrair o ioiô novamente, foi a força que Caco precisava para enfim conseguir nadar até a superfície.

- Não acredito, eles conseguiram fazer um salvamento desses com um simples ioiô? - disse Coco, incrédula ao ver seu irmão puxar seu brinquedo para guarda-lo. - Isso não faz o menor sentido!

Caco então tira a resgatada de suas costas, uma garota panda em vestimentas chinesas de cores verde e vermelho:

- Você está be... - Caco por fim a reconhece. - AH, MAS NÃO É POSSÍVEL!

- Meu herói!

- Yaya Panda? - disseram todos ao mesmo tempo, exceto Crash, que não fala.

- Mesmo depois do que houve, você veio me salvar... - disse Yaya, abraçando Caco. - Meu herói!

- Ei, você passou a me odiar, não se lembra?

- Esqueça o que eu disse, você é meu herói de novo! - ela o abraçou mais forte e mesmo sendo praticamente asfixiado, Caco sorriu feliz e um tanto envergonhado.

- Ah Yaya, não tem outro jeito, não é? Acho até que senti falta disso...

No que ele disse essa frase, ela o abraçou ainda mais forte e a coluna dele estalou, levando-o a cair, o que fez a própria garota panda entrar em desespero, temendo ter lhe quebrado o pescoço.

- Oh não, o que foi que eu fiz? Caco, meu herói, Caco!

- Meu casal! - disse Crunch, fazendo Crash, Coco e Aku Aku olhar estranho para ele. - O que foi? Vão me dizer que vocês também não shippam?

- Que bom que tudo terminou bem para eles, eu acho... - disse Aku Aku enquanto Caco tinha espasmos, todo quebrado no chão. - Melhor irmos andando crianças, Crunch, por favor, carregue-o e vamos.

FIM DO VÍDEO 20

 

Ao voltar ao Warp Room temos mais um vídeo.

 

VÍDEO 21

Todos estavam reunidos no templo quando o Dr. Neo Cortex chega anunciando:

- Olá, queridos bandicoots! - ele pega um saco de papel e vomita dentro dele de nojo pelo que havia dito, depois continua. - Eu consegui reunir meus fiéis serviçais que estavam perdidos por aí depois de enfrentar vocês para me ajudar e graças a isso, minha Solar Seed Spaceship está consertada, já temos o necessário para coletar as Relíquias do Tempo!

- Isso é ótimo tio! - disse Caco segurando a placa de pedra com inscrições antigas na mão, se juntando a todos ao chegar junto com Yaya. - Vamos ter que ser rápidos para conseguir as mais poderosas, mas se nos empenharmos, tenho certeza de que vamos conseguir!

- Caco, se for usar um veículo, lembre-se do que te ensinei, seja sempre selvagem e confiante.

- Claro Yaya, VROOM, VROOM! - Caco fez mímica como se a placa fosse um volante e os dois riram.

- Vejo que resolveram seus problemas. - comentou Coco.

- Sim, eu pedi desculpas e a Yaya foi bondosa em me perdoar.

- E eu entendi que estava pressionando demais o Caco e que devia dar mais espaço para ele, nos entendemos e agora somos bons amigos!

- Ótimo, mais uma boa influência para o meu sobrinho... - comentou Cortex. - New, por que você não é como a Nina? Será que não percebe que essa panda e esses bandicoots não vão fazer mal para você? - Cortex chegou mais perto e o agarrou pelo colarinho, momento em que Aku Aku, observando à distância, percebeu que o brilho da placa de pedra nas mãos de Caco ficou levemente mais forte. - Como seu tio, ordeno que se afaste das boas companhias ou vou dar um jeito de te colocar de castigo!

- Você não vai fazer nada para ele de novo, tio malvado! - Yaya se colocou entre os dois, com sua expressão fofa e alegre convertida em uma expressão furiosa e assustadora, o que fez o cientista dar meia-volta e tentar fugir dela. - Hi-yah!

Em um chute de sola de pé, ela o acertou no traseiro e o jogou longe, ficando em posição de combate até ele colidir com a cara contra um gongo no fundo do cenário, momento em que ela uniu as palmas das mãos e fez uma reverência.

- Caramba, mesmo com esse tamanho, parece que ela bate bem forte! - comentou Crunch.

- Belo golpe Yaya, você é a minha heroína! - disse Caco, abrindo um sorriso ao mostrar o polegar em sinal positivo.

- Não foi nada, só golpeei como você me ensinou! - feliz com o elogio, ela o abraçou de repente. - Meu herói!

- Uaaaai! - com o susto, Caco acaba jogando a placa para o alto, o objeto estava prestes cair no chão e se quebrar em pedaços quando Nina estica sua mão mecânica e o agarra a tempo, levando o garoto a suspirar aliviado. - Uuuuuuufffff...

- Perdão Caco, eu perdi o controle.

- Está tudo bem Yaya, não se preocupe. - dito isso, ele voltou sua atenção para Nina, que estava lhe devolvendo a placa. - Valeu Nina!

- Vê se toma mais cuidado, seu fracassado!

- Olha só quem fala, a sobrinha do cientista do mal mais fracassado do mundo. - retrucou Coco.

- Espera aí Coco, do que você a chamou? - perguntou Caco.

- De sobrinha do...

- Hahahahahahaha...

- Do que está rindo?

- É que você está mal informada, a Nina na verdade é filh...

- New, digo, Caco, cale a boca! - gritou Cortex que veio correndo e o interrompeu na mesma hora, com a cara cheia de curativos e o velho travesseiro amarrado na cintura.

- Por que tio? Eu só estava dizendo que a Nina é sua filh...

- Caco, já disse pra se calar!

- Mas o que tem de mal eu dizer que Nina é sua filh...

- CACO, PELA ÚLTIMA VEZ, CALE-SE! - Cortex pegou uma wumpa que tinha no bolso. - Está vendo essa wumpa? Você pode ficar com ela, COM TANTO QUE FIQUE CALADO!

- Tudo bem então... - mesmo confuso, Caco sorriu ao pegar a fruta. - Obrigado tio!

Caco se retirou e então Nina questionou Cortex:

- Que conversa foi essa?

- Nada demais! - respondeu ele, rindo de nervoso.

- Tem certeza?

- Tenho, agora vá até N. Brio, N. Gin, Tiny e Dingodile, temos muito trabalho a fazer!

- Ei!

O doutor empurrou sua "sobrinha" para longe dali e mesmo confusa, ela o obedeceu e se retirou.

- Vocês entenderam o que aconteceu? - perguntou Coco.

- Não, eu não entendi. - respondeu Crunch.

- Eu também não. - respondeu Yaya.

Caminhando despreocupado pelo pátio, Caco acaba tropeçando e na prioridade de segurar a placa, acaba derrubando a wumpa que segue rolando pelo chão e para exatamente na frente de Crash, o qual tirava um cochilo sentado no chão. Os olhos do bandicoot se abriram e brilharam no mesmo instante, mais que depressa ele agarrou a fruta e abriu a boca para mordê-la, momento em que o garoto chegou.

- Então ela está aí, valeu Crash! - o bandicoot laranja puxou a wumpa para si. - Ei, devolva minha wumpa!

Crash acenou negativamente e depois disse algo aparentemente incompreensível:

- Ewumieecon!

- Como assim é sua porque você a encontrou?! Eu a ganhei do meu tio, me devolva agora!

Caco pulou em cima dele e os dois começam a brigar rolando no chão, como nos velhos tempos. Acabou que a wumpa rolou para longe deles e a placa com inscrições antigas também foi deixada no chão, Aku Aku notou que novamente ela brilhava enquanto próxima daqueles dois. Já de volta depois de ter tirado Nina dali, Cortex viu a wumpa parar diante de seus pés e a pegou, assistindo a cena:

- Tanta briga por causa dessa droga de fruta.

Na mesma hora, Crash e Caco pararam de brigar e olharam para ele.

- Devolva minha wumpa! - gritaram os dos juntos (Crash gritou "Uou!", mas quis dizer isso), antes de pularem para cima de Cortex.

- Aaah! - ele gritou em desespero, quando os dois se embolaram com ele, lutando pela wumpa em meio a uma fumaça como de desenho animado.

Rolando pelo pátio, eles se aproximaram da placa novamente, a qual brilhou mais do que antes.

- Esses três... - disse Aku Aku a si mesmo, tentando decifrar o que aquilo significava.

FIM DO VÍDEO 21

 

Você voltará a controlar Crash no Warp Room a partir daqui, caso tenha ido pela linha de história da opção B. O último Warp Room que fica no alto da escadaria do templo, o Warp Room 10, estará com as fases abertas agora, mas você notará que a plataforma que ficava na nave de Cortex estará ali no centro do pátio. Se você subir nela, o menu flutuante se abrirá, te dando a opção de se elevar para dentro da Solar Seed Spaceship a pairar no alto do templo, te dando acesso novamente aos Warp Rooms 1, 2, 3, 4, 5 e Secreto (o qual tem a vista do céu agora). Como você já ganhou os Speed Shoes, você já tem o necessário para ganhar as Relíquias de Platina nos Warp Rooms 1, 2, 3, 4, 5, Secreto, 6, 7, 8 e 9, então você pode voltar até eles para ganhar Relíquias ou simplesmente avançar para o Warp Room 10, na ordem que preferir.

As fases dos Warp Rooms da Solar Seed Spaceship ainda são como antes do caos se instaurar na história do jogo em termos de jogabilidade, mas você notará que a ambientação, ou seja, o cenário no entorno, estará caótico, o que significa que será uma experiência diferente revisitar essas fases.

 

Em sua primeira volta à Solar Seed Spaceship, temos um holograma especial com o Dr. Neo Cortex:

- Bem-vindo de volta à minha nave espacial, Crash Bandicoot! Todos os sistemas estão reconectados com o VR Hub System da sua irmã e prontos para ir! Meus capangas irão providenciar treinamento adequado a vocês enquanto coletam as Relíquias do Tempo, então se esforcem ao máximo para obter as mais preciosas possíveis e também melhorar a raridade das que possuírem a fim de termos o poder necessário para derrotar Fate, ou melhor, Sin. Tropy. Lembre-se Crash, meu caro inimigo, o destino do mundo está mais uma vez em suas mãos...

E então o holograma desaparece, finalizando a transmissão.

 

Warp Room 10

O Warp Room 10, como mencionado antes, possui cinco fases ao invés três, tal como os Warp Rooms da nave do Doutor Cortex, só que além disso, há outra coisa interessante: é o único Warp Room do jogo (tirando o 6B, 7B, 8B e 9B) em que Crash não é jogável em nenhuma das fases.

 

Fase 43 - Mayan's Fate Temple (Templo do Destino dos Maias)

1 Power Orb / 1 Diamante (113 caixas) / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Nina Cortex

Aparência: Templo Maia

Dificuldade: 19/20

Um grande templo feito nos moldes da arquitetura Maia, assim como a Fase 25, trata-se de uma fase razoavelmente longa, repleta de tikis e com muita escalada, será quase como avançar por um grande labirinto, só que linearmente. A fase é bem tranquila e intuitiva até o primeiro Checkpoint, com o intuito do jogador se acostumar com os controles da Nina, caso tenha ido pela linha de história da opção A anteriormente, mas depois dessa parte, a dificuldade se eleva grandemente. São 3 Checkpoints ao todo, havendo um Bônus entre o segundo e o terceiro. Há quatro caixas escondidas em uma área fora dos limites da câmera em que será necessário escalar com as mãos mecânicas quase que às cegas inicialmente, até a câmera ser puxada para a personagem em dita área.

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:50:00

Ouro: 2:27:00

Platina: 2:02:00

 

Fase 44 - Inca's Fate Temple (Templo do Destino dos Incas)

1 Power Orb / 1 Diamante (106 caixas) / 1 Diamante Preto / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Crunch Bandicoot

Aparência: Templo Inca

Dificuldade: 20/20

Este templo é mais aquém a arquitetura dos Incas e assim como na fase anterior, há muitos tikis, diria inclusive que a quantidade é ainda maior, então use e abuse dos objetos do cenário para derrubá-los em massa. Há alguns puzzles complicados que irão requerer a movimentação de objetos de um lugar ao outro, talvez você tenha que reiniciar se matando algumas vezes para entendê-los porque a dificuldade aqui é a mais elevada, o que pode atrapalhar até você chegar à Plataforma Caveira. A fase tem 3 Checkpoints, o Bônus se encontra entre o primeiro e o segundo e a Plataforma Caveira depois do terceiro.

Área da Plataforma Caveira:

Essa área vai exigir bastante da destruição do cenário para esmagar NITROs trancando a passagem, também há inimigos e você terá de empurrar alguns pilares também, tomando o máximo de cautela para não causar mais destruição do que o necessário, você próprio pode acabar fazendo blocos caírem em cima de Crunch se não souber o que está fazendo. Com muita paciência, chegue ao fim, pegue o Diamante Preto e saia da fase pelo portal.

Tempo das Relíquias:

Safira: 2:48:00

Ouro: 2:30:00

Platina: 2:04:00

 

Fase 45 - Aztec's Fate Temple (Templo do Destino dos Astecas)

1 Power Orb / 1 Diamante (96 caixas) / 1 Diamante / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Coco Bandicoot

Aparência: Templo Asteca

Dificuldade: 19/20

Desta vez será um templo com a arquitetura Asteca e com um ar tecnológico, por mais bizarro que pareça. Não há muitos inimigos, mas há muitos, muitos puzzles, não bastará apenas hackear o lugar e mover as plataformas, será preciso saber como mover tais plataformas para não acabar se sabotando e perder uma vida. Há duas caixas escondidas bem próximo ao início da fase que irão requerer o escaneamento da área para saltar corretamente. A fase possui 3 Checkpoints e um Bônus quase no fim da fase enquanto que a Plataforma Caveira estará antes desse Bônus, caso não tenha morrido na fase até então.

Área da Plataforma Caveira:

Ela te leva a outra área do templo, um local complicado que exigirá estratégia devido aos movimentos limitados da Coco, use bastante o Canhão Wumpa para eliminar inimigos à distância e evitar problemas. Há algumas caixas aqui, pegue-as, pois no final temos uma plataforma de volta para a fase.

Tempo das Relíquias:

Safira: 3:08:00

Ouro: 2:53:00

Platina: 2:10:00

 

Fase 46 - The Temple of Chaos (O Templo do Caos)

1 Power Orb / 1 Diamante (180 caixas) / 1 Diamante (requer os Diamantes Laranja, Marrom e Preto) / Relíquia

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Dr. Neo Cortex

Aparência: Templo Maia distorcido

Dificuldade: 19/20

Esta fase é a contraparte da Fase 25 (The Temple of Peace), visualmente é um templo antigo da civilização Maia, só que com um aspecto bem mais sombrio, sofrendo uma distorção dimensional semelhante a da Fase 42A. Com exceção da primeira parte que é amigável para os jogadores que chegaram pela linha de história da opção B e estão por fora dos controles de Cortex, ela é bem difícil e cheia de caixas, NITROs principalmente, então use bem as habilidades de tiro para destruir os inimigos e acionar interruptores. Você encontrará aqui todos os tipos de projéteis que apareceram nas fases anteriores, ou seja, o tiro de plasma convencional, o tiro incinerador e o tiro paralisante (o qual não causa danos em inimigos comuns, apenas os paralisa). Além deles, você encontrará um novo tipo de projétil, o tiro desintegrador, o qual tem como função principal desintegrar objetos, mas pode ser usado contra inimigos, possuindo taxa de tiro mais baixa e dano maior se comparado com o tiro de plasma convencional. Apesar dessa farra, é recomendável administrar as munições e usar o tipo de disparo certo na hora certa, pois a quantidade delas é bem limitada e a fase não é muito curta. Ela tem 4 Checkpoints e um Bônus após o segundo. A plataforma do Diamante Laranja pode ser encontrada mais ou menos na metade da fase.

Área das plataformas dos Diamantes:

A do Diamante Laranja te leva a um local de pulo de plataformas, o que exigirá paciência devido aos movimentos limitados do Cortex. Há muitos NITROs aqui, use seus tiros para tirá-los do caminho, mas poupe munição, pois você não encontrará nenhuma a partir daqui. No final da área, pegue a plataforma do Diamante Marrom que te leva a um local truncado por blocos e pilares desmoronados, então é bom que tenha munição do tiro desintegrador para passar ou terá que sacrificar uma vida para pegar mais na área principal da fase e voltar aqui. Por fim, pegue a plataforma do Diamante Preto e siga por um corredor cheio de buracos e NITROs, você vai precisar limpar caminho e avançar com bastante cautela. Chegando ao final, pegue o Diamante e caia fora da fase pelo portal de saída.

Tempo das Relíquias:

Safira: 3:02:00

Ouro: 2:44:00

Platina: 2:00:00

 

Fase 47 - Hall of the End (Corredor do Fim)

Esta fase não possui nenhuma joia.

Tipo: Normal

Personagem Jogável: Caco Human

Aparência: Templo Maia distorcido na dimensão do hiperespaço

Dificuldade: 1/20

Semelhante à fase anterior, estaremos em um Templo Maia com uma distorção dimensional, uma distorção total desta vez, já que as visões do lado de fora são do hiperespaço, semelhante à Fase 41B. Mas, se esta fase não tem nenhuma joia, então pra que serve? A resposta é simples, ela funciona como a The Great Hall do primeiro Crash Bandicoot, você usará todas as joias coletadas durante o jogo para atravessar os corredores do templo, sem exceção: 25 Cristais do Poder, 67 Diamantes (45 na Solar Seed Spaceship e 23 no Templo Maia [sempre dará 23, não importa que caminho escolheu no Vídeo 12]), 46 Relíquias (30 na Solar Seed Spaceship e 16 no Templo Maia), e 16 Power Orbs. As Gemas e as Relíquias, devido aos seus formatos, servirão de plataformas enquanto que os Cristais e as Power Orbs serão como tochas que iluminam o caminho, criando pontes e plataformas de energia de cor rosada para que haja chão onde o jogador pisar. Será necessário completar esta fase para que o portal para o Chefe 10 se abra e não há como você completa-la se estiver faltando alguma joia. Não há inimigos e o avanço é bem tranquilo, desde que conheça bem a mobilidade de Caco com o pulo duplo e o Rocket Jump. No caminho, será possível ver quebras no tecido da realidade mostrando os desastres naturais que estarão acontecendo na Terra naquele momento. Ao final, simplesmente teremos o portal de saída e mesmo sem coletar nada, a percentagem completada do jogo aumentará pelo simples fato da fase ter sido completada.

Tempo das Relíquias:

Não há Relíquia nesta fase.

 

Ao voltar ao Warp Room temos um vídeo.

 

VÍDEO 22

Um portal se abriu no centro do templo onde todos, sem exceção, estavam reunidos, desde a equipe de Crash Bandicoot com Caco, Crunch, Coco e Yaya até a trupe do Dr. Neo Cortex e seus capangas N. Brio, N. Gin, Tiny, Dingodile e Nina. As máscaras guardiãs do bem e do mal, Aku Aku e Uka Uka estavam prontas para guia-los naquele momento decisivo.

- Nós conseguimos, coletamos todas as fontes de poder possíveis para salvar o mundo e asseguramos também as Power Orbs. - disse Aku Aku. - Nosso inimigo se encontra do outro lado deste portal e o só o que falta agora é detê-lo para que o grande caos cesse.

- Então o que estamos esperando? - perguntou Crunch. - Vamos nessa!

- Alto lá, traidor maldito. - Uka Uka o parou. - Não serão todos que participarão da última batalha, só irão àqueles que forem escolhidos.

- Escolhidos? - questionou Cortex enquanto todo mundo se entreolhava, sem entender o que aquilo significava.

- Caco, você tem guardado muito bem aquela placa, não é? - perguntou Aku Aku.

- Sim, ela está aqui.

- Muito bem, agora ouçam atentamente minhas instruções: Caco, quero que passe a placa adiante e aquele que a receber deve segurá-la por alguns segundos e depois também passar adiante substantivamente até que ela volte para as mãos do Caco. Se minhas suspeitas estiverem corretas, essa placa brilhará estando nas mãos certas e serão aqueles para quem a placa brilhar que irão conosco para a batalha final.

- Que método de escolha mais estranho. - comentou Coco quando a placa chegou a suas mãos. - Tem certeza de que vai funcionar? Até agora, não sabemos sequer o que está escrito aqui.

- Ué? Você não tinha certeza de que era uma receita de bolo? - ironizou Caco.

- Porque é uma receita de bolo, eu já disse, meu software de tradução está funcionando perfeitamente!

- Beleza e nossa aposta continua de pé!

A placa foi passando de mão em mão e ela reagiu um total de três vezes, a última quando voltou ao início da roda.

- Como eu suspeitava. - disse Aku Aku. - Crash Bandicoot, Doutor Neo Cortex e New Caco Human Cortex, vocês foram os escolhidos pela placa. De fato, ainda não sei o que os símbolos entalhados nela significam, mas algo me diz que o que acontecerá a partir daqui diz respeito apenas a vocês e suas escolhas.

- Eu não posso levar nenhum deles comigo? - Cortex perguntou, referindo-se aos seus capangas.

- Está com medo, não é mesmo Cortex? - perguntou Uka Uka.

- Não exatamente, só que desde que consertamos a nave espacial, bem, parece até que eu já esperava que algo assim pudesse acontecer.

- Pelo jeito, o brilho dessa placa não era tão aleatório quanto nós pensávamos. - comentou Caco, vendo que o brilho dela aumentou tendo seu tio e seu amigo bandicoot ao seu lado.

Momentos depois, o trio se via diante do portal, Cortex à direita, Caco à esquerda e Crash ao centro.

- Boa sorte Caco, meu herói! - gritou Yaya.

- Boa sorte também Crash! - gritou Coco.

- O mundo que quer dominar conta com você, meu caro co-co-colega Do-Doutor Cortex, hehehehe! - disse N. Brio.

- Vocês estão prontos? - perguntou Caco.

- Yahoo! - Crash gritou entusiasmado, momento em que pegou duas wumpas e deu uma para Caco a fim de comerem e se sentirem preparados enquanto o cientista do mal ajustava sua pistola de raios.

- Se não o fizeram até agora, chegou o momento de colocarem qualquer diferença que tenham de lado por um bem maior. - disse Aku Aku. - Boa sorte!

FIM DO VÍDEO 22

 

Voltando da Fase 47 completada, todas as fases estarão fechadas, o que significa que o destino para um dos diferentes finais do jogo está selado (explicarei isso em detalhes depois), só o que há é o portal no centro do templo rumo ao Chefe 10, o chefe final, então passe por ele e prepare-se.

 

VÍDEO 23

Ao passarem pelo portal, Crash, Caco, Cortex, Aku Aku e Uka Uka chegam a um pedaço de terra a flutuar na imensidão do hiperespaço, eles estavam pisando sobre o piso de um templo de paredes abertas, sustentado apenas por grandes e altos pilares, todo construído com base na arquitetura Maia. E lá estava Sin. Tropy a flutuar, com o tecido do hiperespaço no entorno do templo rasgado em incontáveis fendas a acessar os quatro cantos da Terra, por onde ele enviava seu poder a fazer com que todo o tipo de catástrofes naturais a assolassem.

- Bem-vindos tolos mortais e suas máscaras imortais, estava esperando por vocês.

- Já sabia que viríamos, certo? - perguntou Aku Aku. - Afinal de contas, você adquiriu a capacidade de controlar os acontecimentos, é uma pena que esteja usando um dom tão poderoso para o mal.

- Aku Aku, você é um ser que existe há muitas eras, sabe melhor do que eu que a humanidade está perdida e que por isso é injusto me julgar como mau só porque meu objetivo é exterminá-la. Minha tarefa já foi profetizada há muito tempo por um dos meus povos com a estipulação do último dia em seu calendário, o prazo de validade da humanidade se esgotou no momento em que esse dia chegou e eu despertei!

- A quem está tentando enganar? Nós descobrimos tudo sobre você Fate, ou melhor, Sin. Tropy. - disse Uka Uka. - Conheço um ser maligno como eu quando vejo um, essa história de você se achar uma divindade do Apocalipse executando sua justiça não passa de uma fachada, você é apenas um mortal sedento por poder que almeja manipular os acontecimentos de tal forma que todos naquele planeta miserável sejam exterminados por puro prazer. Mesmo tendo poderes diferentes, você é igual ao seu irmão N. Tropy, o qual sente prazer em criar paradoxos e causar o caos no fluxo temporal das linhas do tempo.

Ele sorriu de canto ao ouvir palavras tão perspicazes da máscara maligna que, de fato, estava certa. Todavia, Fate ainda decidiu manter o personagem que criou para si próprio de pé e disse:

- Que seja! O importante não é o que pensam de mim, mas sim que o que tinham de fazer para me ajudar a cumprir a profecia, vocês já fizeram!

Foi naquele momento que as Power Orbs se fizeram presentes, flutuando e posicionadas no entorno do templo com seus anéis a girar.

- São as Power Orbs que coletamos! - disse Aku Aku. - Como é possível que elas estejam em seu poder?

- Vocês as trouxeram para mim quando atravessaram o portal para chegar aqui.

- Isso só pode significar que você manipulou o vortex do portal para que as Power Orbs viessem conosco.

- Eu usei vocês o tempo todo, fui eu quem deixou aquela Power Orb de propósito para que vocês a encontrassem, a usassem para coletar as outras e no final trazer todas elas para mim. - ele estendeu as mãos para os lados e os anéis das Power Orbs se romperam, fazendo as esferas se espalharem em partículas e se tornarem uma densa energia pura que envolveu todo o templo. - Todo esse poder muito em breve fará parte de mim e então me tornarei capaz de forçar o Sol, mesmo sem massa suficiente, a se romper em uma supernova e então o mundo acabará para o início de uma nova era! GWAHAHAHAHAHA!

- Não, isso não pode ser! - disse Aku Aku, voltando-se para Crash e Caco. - Crianças, não podemos deixar que o poder que ele tem de controlar o destino chegue a esse ponto, temos que pará-lo antes que absorva todo o poder das Power Orbs!

- Isso vale para você também Cortex, então engula seu medo e prepare-se para lutar! - disse Uka Uka. - Ninguém ameaça o domínio do grande Uka Uka, NINGUÉM!

- I-Isso mesmo! - Cortex tomou coragem. - E ainda que esteja no controle do que irá acontecer, eu sou um gênio e tenho ao meu lado minhas duas maiores criações, não há como sermos derrotados!

- Yeooh! - exclamou Crash.

- Está ouvindo Fate Tropy? - perguntou Caco. - Nós vamos parar você custe o que custar!

- Tudo o que irá custar são suas vidas... Venham, tolos mortais!

FIM DO VÍDEO 23

 

Chefe 10 (Final) [Parte 1] - Sin. Tropy

Dificuldade: 20/20

Barra de vida: ----

CUTSCENE

Fate concentra energia na luva direita de sua armadura e arremessa uma esfera de poder em direção aos heróis. Para desviar, Caco pula para a direita e Crash para a esquerda, deixando um Cortex sem reação, sozinho no centro a receber o impacto da explosão que se deu no chão em sua frente, sendo lançado para trás. No entanto, ele se reergue e com Uka Uka ao seu lado, recuperou os sentidos e preparou-se para encarar o inimigo, lhe apontando a pistola de raios.

FIM DA CUTSCENE

- Sin. Tropy estará flutuando no centro do pátio, reunindo energia continuamente em suas mãos;

- Ele irá arremessar esferas de energia como as de N. Tropy, só que azuis e extremamente difíceis de desviar, a maioria será teleguiada e uma minoria seguirá em linha reta diretamente ao alvo;

- Não haverá diferença visual alguma, você terá de identificar a trajetória e velocidade dos ataques no olho mesmo;

- Corra das esferas teleguiadas, que são lentas, até elas se desfazerem e desvie das esferas direcionadas que serão rápidas a tal ponto que nem usando os Speed Shoes você será capaz de evitar, você deverá estar a uma distância segura e usar a deslizada no momento certo;

- O lado bom é que ele não lançará duas esferas direcionadas seguidas, então o tempo de recuperação lento pós-deslizada que o Cortex tem para se levantar não será problema se você a fizer no tempo certo, mas ainda assim é crucial que você se mantenha em movimento constante;

- Enquanto se move, aproveite toda e qualquer brecha que tiver para atirar com a pistola de raios;

- Caixas de munição surgirão em torno do templo, mas o tipo de projétil será aleatório, o que significa que a sorte também irá influenciar na dificuldade da batalha;

- Uma grande pegadinha é que o tiro incinerador será menos eficiente e causará menos dano do que o tiro de plasma convencional enquanto que o tiro desintegrador será o mais poderoso e logicamente, será o mais raro de aparecer;

- O tiro paralisante também será raro, disparos normais não farão absolutamente nada, mas seu Charged Shot com ele será capaz de paralisar Sin. Tropy por alguns instantes, lhe dando uma boa brecha para atirar com outro tipo de projétil na sequência e causar muito dano;

- A melhor estratégia seria apenas desviar dos ataques, reunir toda a munição necessária primeiro e depois usar o combo do Charged Shot com o tiro paralisante seguido de disparos contínuos do tiro desintegrador, não é a estratégia mais rápida, mas certamente é a mais fácil, isso claro se você tiver ido pela linha de história onde o Charged Shot é liberável, obviamente;

- Independente da estratégia que escolher, faça-a até todos os blocos da barra de vida dele se esgotarem.

CUTSCENE

Sin. Tropy se levanta e mesmo ferido, exclama:

- Vamos, tolo mortal de cabeça grande, atire!

Cortex aponta a pistola de raios e puxa o gatilho:

- Acabou a munição? - ele questiona-se, entrando em desespero.

- Isso mesmo! - Fate forma uma lâmina de energia azul que se estendia através de seu braço e assim ele avança contra o cientista.

Tremendo de medo, Cortex fechou os olhos, mas quando estava para ser atingido, as mãos de seu sobrinho barraram o curso da lâmina quando este se colocou no caminho dela.

- New?! - disse Cortex ao abrir os olhos.

- Urya! - Caco exclama desvencilhando-se e desferindo um chute que afasta Sin. Tropy, mantendo posição de combate na sequência, junto de Aku Aku.

O inimigo desliza com os pés sobre o piso até parar a alguma distância e dizer:

- Confesso que não esperava por isso, mas não haverá outro acontecimento que fugirá do meu controle!

- É o que vamos ver Fate Tropy, esse é o meu momento protagonista de anime!

FIM DA CUTSCENE

 

Chefe 10 (Final) [Parte 2] - Sin. Tropy

Dificuldade: 20/20

Barra de vida: ----

- A câmera mudará para um ângulo mais alto e controlando Caco, será agora uma batalha de curta distância;

- Fate usará de rápidas investidas a desferir cortes horizontais com a lâmina de energia, além de ataques combinados algumas vezes quando tentar encará-lo de frente;

- Use os movimentos de esquiva, mantenha distância dos ataques combinados e tente encaixar uma sequência de combos quando achar uma brecha;

- Derrotá-lo será um exercício de paciência, pois ainda que encaixe uma sequência de combos, Sin. Tropy poderá interrompê-la, criando um tipo de espelho de energia azul entre você e ele que lhe dará um choque, repelindo Caco para trás e fazendo-o perder uma vida, caso esteja sem nenhuma máscara Aku Aku;

- A não ocorrência desse evento é rara e aleatória, de modo que você precisará de sorte para que não ocorra, fique atento à mão esquerda dele enquanto estiver batendo e interrompa o combo assim que perceber energia se reunindo nela, se afaste antes do espelho surgir e procure uma próxima brecha para iniciar outra sequência de combos;

- Quando você conseguir encaixar doze hits (uma tarefa mais fácil se você possuir o Chain Combo, já que serão dois combos ao invés de quatro), Sin. Tropy cairá;

- Tonto, ele começará a se levantar lentamente e neste momento você deverá usar um movimento finalizador que pode ser o soco com impulso, o chute giratório, o uppercut giratório, a esmagada ou até mesmo o giro, diminuindo assim um bloco na barra de vida dele;

- Na segunda rodada, as brechas para atacar serão menores, mas ele repetirá os mesmos ataques, então repita o mesmo processo;

- Agora ele irá se enfurecer e estenderá a lâmina de energia a transformá-la em uma foice, seus ataques com ela serão os mesmos de antes, mas ele também irá lançar cortes de energia ao balança-la quando você estiver distante, então tome cuidado mesmo mantendo distância;

- Repita o processo anterior por mais duas vezes, lembrando que na última as brechas para atacar serão bem pequenas.

CUTSCENE

Caco leva a mão rumo ao peito de seu adversário e fecha o punho, canalizando toda a força em um soco de uma polegada ao estilo Bruce Lee que desnorteia Sin. Tropy completamente e em seguida gira em torno de si para um roundhouse kick ao estilo Chuck Norris que o joga para longe a rolar no chão do templo. Todavia, Fate se reergue, ainda que com dificuldade e exclama:

- Desgraçado! - Caco sorria de canto, passando o polegar na lateral do lábio a limpá-lo e depois voltando à posição de combate, novamente em referência a um trejeito de Bruce Lee, confiança que fez Sin. Tropy enraivecer. - AAAAAAAH!!!

Manifestando parte do poder já absorvido das Power Orbs, ele flutuou, uma energia rosada envolveu seu corpo e levantando a mão para o alto, a foice se transfigurou em uma grande bola de energia azul que fora lançada contra Caco. É naquela hora que Crash aparece, se colocando no caminho e executando um giro, repelindo o ataque de volta para o inimigo, causando uma explosão.

- Obrigado pela ajuda, amigo!

O bandicoot retribui com seu sorriso bobalhão de sempre, mas logo Fate ressurge ileso da nuvem de poeira para a surpresa deles, ainda coberto por uma aura rosada em torno da silhueta de seu corpo.

- Novamente um acontecimento que foge do meu controle, isso só pode significar que a outra parte da profecia se tornou real! - Crash e Caco se olham sem entender nada. - Uka Uka estava certo sobre mim, eu apenas estou dando vida a um personagem que aqueles povos estúpidos acreditaram que eu fosse e decidi tornar real a profecia deles, mas não imaginava que isso também faria a outra parte dela se tornar real, isso também fugiu do meu controle!

- Dá para explicar isso aí direito? O público não está entendendo nada!

Crash concordou com Caco, acenando que "Sim" com a cabeça.

- A outra parte da profecia dizia que poderia haver oposição ao meu Apocalipse, que poderiam surgir fortes oponentes que através da passagem pelos mais difíceis conflitos adquiriram uma força de vontade capaz de resistir à manipulação do fluxo da matéria e do espaço, o meio que uso para controlar o rumo dos acontecimentos... Eu deveria ter notado antes, vocês não são apenas aqueles que me fizeram despertar, vocês também são esses fortes oponentes: a aberração mutante que salvou o mundo várias vezes, o homem com objetivo incessante de dominação que o criou e o jovem que é como um elo entre os dois, possuidor de um forte desejo de sobreviver.

Crash e Caco só se veem ainda mais confusos, com o último questionando:

- Espera aí, está dizendo que somos seres lendários, é isso?

- Não, vocês se tornaram seres lendários, escreveram sua lenda quando seguiram o fluxo do meu controle dos acontecimentos... Crash Bandicoot se tornou o Lendário Bandicoot de Coração Nobre e você, New Caco Human Cortex, pode ser chamado de Lendário Lutador da Sobrevivência.

- Que nomes maneiros!

- Yipie! - Crash exclamou em concordância.

- Já o Doutor Neo Cortex... - Sin. Tropy olhou para o mesmo mais atrás. - É o Lendário Cientista Cabeçudo.

- Ei! - exclamou Cortex em protesto, enquanto seu sobrinho e seu arqui-inimigo não conseguem conter o riso.

- No entanto, mesmo que vocês mortais sejam os obstáculos para que eu alcance meu objetivo, não poderão me deter, o poder das Power Orbs já começa a fluir dentro de mim e logo não poderão mais resistir ao que quero que aconteça! - liberando seu poder, ele fez todo o templo tremer, Caco se desequilibra enquanto que Cortex desaba diante de tamanha pressão sobre seu corpo, mas Crash resiste, mantendo-se em pé na companhia de Aku Aku. - Lendário Bandicoot de Coração Nobre, a lenda de herói que você escreveu para si acaba aqui!

FIM DA CUTSCENE

 

Chefe 10 (Final) [Parte 3] - Sin. Tropy

Dificuldade: 20/20

Barra de vida: ----

- A batalha derradeira, Sin. Tropy voltará a flutuar no centro do pátio e te atacará fazendo com que sucessões de raios caiam do céu do hiperespaço, os quais são muito rápidos, então use os Speed Shoes e o Super Slide para fugir;

- Tais raios atravessarão o teto do templo, levando-o da desmoronar, então tome muito cuidado para não ser esmagado pelos blocos de concreto que vierem a cair nesse momento;

- Não tente ataca-lo diretamente, pois ele irá liberar de seu corpo uma explosão de energia que desintegrará Crash se ele não possuir uma máscara Aku Aku, ao invés disso, ataque-o à distância, gire nos blocos espalhados pelo pátio, direcionando-os para que os mesmos acabem lançados contra Sin. Tropy (essa tarefa será mais rápida e eficiente se você possuir o Death Tornado Spin);

- Durante esse processo, ele formará a lâmina de energia em sua mão, a qual se estenderá de forma flexível como um chicote, salte dos balanços baixos e se abaixe dos balanços altos, cuidando o timing na hora de girar nos blocos para atingi-lo, já que esse chicote pode destruí-los antes do impacto;

- Caso os blocos acabem, ele voltará a fazer raios caírem do céu para que mais caiam, pois a ideia é que você o acerte várias vezes até que ele se irrite e saia de onde está, tomando distância;

- Seu próximo movimento será ficar envolto em energia e avançar com tudo contra você e neste momento você precisará de precisão e posicionamento certo;

- Posicione-se na frente de um dos quatro pilares do templo e no momento do ataque, salte e tente cair pisando sobre ele;

- Se você acertar, ele perderá o controle e se o pilar estiver atrás, ele colidirá com o mesmo, fazendo assim com que um bloco na barra de vida dele vá para o beleléu, assim como o próprio pilar;

- Faça isso quatro vezes, lembrando que os ataques dele ficarão cada vez mais rápidos e difíceis de desviar e assim que vencê-lo diga "K.O. Crash Wins".

PODER ADQUIRIDO:

LEGENDARY ENDURANCE

Poder para uso de Crash, Caco e Cortex apenas e seu funcionamento é passivo e simples. Uma vez por vida, caso o personagem não esteja com nenhuma máscara Aku Aku/Uka Uka e receba um dano que normalmente o mataria, ele não morrerá.

Muito útil, especialmente nas fases com o Caco e nos desafios de Relíquia, além de também para quando quiser enfrentar o vulgo Fate Tropy de novo.

 

A partir daqui começará a sequência final do jogo, só que a forma como ela irá se desenrolar dependerá de suas decisões e conquistas durante a campanha. O jogo possui três finais diferentes, cada um associado a um dos personagens escolhidos pela placa para estarem presentes na batalha final. Para organizar a explicação de cada um deles no texto a seguir, os dividirei em A, B e C, começando por esse último que vem a ser o final ruim do jogo, sem possibilidade de acesso ao Verdadeiro Final, que é um final extra que só irá ocorrer em condições específicas após os finais A e B.

 

...

 

VÍDEO 24 (C) - LEGENDARY BIG-HEADED SCIENTIST'S ENDING [Parte 1]

Esta sequência final iniciará sob as seguintes condições:

* Possuir uma ou mais Relíquias de Safira antes de completar a Fase 47.

...

O templo desmoronou sobre todos, mas as máscaras protegeram Crash, Caco e Cortex. Todo o poder das Power Orbs no entorno do templo foi se esvaindo em partículas cada vez menores, se espalhando pela imensidão do hiperespaço até desaparecer por completo, as fendas por onde Sin. Tropy enviava seu poder foram se fechando uma a uma e agora fraco e abatido, só o que pôde fazer foi encontrar forças para se levantar dos escombros.

- É o fim da sua ambição, Sin. Tropy. - disse Aku Aku.

- Não... Tolos mortais, eu não aceito isso!

- Hahahahahahaha! - Uka Uka se aproximou a rir malignamente, olhando o inimigo prostrado diante de si. - Você já não tem mais poder para protestar, eu avisei que ninguém ameaça o domínio do grande Uka Uka!

A máscara começou a reunir seu poder, envolvendo-se em sua maligna aura vermelha, o hiperespaço ficou levemente mais escuro naquele instante, deixando uma sinistra sensação no ar.

- Espere, o que vai fazer Uka Uka?

- Uma coisa que eu já devia ter feito há muito tempo, irmão estúpido.

Uka Uka voltou-se para Aku Aku com sua magia invocada, era o sinal para Cortex que retirou do bolso uma pequena caixa de madeira com o símbolo de um Gem desenhado e a lançou para o alto, onde ela se abriu e todos os 67 Diamantes saíram dela a flutuar. As joias então começaram a circular em torno do templo, se desfazendo em um grande tornado de energia que obrigou todos a se segurarem, o templo começou a ser reconstruído por aquele poder e Aku Aku logo entendeu o aquilo significava.

- Eu cometi um grave erro...

- Isso mesmo, confiou demais em nós e abaixou a guarda, roubamos não só os Cristais e como também as Gemas, as quais usarei para selá-lo neste templo da mesma forma que você me selou um dia naquele templo da Terra.

- Não meu irmão, você não pode retomar os planos que tinha, está cometendo um grave erro!

- Não há erro em meu plano, Aku Aku, pois com Crash Bandicoot e você fora do meu caminho, não haverá nada que possa me impedir de escravizar aquele planeta miserável... Até nunca mais, irmão estúpido!

Aku Aku olhou para trás por um instante, vendo Crash e Caco assustados perante aquela situação.

- Me perdoem, minhas crianças... OOOOOOOOOOH!!!

O tornado envolveu Aku Aku, sugando-o para dentro do alicerce do templo, enterrando-o debaixo do piso que se reconstruía e quando o poder se desfez, o templo novamente estava inteiro e a máscara benigna agora se encontrava selada em suas entranhas.

- Aku Aku! - exclamou Caco.

- Lamento querido sobrinho, minha trégua com você e esse bandicoot infernal acaba aqui.

Cortex se afastou, caminhando na direção de Uka Uka que novamente voltou-se para um Sin. Tropy, ainda de joelhos e em choque com tudo aquilo.

- Ainda quer fazer com que o Sol desapareça, não quer? Pois você ainda pode, tudo o que precisa fazer é se submeter a mim, o grande Uka Uka, me jurando sua lealdade eterna, como seu irmão mais novo fez no passado e assim terá a oportunidade de fazer o que seu coração almeja para se sentir satisfeito.

- Te aconselho a aceitar, pois do contrário, será eliminado aqui mesmo. - disse Cortex.

- Sem poder para reagir, realmente não tenho muita escolha, estou impotente diante de um ser imortal que, assim como o outro que há pouco foi selado, era um poderoso shaman cujo espírito foi selado em uma máscara há muitas eras atrás... Infelizmente vocês venceram, me unirei ao Lendário Cientista Cabeçudo e me submeterei às suas ordens, grande Uka Uka.

- Excelente!

- Mas o que está acontecendo afinal? - Caco questionou, antes de olhar com ódio nos olhos de Cortex. - TIO!

Cortex apenas sorriu de canto malignamente, desviando o rosto para seu novo aliado, lhe perguntando:

- Escute Sin. Tropy, por acaso seus poderes poderiam fazer meu sobrinho se tornar mau?

- Receio que não, pois quando escolhi meus Cavaleiros do Apocalipse, usei o poder das Power Orbs para que me obedecessem. Se New é como é, nada do que eu fizer mudará isso, não tenho controle sobre a realidade, o máximo que eu poderia fazer seria manipular as ações dele para que ele próprio se tornasse maligno, algo que talvez levasse muito tempo, o qual acredito que você não tenha.

- É uma pena, eu tinha tantos planos para ele... Até mesmo para Crash eu tinha planos, fui como um pai para ele e ele me pagou se tornando um estorvo constante para meus planos, os dois são minhas melhores criações, mas também são meus maiores fracassos e não me resta escolha se não abandoná-los.

Sin. Tropy se levantou, se colocando à esquerda de Uka Uka enquanto o Dr. Neo Cortex se manteve à direita.

- O que vão fazer? - perguntou Caco.

- Vamos retomar o meu plano de onde paramos, Sin. Tropy fará o papel que meu Omega Cannon faria enquanto vocês ficarão presos aqui, pois com o portal fechado e sem os poderes de Aku Aku, não poderão escapar do hiperespaço. - o cientista olhou para o bandicoot, o qual tinha a mesma expressão de pânico que Caco tinha. - Finalmente te derrotei, Crash Bandicoot e desta vez é pra valer, nunca mais verei sua face ridícula de novo e o mundo que você tanto lutou para proteger finalmente será meu!

- Não vamos deixar que consigam isso! - exclamou Caco, correndo junto de Crash na direção deles.

- Huhuhâhahahahahaha... - Cortex riu, ajustando a pistola de raios para o modo paralisante e disparando contra ambos, dando-lhes choque e fazendo-os cair duros no chão.

- Adeus para sempre Caco Human e adeus para sempre você também, Crash Bandicoot! MWAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!

A risada de Uka Uka ecoou pelo hiperespaço, antes do portal se abrir e eles desaparecerem através dele, se fechando na sequência.

FIM DO VÍDEO 24 (C)

 

VÍDEO 25 (C) - LEGENDARY BIG-HEADED SCIENTIST'S ENDING [Parte 2]

Coco, Crunch e Yaya haviam sido capturados pelos capangas do Doutor Neo Cortex e presos no calabouço das ruínas do antigo castelo dele em Cortex Island, o caminho para a dominação do mundo estava livre. A Solar Seed Spaceship orbitava entre a Terra e Vênus quando, com óculos de sol e em trajes espaciais resistentes ao calor, Cortex abandonou a nave junto com seus aliados Nina, N. Brio, N. Gin, Tiny e Dingodile, além de Uka Uka e também Sin. Tropy, o qual se posicionou adiante de todos. O cientista pegou uma pequena caixa de madeira com um Cristal desenhado e a abriu, fazendo com que os 25 Cristais do Poder saíssem de dentro dela, os quais Uka Uka fez orbitar em torno de Fate que começou a absorver os poderes deles, tornando-os partículas de energia que adentraram seu corpo. Tendo ajustado sua armadura, ele estendeu sua mão direita em direção ao Sol, gerando influência para que os gases queimassem mais rápido e no momento em que a estrela estava para se tornar uma gigante vermelha, ele gerou influência sobre a sua massa e então a estrela do Sistema Solar se rompeu em uma supernova, momento em que a Solar Seed Spaceship alcançou o centro dela e começou a contê-la, tornando a onda de fogo apenas um belo show de luzes que muito em breve se apagaria para sempre.

- Depois de tanto tempo, meu sonho está para se realizar. - comentou Cortex. - Isso é tão lindo...

- E quente. - comentou Dingodile.

- E explosivo. - comentou N. Gin.

- Buááá... Essa cena faz Tiny chorar de emoção! - comentou Tiny enquanto Nina apenas suspirou da idiotice dele.

- Não é um poder da magnitude que eu almejava, pois os Cristais do Poder não são tão poderosos como eram as Power Orbs, mas ainda assim, acho que estou satisfeito. - comentou Sin. Tropy.

- É o suficiente para dar fim a essa era, como você queria. - disse Uka Uka. - Depois disso, começará uma nova era de servidão para os habitantes da Terra, a chegada do Apocalipse do grande Uka Uka!

 

Com o Sol destruído, o mundo foi ficando coberto de frio e escuridão, desastres naturais se acentuaram e o pânico tomou conta de todos. Da Terra, N. Tropy assistia tudo aquilo e também a luz no céu se apagando aos poucos.

- Eu avisei a eles para se empenharem em coletar as Relíquias do Tempo mais raras possíveis e eles não me ouviram, as que eles coletaram são fracas demais para reverter algo dessa magnitude no fluxo do tempo. - N. Tropy sorriu. - Não foi como você queria, mas você conseguiu irmão, essa linha do tempo no multiverso está condenada graças a você!

E então ele levantou seu cajado, os ponteiros do relógio em seu peito começaram a girar e ele sumiu no espaço-tempo.

 

Tudo ocorreu como Cortex havia planejado, ele conseguiu a submissão do mundo inteiro em questão de dias e depois germinou a Semente Solar com o restante da energia dos Cristais, a Solar Seed Spaceship implodiu e deu origem a um novo Sol, do qual ele agora era o proprietário. Tentativas de resistência foram inúteis, a humanidade foi completamente escravizada e o cientista usou um exército de animais mutantes como força opressora, o qual ficava cada vez maior através de novas criações que ele foi criando com o tempo a tal ponto que os animais antropomórficos se tornaram a maioria no planeta. Tudo terminou sob o domínio de Uka Uka que, sem ninguém poderoso o bastante para detê-lo, reinaria supremo para sempre.

- Se tivéssemos sido mais fortes e nos empenhado mais, se pudéssemos começar de novo e fazer tudo diferente... - Caco lamentava, preso com Crash no hiperespaço onde, no longínquo horizonte, havia uma fenda com a visão trágica de todos os acontecimentos na Terra, sem poder fazer nada para impedi-los.

Caco novamente pegou a placa de pedra, ainda não sabia o que ela significava, mas a mesma ainda brilhava. Foi então que Crash a tomou de suas mãos e em um ato de raiva, a pinchou no chão, fazendo-a esmigalhar em pedaços, o brilho dela aos poucos foi se apagando até cessar completamente. Triste, o bandicoot lacrimejou enquanto cabisbaixo, logo enxugando o rosto com o braço, Caco por sua vez nada lhe disse e apenas se compadeceu, compartilhando do sentimento de seu amigo.

O garoto olhou para a vazia imensidão do hiperespaço e nessa panorâmica, os créditos do jogo começam a rolar na tela.

FIM DO VÍDEO 25 (C)

 

...

 

VÍDEO 24 (B) - LEGENDARY SURVIVAL FIGHTER'S ENDING [Parte 1]

Esta sequência final iniciará sob as seguintes condições:

* Ter escolhido a opção B durante o evento do Vídeo 12;

* Possuir apenas Relíquias de Ouro e/ou Platina antes de completar a Fase 47.

...

O templo desmoronou sobre todos, mas as máscaras protegeram Crash, Caco e Cortex. Todo o poder das Power Orbs no entorno do templo foi se esvaindo em partículas cada vez menores, se espalhando pela imensidão do hiperespaço até desaparecer por completo, as fendas por onde Sin. Tropy enviava seu poder foram se fechando uma a uma e agora fraco e abatido, só o que pôde fazer foi encontrar forças para se levantar dos escombros.

- É o fim da sua ambição, Sin. Tropy. - disse Aku Aku.

- Não... Tolos mortais, eu não aceito isso!

- Hahahahahahaha! - Uka Uka se aproximou a rir malignamente, olhando o inimigo prostrado diante de si. - Você já não tem mais poder para protestar, eu avisei que ninguém ameaça o domínio do grande Uka Uka!

- Estão enganados, ainda tenho uma forma de aumentar meus poderes para alcançar meu objetivo... Eu ainda estou no controle dos acontecimentos!

Foi então que os Diamantes e os Cristais se manifestaram no entorno do templo arruinado, da mesma forma que as Power Orbs haviam surgido anteriormente.

- Ele também tomou os Cristais e as Gemas?! - questionou Cortex. - Quantos planos meus mais esse sujeito vai roubar?

Crash e Caco lhe olharam desconfiados, como se estivessem tendo a confirmação de uma suspeita e o cientista ao ver aquilo sorriu disfarçadamente.

- Oh não, talvez deva ser pela diferença de poder, o processo de absorção dessas joias está acontecendo mais rápido que as Power Orbs! - disse Aku Aku enquanto as joias, transfiguradas em partículas de energia rodeavam e adentravam no corpo de Fate. - Mesmo se tratando dos Cristais e das Gemas, elas darão a ele energia mais que suficiente para destruir o Sol se não fizermos alguma coisa depressa!

- Maldição... - Uka Uka se afastou, logo olhando para trás. - Cortex!

- Não há outro jeito?

- Mesmo que levem anos, daremos um jeito de fazer outra, use-a agora, é uma ordem!

- Está bem, grande Uka Uka. - foi então que Cortex retirou do bolso uma esfera de vidro transparente do tamanho de uma bola de tênis que carregava consigo, a qual encapsulava dentro dela um pequeno núcleo luminoso e brilhante.

- O que é essa coisa?

- Isso querido sobrinho é a Semente Solar que antes se encontrava no coração da minha Solar Seed Spaceship.

- Quer dizer, o tal projeto de criação de um novo Sol?

- Isso mesmo.

Caco e Crash aproximaram o rosto para vê-la mais de perto e esse último a tocou com o dedo.

- Uou! - exclamou o bandicoot, desencostando a ponta do dedo indicador instantes depois.

- Isso está quente! Por qual motivo está carregando isso? - perguntou Caco.

- Para me defender, caso esse sujeito tentasse me capturar outra vez. - Cortex acoplou a esfera em sua pistola de raios. - Toda essa matéria e energia condensadas foram feitas para serem liberadas na forma de uma nova estrela, mas eu também posso liberá-la como o canhão incinerador mais poderoso da história, é basicamente o poder do Sol na palma da minha mão. - acionando o modo de munição externa, ele mirou contra o inimigo. - Acho melhor se afastarem agora.

Cortex puxou o gatilho e a energia solar começou a se reunir na ponta da pistola de raios.

- Acha que eu não estou ciente? Mortal estúpido, sou Sin. Tropy, mestre dos acontecimentos!

Fate estendeu a mão e uma grande ventania veio sobre o cientista, sua arma voou de sua mão antes que pudesse disparar ao mesmo tempo em que foi jogado para longe por aquela rajada, além da borda do templo flutuante.

- Tio! - Caco exclamou, momento em que Crash correu até seu arqui-inimigo e antes que o mesmo caísse nas profundezas do hiperespaço, o agarrou pela mão.

Caco por sua vez não conseguiu alcançar a pistola de raios a tempo e a esfera de vidro se rompeu ao atingir o chão, a Semente Solar começou a expandir no mesmo instante, mas ele conseguiu ser rápido nessa hora e a pegou, firme e de mão direita bem fechada a fim de parar a expansão. O brilho dela escapava pelo vão de seus dedos, não iria aguentar por muito tempo, ele viu que Crash havia puxado seu tio de volta em segurança, momento em que se voltou para o inimigo com um olhar determinado.

- O que vai fazer? - perguntou Aku Aku.

- Garantir a sobrevivência de vocês.

Aku Aku se espantou com aquela resposta, mas não houve tempo para explicações, Caco pegou a misteriosa placa de pedra que guardava consigo e a jogou para Cortex, antes de correr em direção ao inimigo, saltando entre os escombros, com seu punho destro a brilhar cada vez mais intensamente. Ao ver aquilo, Sin. Tropy fez com que raios caíssem do céu, mas Caco os esquivou um após o outro com movimentos rápidos até que chegou perto e saltou, desferindo um uppercut giratório com a canhota e depois o agarrou com esta mesma mão, mergulhando com ele hiperespaço abaixo.

- New, digo, Caco! - exclamou Cortex.

- Esse moleque vai... - Uka Uka compreendeu.

Em queda livre, Fate enfim recuperou os sentidos depois do soco que recebeu.

- O que... O que pretende com isso, Lutador Lendário? Você também irá perecer!

- É o preço a se pagar, fazer o que? Vai valer a pena, já que você mesmo acaba de me confirmar que o que vou fazer pode mesmo te derrotar.

- Pare, garoto maluco!

Caco abriu a mão, enterrando a Semente Solar na barriga dele e então a energia da mesma se liberou, expandindo-se em uma supernova que os engoliu, cena essa que Crash e os outros assistiram de longe, olhando para baixo e estando sobre uma das beiradas do templo, só que mesmo distantes, as chamas chegaram até eles, as máscaras protegeram o bandicoot e o cientista enquanto o templo começou a ser consumido pelo fogo.

- Nós temos que sair daqui! - disse Aku Aku, antes de seguirem para o portal.

De Sin. Tropy restou apenas a sucata de sua armadura, da mesma forma que houve com N. Tropy em Crash 3, a qual despencou entre as chamas para os confins do hiperespaço.

FIM DO VÍDEO 24 (B)

 

VÍDEO 25 (B) - LEGENDARY SURVIVAL FIGHTER'S ENDING [Parte 2]

O caos parou e apesar de assolado, o planeta havia sobrevivido e estava em paz novamente. O grupo de Crash se encontrou com o grupo de Crunch e dos capangas do Dr. Neo Cortex perto de sua casa em N. Sanity Island, tudo parecia bem, mas uma ausência foi sentida, Yaya procurou por Caco e preocupou-se ao ver que não estava com eles, Aku Aku sacudiu a cabeça em negação e ela logo entendeu, seus olhos se encheram de lágrimas e ela desabou a chorar no ombro de Coco que a consolava.

- O herói da Yaya acabou se tornando o herói de todos nós.

Crash, Crunch, Cortex, todos estavam tristes, até mesmo o maligno Uka Uka e os capangas do cientista estavam em silêncio como sinal de respeito, Nina era a única que se manteve inexpressiva, mas suspirou em reconhecimento ao feito de seu primo. Cortex ainda tinha a placa de pedra nas mãos, atentando-se à mesma e aos símbolos nela entalhados.

- "O que aqui jaz escrito só poderá ser compreendido por aqueles que se fizerem escolhidos por esta placa e apenas quando o último dia previsto em nosso calendário passar."

- Espera, você está conseguindo ler? - questionou Crunch, mas o cientista apenas continuou.

- "Nesse dia, nossa divindade mais grande, o mestre dos acontecimentos, trará o fim de todas as coisas, seja sozinho ou em servidão a uma força e inteligência maior. No entanto, ainda haverá esperança se a humanidade não desistir de lutar, seja pela força de vontade de sobreviver ou pela lágrima de um coração nobre, o caos findará e dias extras além do nosso calendário virão, dias de paz em que tudo terminará bem no final."

- O que exatamente isso significa, Doutor Cortex? - perguntou N. Gin.

- Besteira! Como tudo pode ter terminado bem se meu sobrinho não está aqui?

Yaya não parava de chorar quando uma voz vinda da praia chamou a atenção de todos.

- Que clima pesado, quem foi que morreu?

- Você, ora essa! - Coco respondeu sem pensar, ficando pasma ao perceber. - Caco?!

Yaya o olhou de baixo a cima e não pôde acreditar, demorou alguns segundos para que lhe caísse a ficha e seu choro se tornasse de alegria.

- Caco! - ela correu em direção a ele, mas tropeçou no meio do caminho e o derrubou no momento em que foi abraça-lo, mas ainda assim ele o retribuiu a rir. - Pensei que nunca mais fosse te ver!

- E deixar a minha maior fã sozinha? Eu jamais faria isso!

- Meu herói!

- New, é você mesmo? - Cortex perguntou ao se aproximar enquanto ele e Yaya se levantavam.

- Acho que sim tio, mas gosto que me chame de Caco, será que nunca vai aprender?

- Desculpe New. - o cientista olhou para a placa e falou, antes de entrega-la de volta ao seu sobrinho. - Eu retiro o que disse placa, tudo realmente terminou bem!

- Do que está falando?

Antes de ouvir uma resposta, Aku Aku o questionou:

- Mas como? Nós vimos o que houve, não tinha como você ter sobrevivido!

- Tem razão, mas para a minha sorte, eu tive uma ajudinha. - Caco apontou o polegar para trás, na direção de N. Tropy.

- Você?! - questionou Uka Uka.

- Eu consegui abrir o portal no templo pela última vez, antes dele desmoronar e usei as Relíquias do Tempo que vocês coletaram para reverter o fluxo do tempo e trazer o garoto de volta, antes de ele ser engolido pela explosão que ele mesmo causou. Além disso, elas deverão desfazer os danos no planeta muito em breve, então não há com o que se preocuparem.

- Espera aí, mas você não queria se aliar ao seu irmão? - questionou Coco. - Por que ajudou o Caco quando poderia ter feito isso para salvar Sin. Tropy?

- Meu irmão e eu nunca nos demos bem de verdade, além de que o garoto estava cooperando com o grande Uka Uka para derrota-lo, então eu não podia escolher outro lado. Vocês tiveram sorte, então aproveitem o tempo de paz que possuem até a próxima vez que nos encontrarmos, pois o doutor, o grande Uka Uka e eu seremos inimigos novamente quando isso acontecer.

E então N. Tropy vai embora, deixando todos, agora contentes, por tudo terminar bem. Crash se coloca diante de Caco e sorri enquanto o mesmo lhe sorri de volta, ambos então olham para o belo céu azul enquanto a cena se afasta a mostrar toda a Terra sendo restaurada pelo poder das Relíquias do Tempo, com os créditos passando na tela.

FIM DO VÍDEO 25 (B)

 

...

 

VÍDEO 24 (A) - LEGENDARY NOBLE HEART BANDICOOT'S ENDING [Parte 1]

Esta sequência final iniciará sob as seguintes condições:

* Ter escolhido a opção A durante o evento do Vídeo 12;

* Possuir apenas Relíquias de Ouro e/ou Platina antes de completar a Fase 47.

...

O templo desmoronou sobre todos, mas as máscaras protegeram Crash, Caco e Cortex. Todo o poder das Power Orbs no entorno do templo foi se esvaindo em partículas cada vez menores, se espalhando pela imensidão do hiperespaço até desaparecer por completo, as fendas por onde Sin. Tropy enviava seu poder foram se fechando uma a uma e agora fraco e abatido, só o que pôde fazer foi encontrar forças para se levantar dos escombros.

- É o fim da sua ambição, Sin. Tropy. - disse Aku Aku.

- Não... Tolos mortais, eu não aceito isso!

- Hahahahahahaha! - Uka Uka se aproximou a rir malignamente, olhando o inimigo prostrado diante de si. - Você já não tem mais poder para protestar, eu avisei que ninguém ameaça o domínio do grande Uka Uka!

- Estão enganados, ainda tenho uma forma de aumentar meus poderes para alcançar meu objetivo... Eu ainda estou no controle dos acontecimentos!

Foi então que os Diamantes e os Cristais se manifestaram no entorno do templo arruinado, da mesma forma que as Power Orbs haviam surgido anteriormente.

- Ele também tomou os Cristais e as Gemas?! - questionou Cortex. - Quantos planos meus mais esse sujeito vai roubar?

Crash e Caco lhe olharam desconfiados, como se estivessem tendo a confirmação de uma suspeita e o cientista ao ver aquilo sorriu disfarçadamente.

- Oh não, talvez deva ser pela diferença de poder, o processo de absorção dessas joias está acontecendo mais rápido que as Power Orbs! - disse Aku Aku enquanto as joias, transfiguradas em partículas de energia rodeavam e adentravam no corpo de Fate. - Mesmo se tratando dos Cristais e das Gemas, elas darão a ele energia mais que suficiente para destruir o Sol se não fizermos alguma coisa depressa!

- Maldição... - Uka Uka se afastou, logo olhando para trás. - Cortex!

- E-Eu? O que quer que eu faça?

- Imbecil, não bolou nenhum plano para uma situação como essa?

- N-Não!

- É mesmo um incompetente!

Envolto em poder, Sin. Tropy ajustou sua armadura e estendeu a mão direita em direção à longínqua fenda ainda aberta no horizonte, por onde se podia ver a Terra e também o Sol. Ele gerou influência sobre esse último, fazendo com que os gases queimassem mais rápido e no momento em que a estrela estava para se tornar uma gigante vermelha, ele influenciou a sua massa, fazendo-o se rompeu em uma supernova.

- NÃO! - exclamou Aku Aku.

- Vejam, mesmo tendo me derrotado, vocês falharam! Mas não se preocupem, causará algum estrago, mas me certificarei de que a explosão não destrua nenhum planeta do Sistema Solar para que tenham tempo de voltar para se despedir de todos... A Terra sairá de sua órbita e será tomada pela escuridão, dominada pelos desastres naturais e esmagada pelos corpos celestes do espaço, exatamente como fiz você ver Aku Aku, será o fim do mundo!

- Isso não pode acontecer, nós temos que voltar agora e dar um jeito de reverter isso!

- Não Aku Aku, não podemos ir sem antes derrotar esse miserável! - gritou Caco, avançando contra Fate em uma voadora que ele repeliu com um espelho de energia.

Cortex por sua vez disparava sua pistola de raios feito louco em retaliação, mas os tiros não causavam dano algum, Sin. Tropy simplesmente revidou disparando uma pequena esfera de energia pelo dedo indicador esquerdo, atingindo o cientista no peito a cair rolando para longe.

- Tolos mortais, eu tenho o poder dos Cristais e das Gemas agora, nada do que fizerem poderá me afetar! - ele liberou seu poder, causando uma grande ventania. - Estou no controle de tudo e se antes não podia ser considerado por vocês uma divindade, agora me nomeio como uma... Reverenciem Sin. Tropy, mestre dos acontecimentos!

Os blocos do templo começaram a voar, Caco e Cortex assistiam caídos ao solo enquanto Crash resistia de pé. As máscaras também observavam quando Uka Uka notou faíscas saindo da armadura de Fate.

- É claro, ele está sobrecarregado com tanto poder... Crash Bandicoot, ataque-o agora! - o bandicoot laranja ficou confuso a coçar a cabeça. - Seu estúpido, ataque-o como fez conosco daquela vez quando tínhamos o poder das Chaves do Caos!

Foi então que ele compreendeu, sorriu e assentiu, voltando-se confiante para o inimigo.

- E o que um marsupial sem cérebro é capaz de fazer contra um ser que agora é capaz de controlar o destino dele? Já não é mais como antes, nada foge do meu controle de modo que consigo prever todas as possíveis ações no fluxo da matéria e do espaço, eu já disse que nada do que fizerem poderá me afetar! - Crash pegou uma wumpa e a arremessou, atingindo-o bem no meio da cara. - Argh, maldito!

- Hehehe! - o bandicoot riu, correndo e deslizando para esquivar a esfera de energia que lhe foi arremessada como contragolpe.

- Mais rápido que uma tartaruga... - disse o Dr. Neo Cortex a se levantar junto com seu sobrinho, assistindo a cena quando uma segunda esfera acertaria Crash em cheio, momento em que este levou os dedos à boca e assoviou.

- Porudega! - respondendo ao comando, Aku Aku veio e se prendeu na face de Crash que então girou, destruindo completamente o ataque que o pulverizaria.

- Mais forte que um rato... - Cortex narrou aquele momento quando Crash aproveitou a brecha e se lançou rumo ao peito de seu oponente. - Mais inteligente que um asno... - Aku Aku deixou o rosto dele naquele momento em que tudo pareceu em câmera lenta. - Ele é Crash Bandicoot, o Lendário Bandicoot de Coração Nobre que, mesmo sendo tudo isso, sempre dá um jeito de arruinar os planos dos outros!

- Vai Crash! - exclamou Caco.

O bandicoot já estava torcendo o tronco para desferir seu clássico giro e Sin. Tropy sorriu, falando consigo mesmo em pensamento:

- (Tolo, quando atacar, influenciarei a resistência do ar e você quebrará sua coluna... Será o seu fim!) - nisso veio a surpresa, ao invés de girar, Crash fez o que se imaginava que ele não sabia fazer ao levar o punho recuado adiante, enterrando-o no peito dele. - Um soco? Não pode ser!

A armadura rachou com o impacto e o poder começou a vazar, Fate entrou em processo de autodestruição.

- Eu disse... - comentou Cortex.

- Mandou bem Crash! - exclamou Caco.

Tendo a visão do marsupial a sorrir confiante, Sin. Tropy se encheu de temor.

- (Uma criatura estúpida capaz de tomar o controle total do próprio destino... O poder do Lendário Bandicoot de Coração Nobre é realmente inconcebível!)

O poder dos Cristais e das Gemas escapou com força de seu corpo através das rachaduras da armadura e em um grito de dor, ele pareceu explodir em um feixe de luz, restando apenas a sucata de sua armadura, da mesma forma que houve com N. Tropy em Crash 3, a qual lançada para longe despencou para os confins do hiperespaço.

A explosão levou tudo a tremer e aquele pedaço de terra flutuante onde estavam começou a ceder.

- Nós temos que sair daqui! - disse Aku Aku, antes de seguirem para o portal.

FIM DO VÍDEO 24 (A)

 

VÍDEO 25 (A) - LEGENDARY NOBLE HEART BANDICOOT'S ENDING [Parte 2]

De volta à Terra, Crash e os outros retornaram para a N. Sanity Island e aquele lugar que originalmente era belo estava totalmente diferente, destruído pelo efeito da supernova que atingiu o planeta, a ilha naquele momento parecia deserta e silenciosa enquanto os resquícios de luz no céu aos poucos estavam se apagando, com o mundo já à deriva, rumo ao seu escuro final. Crash, Caco e Cortex chegam em frente da casa onde o bandicoot morava com seus irmãos, a qual estava em ruínas.

- Vencemos o Fate Tropy e de nada adiantou. - dizia Caco, triste ao ver seu amigo bandicoot a lacrimejar, se ajoelhando diante do lar destruído dele. - Aku Aku, sabe nos dizer quanto tempo ainda temos?

- Não sei, talvez dias ou até mesmo horas, não tenho como prever, mas posso afirmar que a Terra já está fora da sua posição original, é apenas questão de tempo até que desastres naturais voltem a acontecer e desta vez, na fria e completa escuridão.

- Que fim lamentável... - comentou Uka Uka.

- Tio Cortex, e quanto aquele projeto de criação de um Sol artificial? Talvez a gente pudesse...

- Lamento Caco, mas eu não o tenho mais, foi destruído pelo impacto daquele meteoro que você tentou segurar, a nave ficou tão avariada que me custou muito trabalho consertá-la, só que infelizmente a Semente Solar se perdeu para sempre e levaria muito tempo e energia para conseguir fazer outra.

- Então ele realmente tinha razão, só o que poderemos fazer é nos despedir de todos e esperar pelo nosso fim. - Caco pegou a placa de pedra, guardada consigo até então. - E para piorar, nunca vamos saber o que está escrito nessa coisa.

- Ah sim, a placa que Crash encontrou naquele templo... - Cortex a tomou para si, quando bateu o olho nos símbolos entalhados e falou. - Eu posso ler, consigo entender o que está escrito!

- É sério? - Caco espantou-se. - Então conta o que diz aí!

- "O que aqui jaz escrito só poderá ser compreendido por aqueles que se fizerem escolhidos por esta placa e apenas quando o último dia previsto em nosso calendário passar. Nesse dia, nossa divindade mais grande, o mestre dos acontecimentos, trará o fim de todas as coisas, seja sozinho ou em servidão a uma força e inteligência maior. No entanto, ainda haverá esperança se a humanidade não desistir de lutar, seja pela força de vontade de sobreviver ou pela lágrima de um coração nobre, o caos findará e dias extras além do nosso calendário virão, dias de paz em que tudo terminará bem no final."

- Caramba, olhando agora, até eu estou conseguindo ler... Mas afinal de contas, o que isso aí significa?

- Não faço a menor ideia.

- Qual é tio? O senhor é um gênio... do mal, mas é um gênio, então não me venha com essa de que não sabe!

- Não é assim que funciona, claro que eu posso sim descobrir o que isso dizer, mas não desse jeito, é um enigma e para decifrá-lo corretamente sem que haja distorções ou interpretações incorretas, eu teria primeiro que...

- Nós não temos tempo! - Caco o agarrou pela cabeça, começou a chacoalha-la e a bater nela. - Vamos tio, coloca esse cabeção de Lendário Cientista Cabeçudo para funcionar, nem que seja no tranco!

- Au! Para com isso, New!

- Não me chame de New!

- Isso não está ajudando!

Naquela confusão, Cortex acabou largando a placa de pedra, a qual caiu diante de Crash que, ainda chorando ajoelhado, estava com os olhos fechados, desejando que, quando os abrisse, tudo estivesse bem. Uma lágrima escorreu de seu rosto peludo e pingou sobre a placa, a qual como por magia, brilhou intensamente como nunca antes e então uma Relíquia do Tempo surgiu, envolta por aquele mesmo brilho.

- Vejam! - disse Aku Aku, com Caco e Cortex parando com sua contenda. - Achei que elas tivessem se perdido quando voltamos e o templo desmoronou, é uma das Relíquias que coletamos!

Crash abriu os olhos e viu aquilo como um misto de confusão e espanto, expressão que aos poucos foi dando lugar a um grande sorriso ao ver o fluxo do tempo rebobinando e tudo ao redor retornando ao seu lugar.

- É um milagre! - disse Caco, vendo o Sol se remontando no céu, voltando a emanar sua luz por todo o Sistema Solar.

- Parece que eles conseguiram usar o poder das Relíquias sem a minha ajuda. - comentou N. Tropy consigo mesmo, assistindo a alguma distância deles.

Uka Uka percebeu a presença de seu serviçal, mas nada disse e apenas o deixou ir embora quando este decidiu fazê-lo. Foi então que, vindo da direção da praia, o grupo de Crunch e dos capangas do Dr. Neo Cortex chegou ao local.

- Crash! - Coco gritou, indo diretamente abraçar seu irmão que retribuiu feliz ao vê-la bem. - Você conseguiu de novo, irmão!

- Caco!

- Yaya? - de igual modo, Yaya correu até Caco, seria um abraço emocionante, se ela não tivesse tropeçado e derrubado ele. - Oh Yaya, você estragou o momento...

- Desculpa. - ela disse sem graça e os dois começaram a rir.

Vendo as cenas deles, o doutor quis repeti-la com alguém:

- Nina, minha querida, estou tão feliz em te ver!

- Corta essa, velho! - Nina o afastou e cruzou os braços, deixando Cortex desconsertado e todo mundo a rir.

Com tudo se ajeitando e junto das pessoas que mais os amavam, Crash e Caco sorriem um para o outro, ambos então olham para o belo céu azul enquanto a cena se afasta a mostrar toda a Terra sendo restaurada pelo poder das Relíquias do Tempo, com os créditos passando na tela.

FIM DO VÍDEO 25 (A)

 

...

 

VÍDEO FINAL - TRUE ENDING

Este vídeo serve de final extra para fechar a história do jogo de maneira uniforme e será rodado apenas após o Vídeo 25 (A) ou o Vídeo 25 (B) sob as seguintes condições:

* Possuir apenas Relíquias de Platina antes de completar a Fase 47.

...

O mundo tinha sido reconstruído para como era antes de tudo o que aconteceu e todos os seres vivos retornaram à vida através da reversão do fluxo do tempo.

- Foi difícil, mas o Apocalipse passou e tudo acabou bem. - disse Aku Aku. - Acho que a vida seguirá seu curso normal por enquanto e acredito também que a humanidade deve ter aprendido algo com isso tudo, pois parando para pensar, o personagem que Sin. Tropy criou para si não estava totalmente errado.

- Provavelmente, mas a verdade é que o mal não irá desaparecer assim, não importa o quanto tentem suprimi-lo. - disse Uka Uka.

- Talvez tenha razão e é para isso que estou aqui, para evitar que ele ocupe mais espaço do que deveria.

- Você não vai conseguir isso para sempre, irmão estúpido, algum dia conseguirei desfazer esse equilíbrio e então dominarei este mundo, essa paz de agora não irá durar para sempre.

- Se isso acontecer, estarei lá para impedi-lo e trazer essa paz de volta.

Pela primeira vez em muito tempo, os irmãos pareciam mais rivais do que inimigos, era uma trégua temporária que deveria ser aproveitada porque certamente estava para se acabar. A conversa deles estava se dando em uma festa na praia perto da casa dos bandicoots onde os heróis e os vilões comemoravam a vitória juntos. Tinha muita comida e havia vários caroços de wumpa espalhados pelo chão, certamente obra do protagonista e do deuteragonista. Este último, aliás, estava conversando com sua adorável fã naquele momento:

- Então você realmente me perdoou por eu ter me aproveitado da sua boa vontade?

- Claro que sim Caco, já aceitei suas desculpas! - disse Yaya, abaixando a cabeça de vergonha do que iria dizer na sequência. - Mas ainda posso me vestir de maid sempre que você quiser...

- Ah... - ele ficou vermelho como um pimentão. - Acho que isso é inapropriado, eu me conformo só em você estar respeitando meu espaço, hahahahahahaha!

- Bem, então... - Yaya lhe estendeu a mão. - Amigos?

- Amigos... - Caco aceitou o cumprimento.

- Ah, eu não resisto! - ela se jogou nele em um abraço e ele acabou sorrindo serenamente, pois já não era mais um abraço obsessivo. - Mesmo sendo fofa e adorável, sempre fui muito sozinha e você acabou se tornando a família que nunca tive.

- Eu te entendo e sinto a mesma coisa, já que sempre fui um estranho para minha família, então vamos nos adotar como irmãos e cuidar um do outro, está bem?

- Sim!

Eles ficaram daquele jeito por alguns segundos quando:

- Ahem... - Coco chegou, imitando uma coçada de garganta. - Desculpe interrompê-los, mas precisamos falar sobre nossa aposta.

- É verdade! Você me deve o bolo daquela receita!

- Hmm... Tecnicamente, não.

- E por que não? Eu ganhei, você não pode dar para trás agora!

- Ele tem razão Coco, não seria justo! - disse Yaya.

- É que como a placa não tinha mesmo uma receita de bolo, então não há receita nenhuma e por isso não preciso fazer bolo nenhum.

- Espera, então está dizendo que mesmo ganhando, eu perdi?

- Isso mesmo! - disse Coco, rindo para a frustração dele. - Mas você pode ficar com a placa como souvenir, acho que você a merece depois de tudo.

- Claro, vou comer a placa então. - ele disse emburrado, fazendo as duas rirem.

- Ei Coco, que tal colocarmos uma música pra animar um pouco.

- É uma boa ideia Yaya!

As duas se retiraram e Caco voltou para comer wumpas junto com Crash. Enquanto isso, Crunch e Tiny estavam disputando uma queda de braço enquanto N. Gin, N. Brio e Dingodile faziam apostas, até que Crunch vence, para a alegria deste último que havia apostado nele.

- É, ganhei!

- Eu disse que o Crunch ganhava essa, hehehehe! - disse Dingodile, rapando o dinheiro casado na mesa.

- Isso não é justo! - disse N. Gin. - Apostarei no Crunch na próxima!

- Ótimo, ficarei com tudo quando o Tiny ga-ga-ganhar a próxima! - disse N. Brio.

- Tiny quer melhor de três! - demandou Tiny.

- Eu topo, vamos lá! - disse Crunch, colocando o cotovelo sobre a mesa novamente.

Nina era a única isolada de todo mundo por opção própria e a festa durou por mais algum tempo.

 

Chegada a hora, Cortex se aproximou de Crash e Caco que estavam descansando ao lado de um monte de caroços de wumpas.

- Crash, New eu já estou indo e vim dizer que não vou tentar destruir vocês, pelo menos, não hoje.

Crash e Caco trocam um olhar de desconfiança mútua, mas logo esse último grita:

- Ei galera, meu tio já está indo!

Crash, Caco, Coco, Crunch, Yaya e Aku Aku se reuniram de um lado enquanto Neo Cortex, Nina, N. Brio, N. Gin, Tiny, Dingodile e Uka Uka do outro para se despedirem.

- Então... Até mais querido sobrinho, bandicoots e essa panda aí. - Cortex e seu pessoal dão as costas quando, de repente, ele dá seu comando. - AGORA! - todos se viraram na mesma hora, levando as mãos para puxar suas armas, mas... - Ué? Cadê minha pistola de raios?

- Dãã, como se ninguém tivesse notado que você ia fazer isso... - disse Caco com a pistola de raios do seu tio na mão.

Crash brincava de malabarismo com três porções do N. Brio, Crunch estava com o lança-chamas do Dingodile, Yaya erguia o arpão do Tiny e Coco tinha em mãos um controle remoto com o qual através de um botão, fez um robô do N. Gin descer atrás de si. Nina e Uka Uka nem atacaram com aquela confusão.

- Não vale pegar nossas armas, isso é trapaça! - reclamou Cortex quando seu sobrinho atirou em suas nádegas. - Ai! Chega disso, meu traseiro já foi alvo demais nesse jogo!

- Então caia fora daqui de uma vez se não quiser que eu atire de novo.

- Nunca! Eu só vou embora depois de destruir vocês, especialmente seu maldito amigo, Crash Bandicoot!

No que ele disse isso, o bandicoot laranja acidentalmente derruba as três porções, os vidros se quebram e da reação química conjunta sai uma bolha verde autoconsciente, do mesmo tipo das que N. Brio gerou na batalha contra ele no primeiro jogo da franquia, só que gigante.

- Oh... I-Isso é mau. - disse N. Brio.

- Oba! Tiny vai brincar com a bolha gigante!

- Animal estúpido... - comentou Nina.

Assustado, Crash aponta com o dedo para que Crunch use o lança-chamas e espante a "criatura", só que tal ato a deixou com raiva, ela ficou vermelha e cuspido o fogo que engoliu do lança-chamas. A bolha solta uma rajada de fogo contra Cortex, deixando-o todo preto de carvão, estarrecido em silêncio por alguns segundos até por fim entrar em pânico.

- AAAAAAAAAAAAAAAAAAAHH!!!

Ele correu e todos os seus capangas o acompanharam, Uka Uka foi o único que ficou para trás, sacudindo-se em negação.

- Mas que estúpidos... - ele voltou-se para os heróis. - Marquem minhas palavras bandicoots, eu voltarei!

E então ele seguiu seus serviçais a fim de ajuda-los a se livrarem daquela cena hilária da bolha soltando fogo nas costas deles.

 

Mais tarde, todos se encontravam sentados no gramado próximo à praia vendo a obra de arte que era o belo pôr do sol na região do arquipélago de N. Sanity. Até mesmo os mascotes Polar e Pura estavam com eles para aproveitar aquele momento.

- E então, Caco, Yaya... O que pensam em fazer agora? - perguntou Crunch.

- Acho que vou voltar para a Ásia e construir uma nova casa. - respondeu Yaya.

- E você, Caco? - perguntou Coco.

- A mim só me resta fingir que não existo e voltar para minha vida chata. - ele respondeu em tom robótico, pegando a barba postiça e a peruca.

- Haho... - Crash lhe chamou a atenção e cochichou no ouvido dele. - É mesmo Crash?

O bandicoot acena positivamente com a cabeça.

- O que ele disse? - perguntou Yaya.

- Ele me disse que eu posso morar aqui com ele, se eu quiser. - respondeu Caco.

Yaya ficou triste ao ouvir aquilo:

- Você não vai vir morar comigo?

- Eu não posso deixar esse arquipélago de novo, aqui é minha casa e meus amigos estão aqui. - ele se levanta. - Além disso, eu gosto de aventuras e aqui sempre terei muitas ajudando o Crash a salvar o mundo!

Foi então que Yaya se levantou e o abraçou a chorar:

- Caco, você tinha dito que cuidaríamos um do outro! Por favor, não me abandone...

- Eu não vou te abandonar Yaya, só que...

- Se o problema é esse, por que vocês dois não moram aqui em N. Sanity? Podemos até ajudar vocês a fazer uma casa aqui perto! - disse Coco.

- Essa é uma ótima ideia Coco. - disse Aku Aku.

- É sério? Uma casa só para mim e para a Yaya?

- Claro! Vai ser ótimo tê-los como vizinhos! - disse Coco.

- O que acha Yaya? Ficaremos juntos e cercados dos nossos amigos, nunca mais estaremos sozinhos!

- É, isso parece bem legal!

- E então, topam? - perguntou Crunch.

- Sim! - disseram os dois em uníssono.

- Haha! - Crash exclamou contente.

Caco e Yaya se sentam outra vez e voltam a admirar o horizonte junto com os outros.

- Vejam como é bonito, o mundo continua existindo graças a vocês, crianças. - disse Aku Aku. - Que essa paz seja eterna enquanto dure e se por acaso meu irmão e o Doutor Cortex ou qualquer outro inimigo tirá-la de nós, estou certo de que vocês lutarão com muito empenho para conquista-la de volta, como os heróis que são.

- Mal posso esperar pela próxima aventura, mas mesmo que ela não venha a ser contada, estou feliz por tudo o que vivi até aqui, obrigado pessoal! - disse Caco. - Tudo está bem agora, mas sinto que falta de alguma coisa... - Crash tinha duas wumpas e entendendo a mensagem, deu uma para ele. - Valeu Crash, agora sim está perfeito!

Crash sorri para a câmera e da uma mordida na wumpa, antes da tela fechar em seu rosto.

FIM DO VÍDEO FINAL

 

 

A aventura terminou, qualquer um dos finais fará sua percentagem final ser 199%, mas se você conseguir ver o verdadeiro final, ou seja, o Vídeo Final, sua percentagem de conclusão será de 200%, parabéns!

Você voltará ao Warp Room, poderá salvar o jogo e jogar novamente as fases por diversão, além de melhorar seus tempos nos Desafios das Relíquias, mas um detalhe importante é que mesmo que consiga todas as de Platina, o final do jogo não irá mudar no save em questão, a única forma de conseguir um final diferente é em um save novo ou em um em que a Fase 47 ainda não tenha sido concluída.

Há também alguns recursos pós-jogo como recompensa pelo trabalho árduo do jogador, os quais serão descritos a seguir.

 

CRASH MANAGER

O Crash Manager é uma opção que pode ser encontrada no menu de pausa, mas seu conteúdo completo só aparece em um save que tenha chegado ao final do jogo. Com o Crash Manager você poderá ver artes conceituais, storyboards, as cutscenes e vídeos do jogo, além de imagens e vídeos sobre curiosidades. Você também poderá sincronizar na internet os recordes conseguidos no Time Trial das Relíquias e ainda nas versões dos consoles da Sony há um conversor de save que permite converter um save de uma versão para outra (essa opção do Crash Manager no caso é a única disponível desde o início do jogo). Para a transferência após a conversão, você poderá usar um dispositivo USB, o qual você também poderá usar para rodar ainda mais conteúdos extras disponíveis para baixar no site do jogo, tais como galerias conceituais extras e até mesmo de customização para o console. Esses extras virão no exclusivo formato .cbm para que apenas o Crash Manager possa ler e descriptografar em um divertido menu que lembra a misteriosa placa de pedra. Há aqui também algumas opções de cheat e visuais para customizar sua experiência de jogo, tais como a possibilidade de ligar e desligar os poderes já adquiridos para os personagens ou ligar e desligar o cenário de caos das fases na Solar Seed Spaceship.

 

LEGENDARY GAME

Essa opção irá aparecer no menu principal, à direita do New Game e acima do Load Game uma vez que você tenha completado o jogo. Basicamente é um tipo de New Game +, pois consiste em carregar um save completado e com ele começar um novo jogo, mas com todos os poderes, Relíquias e recordes no Time Trial conquistados na campanha anterior, acesso completo ao Crash Manager e também acesso livre às fases.

Todos os Warp Rooms, tanto os da Solar Seed Spaceship quanto os do Templo Maia já estarão abertos desde o início e você poderá jogar as fases na ordem que desejar (os Warp Rooms 6, 7, 8 e 9 serão os da campanha anterior do save carregado). O acesso aos chefes é a única coisa que permanece fechada e os portais para enfrenta-los irão abrindo em ordem cronológica a cada cinco ou três Cristais do Poder ou Power Orbs coletados de acordo com a história do jogo, sem distinção entre um ou outro.

Quando passar pelo evento do Vídeo 12, caso escolha uma opção diferente da que escolheu na campanha anterior através da qual o save foi criado, serão abertas as fases dessa opção, só que sem perder acesso às fases já abertas da outra opção. Em outras palavras, você terá acesso legítimo aos Warp Rooms 6A, 6B, 7A, 7B, 8A, 8B, 9A e 9B ao mesmo tempo, alternando entre as versões através de um menu mágico flutuante em suas salas correspondentes, semelhante ao menu na Solar Seed Spaceship. As únicas coisas não acessíveis serão apenas os chefes desses Warp Rooms da campanha anterior, pois serão substituídos pelos da campanha atual de acordo com a história do jogo, na medida em que for progredindo. Aproveite essa nova campanha para fazer um final diferente e também ter acesso legítimo a todos os poderes de ambas as rotas.

A quantidade de joias necessárias para passar a Fase 47 segue a mesma, mas nessa campanha, devido ao acesso às joias de ambas as rotas, você poderá coletar muito mais joias do que originalmente poderia e fechando o jogo nessas condições, será possível alcançar uma percentagem de até 275%.

Outra coisa que muda são as condições para os finais do jogo, o Final C não será acessível no Legendary Game, uma vez que se complete o jogo nesse modo, o final será automaticamente o Final A ou o Final B, independente da raridade das Relíquias que possuir, o que significa que o único fator que definirá o final será apenas a escolha no evento do Vídeo 12. Já o acesso ao Vídeo Final ainda requererá Relíquias de raridade maior, só que a condição é bem mais tranquila do que no modo normal, bastando possuir apenas Relíquias de Ouro ou mais raras, não havendo a necessidade de que todas sejam de Platina. Em outras palavras, se você não for bom nos Time Trials, basta completar o jogo na média do jogador casual no Legendary Game melhorando um pouco seus tempos que você poderá assistir o verdadeiro final da história.

 

...

 

LINHA DO TEMPO

Para encerrar, algo diferente que não se trata exatamente de um conteúdo da fangame, mas sim uma explicação da linha do tempo definitiva da minha série de fangames no multiverso de Crash Bandicoot após as revisões, algo que sempre quis deixar claro em algum momento e que esse talvez seja um bem oportuno. Vamos imaginar que um dos extras do Crash Manager conte essa curiosidade aos jogadores.

1 - Crash Bandicoot [PS1];
2 - Crash Bandicoot 2: Cortex Strikes Back [PS1];
3 - Crash Bandicoot (3): Warped [PS1];
4 - CTR: Crash Team Racing [PS1];
5 - Crash Bandicoot: The Wrath of Cortex [PS2, GameCube, XBox];
6 - Crash Twinsanity [PS2, GameCube, XBox];
7 - Crash Bandicoot: Survival! [Fangame];
8 - Crash Tag Team Racing [PS2, PSP, GameCube, XBox];
9 - Crash Nitro Kart 2 [J2ME];
10 - Crash Bandicoot: The Arrival of the Apocalypse [Fangame].

* Se pode considerar nessa linha do tempo as versões da minha fangame Crash Bandicoot: Trilogy para os três primeiros jogos, incluindo o Crash Bandicoot (3): Warped - Extended, o Crash Bandicoot - The Introduction e o The Chronicles of Caco Human;
* A linha do tempo dos jogos do Gameboy Advanced (Crash Bandicoot: The Huge Adventure, Crash Bandicoot 2: N-Tranced, Crash Nitro Kart e Crash Bandicoot Purple: Ripto's Rampage) se deu por uma bifurcação após Crash Bandicoot: The Wrath of Cortex;
* Crash Bandicoot Nitro Kart 3D, Crash of the Titans e Crash: Mind Over Mutant são parte de uma dimensão alternativa cujo número é desconhecido e por isso é chamada de Mojo Dimension, na qual também aconteceu maioria dos eventos dos jogos principais da franquia em sua cronologia.

 

...

 

E não, não teremos a seção de Curiosidades e a de Conteúdo Beta na versão revisada, pois a primeira já se tornou autoexplicativa depois da revisão enquanto que a segunda se tornou irrelevante devido às mudanças desta versão para com a original que participou do Concurso Cultural 2012.

 

Bem, assim chegamos ao fim do "Crash Bandicoot: The Arrival of the Apocalypse" com texto e ideias revisadas, só que ainda dentro do padrão da época para o qual foi pensado. Demorou, mas a revisão deste fantástico projeto por fim saiu e agradeço imensamente se você leu até aqui, imaginando como seria jogá-lo se este jogo de fato fosse mais do que apenas uma ideia.

Depois de tantos anos, acredito que a revisão desta fangame será meu último grande conteúdo de fangames escritas e fanfics, pois acredito que já fiz muita coisa nesses mais de 11 anos desde que comecei lá no Dragons & Bandicoots e já passou da hora de me aposentar, respeitar o passado e abraçar o futuro, me dedicando a outras coisas. Agradeço a todo o suporte e apoio e por terem abraçado meus projetos e meus personagens nas brincadeiras, ficará para sempre nas lembranças e a partir daqui continuaremos nos divertindo com os jogos reais do nosso amado marsupial laranja que fez parte de nossas infâncias!

Obrigado por sua paciência em ler esta fangame e até a próxima!

 

Fagner (a.k.a. FagnerLSantos)

Contador de visitas: 208
1 Online